A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

31/03/2015 15:32

Vento de 45 km por hora derruba árvores e deixa cidade sem energia

Temporal durou meia hora e chuva de 21 milímetros alagou ruas do centro e dos bairros; Defesa Civil recebeu 30 chamadas até 14h30

Helio de Freitas, de Dourados
Árvores foram arrancadas pela raiz durante temporal no início desta tarde em Dourados (Foto: Eliel Oliveira)Árvores foram arrancadas pela raiz durante temporal no início desta tarde em Dourados (Foto: Eliel Oliveira)

Um temporal com ventos de 45 quilômetros por hora, acompanhado de uma forte chuva causou estragos no centro e bairros de Dourados, a 233 km de Campo Grande. Várias árvores caíram em pontos diferentes da cidade. Em algumas regiões, cabos da rede de energia elétrica foram rompidos pelos galhos, deixando vários bairros sem luz.

Veja Mais
Temporal de 40 minutos, derrubou árvores e causou alagamentos
Vídeos mostram força do vento no temporal de Amambai

De acordo com a estação Agrometeorológica da Embrapa Agropecuária Oeste, a chuva começou por volta de 13h20 e durou 33 minutos. Foram 21,2 milímetros de precipitação pluviométrica, o que equivale a 21 litros de água por metro quadrado. O vento mais forte ocorreu às 13h29, quando chegou à velocidade de 45 km/hora.

A temperatura despencou 15 graus. Caiu dos 32,2ºC registrados às 12h15 para 17,8 graus às 1404.

Ruas do centro e a Avenida Hayel Bon Faker, principal acesso para quem chega da região sul a Dourados, ficaram alagadas, mas não houve registro de acidentes.

Os maiores transtornos foram causados por queda de árvores. Na Rua Dr. Camilo Hermelindo da Silva, próximo à Avenida Marcelino Pires, no centro, uma árvore inteira foi arrancada pela raiz em frente a uma lotérica.

Sem energia – Na Rua Brilhante, no Jardim Água Boa, parte de uma árvore caiu sobre a fiação, entre as ruas Itamarati e João Carneiro Alves (antiga W-1). Um cabo se rompeu, houve curto circuito do transformador e parte do bairro estava sem energia até às 15h. A região norte da cidade, principalmente o Jardim Mônaco, também ficou sem energia.

Outra árvore caiu sobre a fiação na Rua Monte Alegre, uma das principais ligações entre as regiões oeste e leste da cidade. O rompimento dos cabos deixou as casas vizinhas sem energia elétrica.

O comandante da Guarda Municipal de Dourados, João Vicente Chencarek, informou que a Defesa Civil recebeu pelo menos 30 chamadas até às 14h, a maioria relatando queda de árvores e galhos. “Em alguns locais a árvore caiu inteira, em outros apenas os galhos. Até agora não temos registro de que alguém tenha ficado ferido durante o temporal”.

Vicente Chencarek informou que apesar da forte chuva, os alagamentos ocorreram apenas em locais onde obras de drenagem estão em andamento, como no Jardim João Paulo II. Segundo ele, a enxurrada voltou a inundar quintais e algumas residências, mas não foi preciso remover nenhuma família.

Outra árvore arrancada pelo vento de 45 km por hora desta terça-feira (Foto: Eliel Oliveira)Outra árvore arrancada pelo vento de 45 km por hora desta terça-feira (Foto: Eliel Oliveira)
Na Rua Rio Brilhante, a queda de uma árvore deixou o bairro sem energia e a Guarda Municipal teve de isolar a área (Foto: Eliel Oliveira)Na Rua Rio Brilhante, a queda de uma árvore deixou o bairro sem energia e a Guarda Municipal teve de isolar a área (Foto: Eliel Oliveira)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions