A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

02/12/2014 11:29

Vereador era o alvo de homem que matou um em frente da Câmara

Viviane Oliveira
Faca de açougueiro, com lâmina de 17 centímetros, foi usada para matar Josivan. (Foto: Água Clara Notícias) Faca de açougueiro, com lâmina de 17 centímetros, foi usada para matar Josivan. (Foto: Água Clara Notícias)
Momento em Manoel é levado para a delegacia. (Foto: Água Clara Notícias) Momento em Manoel é levado para a delegacia. (Foto: Água Clara Notícias)

O alvo de Manoel Carlos Gonçalves, 42 anos, que matou Josivan Paixão do Nascimento, 37 anos, era o vereador Marcelo Carvoeiro (PSC). O crime aconteceu por volta das 20h da noite de ontem (1º), na Rua Benevenuto Ottoni, em frente à Câmara Municipal de Água Clara, distante 198 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com boletim de ocorrência, Josefa Maria Pereira, esposa da vítima, contou que estava em frente ao prédio da Câmara, quando o autor perguntou sobre o vereador Marcelo Carvoeiro. Ela respondeu que o parlamentar estava no interior do prédio.

Mesmo assim, Manoel ficou ao lado de Josefa, quando Josivan pediu que o homem se afastasse e parasse de perturbar sua esposa. Ainda conforme relatos de Josefa à Polícia, o autor sem dizer nada tirou da bolsa uma faca e atingiu a vítima. Josivan ainda correu gritando “olha que o cara me fez” caindo cerca de 50 metros do local.

Com a ajuda da população, Josefa socorreu o marido. Ele foi levado para o Hospital Nossa Senhora Aparecida, onde chegou morto. O autor foi detido por moradores da região. Em seguida o presidente da Casa de Leis, Alfredo Alexandrino, que é policial civil, chegou para evitar que o homem fosse linchado pela população. Na delegacia, Josefa reconheceu Manoel como sendo autor do crime.

Segundo Alfredo, após a confusão Marcelo ocupou a tribuna informando que iria se retirar do local, pois o comandante da Polícia Militar havia o procurado dizendo que o alvo de Manoel era ele. "Josivan voltava da igreja com a esposa, quando parou para assistir a sessão no telão que estava do lado de fora da Câmara, porque dentro estava lotado”, relata o presidente da Casa.

Ainda conforme o vereador, há várias câmeras de segurança no local e uma delas mostra o momento do homicídio. As imagens já foram entregues a polícia. O caso foi registrado como homicídio doloso. O Campo Grande News tentou falar com Marcelo, mas o celular dele estava desligado. 

Homem é preso ao ser flagrado transportando 191 quilos de maconha
Hellington Sant Ana Mota, de 33 anos foi preso acusado de tráfico de drogas por transportar 191 quilos de maconha no porta-malas de um carro. O flagr...
Quadrilha é presa acusada de roubo a joalheria; funcionária é suspeita
Uma quadrilha formada por 10 pessoas foi desarticulada pela Polícia Civil de Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, após investigações de roubo a ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions