A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

13/02/2014 14:46

Vice-prefeito vai perder o cargo por desviar uma tonelada de leite em pó

Edivaldo Bitencourt

A Justiça Federal condenou o vice-prefeito de Rio Negro, Eronias Cândido Rezende, a perda do cargo político por ter desviado uma tonelada de leite em pó quando era prefeito em 1997. Segundo o MPF (Ministério Público Federal), a sentença transitou em julgado e ele deverá ser cassado pela Câmara Municipal.

Veja Mais
PF apreende 60 kg de cocaína e prende traficante de 28 anos na MS-164
Escritor douradense lança na terça livro sobre 40 anos de carreira

A condenação é do Tribunal Regional Federal da 3ª Região. Segundo o MPF, os vereadores só devem cumprir a determinação da Justiça. Além da perda do cargo, ele fica sem os direitos políticos por cinco anos, não poderá contratar com o serviço público por cinco anos e fica obrigado a devolver R$ 10,5 mil aos cofres públicos. O valor já foi pago.

Segundo a denúncia, em 1996, o então prefeito, Nélio Diniz, firmou convênio com o Ministério da Saúde e o Instituto Nacional de Alimentação e Nutrição para o repasse de leite para crianças desnutridas e gestantes em risco nutricional.

Os R$ 12,6 mil foram repassados em duas parcelas. A segunda ocorreu na gestão de Eronias, quando ocorreu o desvio. O MPF constatou que os 128 beneficiários do programa só receberam 471 quilos de leite em pó e 123 litros de óleo. Houve o desvio de 1,1 mil quilos de leite e 102 latas de óleo.

O desvio foi constatado por auditoria do ministério. O Tribunal de Contas da União condenou Eronias a pagar R$ 4,4 mil e mais multa de R$ 3 mil pelo desvio.

Escritor douradense lança na terça livro sobre 40 anos de carreira
Será lançado na próxima terça-feira (6) em Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - o livro "A Felicidade pela Literatura: Ensaio entr...
Comércio de Ponta Porã funcionará em horário especial neste fim de ano
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
MPF entra com ação para garantir pesca e extração à comunidade ribeirinha
Foi ajuizada ação civil pública pelo MPF (Ministério Público Federal) para garantir o direito a pesca de subsistência e extrativismo sustentável da c...



Conheço o Eronias há muitos anos, antes do mandato do ocorrido. Ele foi prefeito por três vezes e desfez seu patrimônio na política, sempre ajudando as pessoas. Jamais acreditaria que ele, que sempre se preocupou em ajudar a quem precisava, e vive uma vida muito simples, roubaria ou, como dizem os jornais, desviaria leite das crianças. Também não vou questionar uma decisão transitada em julgada. Acho que isto foi por conta de má gestão de quem geriu este recurso, provavelmente dando o leite às pessoas que devia, mas deixando de registrar as doações. Burocracia.
 
João Carlos em 13/02/2014 21:12:30
Tem que mandar embora também umas certas que trabalham no ceinf da vila nasser que levam o leite das crianças e ainda sai distribuindo pra td vizinhança!Enquanto isso falta leite na creche mas não porque não recebem dos orgãos mas porque e mal gerenciados pela direção que permite tal fato!!!
 
kEDMA DA SIVA em 13/02/2014 15:58:02
Tiarar leite da boca de criancinha e pobre e demais merece CADEIA TAMBEM.
 
meire pereira de souza em 13/02/2014 15:53:56
"O valor já foi pago", "A sentença transitou em julgado" , constata-se então o fundamento da acusação, indiciamento e processo .....é o fim do mundo... o leite das crianças desnutridas, dá tristeza em ler noticias como essa.
 
Alberto Bento - Dourados em 13/02/2014 15:47:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions