A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

19/09/2014 09:06

Vídeo mostra briga entre alunas de escola que fica em aldeia

Helio de Freitas, de Dourados

Um vídeo gravado com celular e enviado por internauta ao site Dourados News mostra uma briga entre cinco alunas da Escola Municipal Francisco Meireles, localizada na Missão Evangélica Caiuá, na aldeia Jaguapiru. A briga ocorreu na semana passada em frente à escola, depois que as aulas já tinham terminado.

Veja Mais
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
Carreta transportando combustível bate em carro e uma pessoa morre

A gravação mostra que cinco meninas estavam envolvidas na briga. Três tentavam agredir uma colega de escola e quando as três caem agarradas, puxadas por um adolescente aparentemente também índio e que não usava uniforme escolar. Nesse momento outra menina se aproxima e participa da briga.

O diretor da escola, Cícero Joaquim Gripp, disse nesta sexta-feira ao Campo Grande News que a direção do estabelecimento de ensino tomou todas as providências necessárias. “Encaminhamos as meninas envolvidas na briga ao Conselho Tutelar, que registrou o fato e chamou os pais para conversar. A escola aplicou advertência e encaminhamos a menina agredida para atendimento médico, mas não houve ferimento sério”, afirmou.

Ele disse que a menina que aparece no vídeo sendo agredida pelas colegas de escola tem 15 anos de idade e as outras envolvidas na briga têm 11 anos. “[A briga] foi por motivo banal, por conversinha entre alunos. Na maioria das vezes são desavenças que começam na reserva onde moram e vêm parar na escola”.

Cícero negou a informação de que as brigas são constantes na escola. “Quem disse isso não conhece a realidade da nossa escola. Damos atenção total para evitar os confrontos entre alunos. A Guarda Municipal e a Força Nacional de Segurança Pública sempre nos apoiam”.

A Escola Francisco Meireles tem 810 alunos, a grande maioria índios da reserva indígena de Dourados. Como fica próxima ao perímetro urbano, alguns moradores de bairros da região norte da cidade também estudam no local.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions