A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

03/03/2014 17:37

Vídeo mostra médicos discutindo antes de agressão em hospital de MS

Bruno Chaves

O médico Eduardo Munhoz filmou e publicou parte da discussão entre ele e o colega da mesma profissão, Renato Vidigal. A briga aconteceu na noite de ontem (2) dentro do Hospital da Vida, em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Médico é agredido por colega de profissão dentro de hospital em MS
Sete pessoas morreram em quatro acidentes ontem em rodovias de MS

As imagens, colocadas na internet nesta segunda-feira (3), mostram os dois discutindo em meio de pacientes e outros profissionais da saúde.

No início do vídeo, Renato aparece atendendo uma paciente vinda de Nova Andradina, que estava acompanhada de Eduardo. O médico esperava o atendimento e filmava a ação.

Depois de atender a paciente, o médico de Dourados diz ao médico de Nova Andradina que o local está lotado e pede para a paciente retornar à cidade de origem.

“Eu sei que todos os dias está lotado. Eu venho trazer pacientes há sete anos”, respondeu Eduardo, que aproveitou a oportunidade e pediu um parecer do atendimento para retornar com a paciente.

O médico do Hospital da Vida disse que não precisava de parecer porque estava “mandando ela embora”. Ele completou a afirmação dizendo para o colega “abaixar a bola”, já que ele não tinha “direito de pegar a cópia”.

“Aprende a fazer medicina", completou Renato, que começou a andar pelos corredores do hospital.

Eduardo começou a seguir o outro médio, que de ânimos exaltados, começou a ofender o primeiro com palavras de baixo calão. Após isso, os dois se agrediram verbalmente.

O médico de Nova Andradina também lembrou que estava filmando toda a ação e que iria processar o colega.

Médico publicou ferimento de agressão na internet (Foto: Reprodução)Médico publicou ferimento de agressão na internet (Foto: Reprodução)
Roupa de trabalho ficou suja de sangue (Foto: Reprodução)Roupa de trabalho ficou suja de sangue (Foto: Reprodução)

Agressão – Do lado de fora do hospital, quando a paciente era colocada na ambulância, deu-se início a um novo atrito entre os médicos. A nova discussão não foi gravada.

Eduardo afirma que levou um soco no rosto. Com o ferimento, sangue começou a escorrer pelo nariz e o jaleco do médico ficou sujo.

Conforme o Dourados Agora, Renato disse que revidou a agressão de Eduardo. O médico de Dourados diz que sofreu um arranhão do colega de profissão.

Ele falou ao jornal local que pretende denunciar o colega ao CRM (Conselho Regional de Medicina) por imperícia e imprudência.

Renato ainda lembra que no boletim de ocorrência ficou registrado que os dois médicos são vítimas de agressão.

“Quanto ao soco, dei porque me senti pessoalmente ofendido depois de tanto estardalhaço provocado por ele", disse ao Dourados Agora.




O médico bom e competente sempre leva pau!! Lamentável isso, o camarada desloca de um extremo ao outro para cumprir com dignidade com sua função e encontra um cara desses pela frente!!É lamentável temos poucos médicos que prestam nesse pais, a maori a são mercenários querem atender a quem paga mais, pobre nem perto passa!! Agora quando aparece um médico dessa qualidade que se preocupa com a vida e faz seu papel de juramento, enfrenta os corporativista!!! Esses corporativista que são contra o governo e contra o Programa mais médicos!!!!! Vê um médico sair de um extremo a outro para socorrer uma paciente, dá pra chegar a conclusão que nem tudo esta perdido!!!!! PARABÉNS DOUTOR EDUARDO MUNHOZ VC É UM EXEMPLO QUE OS CANALHAS E MERCENÁRIOS DEVERIAM RESPEITAR !!!
 
Urias Fonseca Rocha em 03/03/2014 19:15:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions