A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

24/06/2013 18:37

Vídeo registra boliviana sendo agredida por Policial Militar

Evelyn Souza

Vídeo postado no Youtube mostra o momento em que um Policial Militar de Corumbá puxa os cabelos e agride uma boliviana. Toda a confusão aconteceu no último sábado (22), depois que fiscais da prefeitura apreenderam mercadorias que eram comercializadas ilegalmente e sem notas fiscais. A agressão aconteceu na Rua Edu Rocha, na conhecida feirinha da Bolívia.

Veja Mais
Após deslizamento e risco a usuários, MS-295 é totalmente interditada
Justiça bloqueia bens de ex-prefeito e mais oito por fraude em licitação

O vídeo original tem pouco mais de 10 minutos e já tem mais de 430 compartilhamentos no facebook.

As imagens mostram também que os comerciantes tentavam tomar a força os materiais apreendidos e impediam que os fiscais deixassem o local.  Alguns policiais chegaram a fazer uma espécie de corrente de proteção. 

Segundo a Polícia, alguns policiais foram agredidos e o vidro traseiro da viatura foi quebrado pelos manifestantes. A prefeitura desativou o local esse ano para rever questões de segurança e só depois disso reativar o comércio na feirinha. Os bolivianos não aceitam a interdição.

Assista:




Estas pessoas não pagam impostos tudo bem , mas acho que esses policiais foram covardes poque só agrediram mulheres, na minha opinião TEM que ser processados pela lei Maria da Penha, aqui no Brasil também tem muitos empresário que sonegam impostos e estão de boa, esses bolivianos vem para cá porque na Bolívia tem muita pobreza , é um meio de viver sem precisar furtar ou roubar.
 
helena da costa andrade em 25/06/2013 22:07:44
Não vi nada de anormal ou desumano na maneira de agir dos policiais, se estão protegendo o veículo com as mercadorias apreendidas, com certeza os pedidos para se afastarem foram feitos com educação porém pelo que mostra o vídeo não aceitam, e mesmo assim partem para cima do veículo e em consequência para cima dos policias......E aí ta querendo o que?
 
junior mesquita em 25/06/2013 10:44:41
NÓS BRASILEIROS NÃO TEMOS DIREITO ALGUM NA BOLÍVIA AGORA ESSES SONEGADORES DE IMPOSTOS QUEREM FAZER ALGAZARRA NO PAÍS E ACHAR QUE A POLÍCIA NÃO VAI AGIR PARA MANTER A ORDEM QUE ESTA PRECONIZADO NA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA,O QUE VI NESSE VÍDEO FOI LEGITIMA DEFESA A INJUSTA AGRESSÃO POR PARTE DOS BOLIVIANOS QUE ESTÃO NO NOSSO PAÍS SEM PAGAR IMPOSTOS. PM TEM PRESERVAR A ORDEM PÚBLICA " DOA A QUEM DOER"!!!
 
junior celso gomes vieira em 25/06/2013 09:01:31
Quem está na casa dos outros tem que respeitar a forma de vida do dono da casa!!! Aqui não, estrangeiro vem, entra e ainda quer mandar o que deve ser feito ou não!!!
Vai a qualquer país vizinho e faz protestos querendo mandar nas leis, no povo e na autoridade (da Bolívia, por exemplo) para ver o que acontece!!!!!!!!

RESPEITO DESTES IMIGRANTES SERIA BEM VINDO! Não é o que está registrado neste vídeo.

 
André Ruiz em 25/06/2013 07:55:50
É até engraçado isso, pois, porque os bolivianos não aceitam a situação? Ora bolas, nosso país é casa da mãe joana, aqui todos os povos são bem recebidos e fazem o que querem com liberdade quase que total, não são devidamente fiscalizados quanto a visto etc., e na hora de disciplinar algo acham ruim! então passem pro outro lado da fronteira. E os brasileiros que trabalham e produzem nesse país, assim como no Paraguai por exemplo, são muitas vezes agredidos, roubados; e os carros roubados no Brasil que são legalizados nesses países? e o roubo da Petrobrás pelo governo boliviano. Continuemos a receber bem os povos vizinhos e outros, mas se precisa organizar o local, que é de fato um nojo, que seja e voltem de forma organizada.
 
Erudilho Nabuco em 25/06/2013 07:48:00
uso progressivo da força apenas. revide da agressão sofrida.
 
Edson Santos em 24/06/2013 22:23:58
Não sei até hoje porque criaram essa feirinha, se o próprio nome já diz feira da Bolívia, você acha que todo mundo que vende lá tem nota fiscal, é contrabando puro tem que acabar com isso não gera receita ao município ainda dá prejuízo aos comerciantes que pagam altos impostos.
 
joao braz em 24/06/2013 21:18:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions