A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

03/08/2011 15:29

Vítima de acidente com queda de ponte ainda sem previsão de alta

Nadyenka Castro

Família está sem trabalhar

Parte da ponte quebrou quando caminhão passava. Veículo caiu com rodas para cima. Parte da ponte quebrou quando caminhão passava. Veículo caiu com rodas para cima.

Vítima de acidente no último sábado, em Terenos, Antônio Marcos de Souza da Silva, de 32 anos, continua internado na Santa Casa e ainda não há previsão de alta. A informação é da mãe dele, Ramona Souza da Silva, 52 anos, a qual diz ainda que a família está sem trabalhar.

Antônio Marcos era passageiro do caminhão caçamba conduzido pelo pai dele, Walfredo Pereira da Silva, de 62 anos. No momento em que eles passavam pela ponte de madeira sobre o rio Taboco, a mesma desabou.

Com isso, o caminhão carregado com 15 toneladas de calcário caiu no rio. Antônio pulou do veículo e teve fratura na perna direita. Walfredo teve lesões leves, recebeu atendimento médico e já está em casa.

Segundo Ramona, Antônio Marcos será submetido à cirurgias e também tomografia. “O médico disse que não tem previsão de alta e que corre risco de infecção hospitalar”.

Por causa do perigo, a família leva álcool e desinfetante diariamente para o hospital. De acordo com Ramona, a Santa Casa faz a limpeza diariamente, mas ela complementa.

“Quando ele vai tomar banho passo álcool na cama”, conta Ramona, que denuncia: “Ele está no quinto andar, com homem, mulher, gente com infecção, tudo junto”.

Ganha pão- Conforme Ramona, o caminhão, o qual está danificado, é o ganha pão da família há 11 anos. Agora, de acordo com ela, não tem como o marido e o filho trabalhar e o dinheiro que há guardado é somente para despesas fixas, como água e luz. A família conta com ajuda de parentes e amigos.

Acidente- Ramona explica que o local onde houve o acidente é trajeto constante do filho e do marido. “Meu marido é bastante conhecido na região”.

De acordo com ela, a quantidade de calcário que era transportado no caçamba estava dentro do permitido e na nota fiscal constava a informação.

Conforme Ramona, antes do caminhão da família passar sobre a ponte, outros dois já tinham passado, sendo que um deles estava com carga acima do peso permitido.

Ponte de madeira cede, caminhão cai em rio e dois ficam feridos
A ponte de madeira sobre rio Taboco, na região de Terenos, caiu na manhã deste sábado. No momento, passava um caminhão carregado com 15 toneladas de ...
Homem é baleado após agredir suspeito envolvido em acidente
Jovem de 24 anos foi baleado com tiro na barriga, por volta das 17h30 de sábado (3), em Três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande. Wemers...



é facil para pessoas generalizarem sobre a carga permitida, mas nesse caso especifico a carga estava certo temos as notas para comprovar. mas nao foi o excesso de peso que fez a ponte cair, foi as condiçoes precarias e ainda por cima tem uma placa dizendo q a ponte foi reformada.......só se foi com madeira podre.....tenho fotos para provar , as vitimas no cso é meu pai e meu irmao



 
marisa souza da silva em 06/08/2011 05:47:38
A troco de que,um camioneiro vai economizar ida e vinda se ele ganha por viagem,é mais facil ele carregar menos e fazer mais viagens do que carregar mais e fazer menos viagens ,e o coitado do dono do caminhao ,vive do caminhao ,ele e sua familia ,temos que ver como esta o estado de conservação das pontes e estradas do nosso Estado.
 
Pedro Silva em 03/08/2011 04:14:34
Esses caminhoneiros abusam das pontes de madeiras e após acidente vem falar que estavam com a carga permitida. Será Mesmo? eles adoram exceder para economizar idas e vindas.
 
Junior Lopes em 03/08/2011 03:41:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions