A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

12/08/2014 19:16

Vivo apresenta plano de ação para melhorar serviço de telefonia

Liana Feitosa

A inscrição e o alvará de funcionamento da operadora Vivo estão suspensos em Corumbá, distante 419 km de Campo Grande. Por causa dos problemas constantes no serviço de telefonia móvel prestado na região, integrantes da direção da empresa a se reuniram hoje (12) com o prefeito Paulo Duarte.

Veja Mais
Justiça determina que Sanesul repare danos em erosão causada por vazamento
Chuva alaga ruas em Paranaíba e deixa até camionete submersa em Chapadão

Por meio da assessoria de imprensa, o prefeito explicou o problema na semana passada. “Os serviços prestados pela empresa continuam de péssima qualidade, causando sérios transtornos à população, inclusive com prejuízos. No primeiro semestre do ano passado, integrantes da diretoria da Vivo estiveram em Corumbá e, em uma reunião que tive com eles, se com prometeram em melhorar o sistema. Passado mais de um ano, nada foi feito, muito pelo contrário, o serviço piorou”, afirmou.

Além de Paulo Duarte, que atualmente está licenciado do cargo, participaram da reunião o secretário de Governo, Márcio Cavasana, a diretora de relações institucionais da Vivo, Alessandra Lugato, o gerente da Vivo/MS, Heliberto Liberati, além da assessora jurídica da empresa, Vera Lúcia Pereira.

Na ocasião, representantes da empresa apresentaram um plano de ação para a melhoria dos serviços oferecidos na cidade. Amanhã (13), às 9 horas, o plano será detalhado no Gabinete da Prefeitura. Será feita uma entrevista coletiva concedida pela prefeita em exercício, Márcia Rolon e pelo secretário de Governo, Márcio Cavasana.

Base dos Bombeiros com 8 militares deve ser implantada até o meio do ano
Rio Brilhante - cidade localizada a 163 km de Campo Grande - deve ganhar em breve uma base do Corpo de Bombeiros. Foi publicado no DOE-MS (Diário Ofi...
Investimento em recuperação de rodovias no MS será de R$ 185,9 milhões
O Governo do Estado deve investir R$ 185,9 milhões para recuperar trechos das rodovias MS-156, MS-379 e MS-470, que ficam em maior parte na região de...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions