A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

30/06/2015 15:47

Volta a chover forte após 15 dias e temperatura cai dez graus

Em duas horas, precipitação pluviométrica chega a 27,2 milímetros e previsão indica tempo chuvoso até o fim de semana em Dourados

Helio de Freitas, de Dourados
Chuva desta tarde em Dourados atingiu 27,2 milímetros até 15h e deve continuar até o fim de semana (Foto: Eliel Oliveira)Chuva desta tarde em Dourados atingiu 27,2 milímetros até 15h e deve continuar até o fim de semana (Foto: Eliel Oliveira)

Voltou a chover forte nesta terça-feira (30) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Não chovia na região desde o dia 15 deste mês, quando o volume chegou a 10 milímetros. Das 13h até às 15h de hoje a chuva foi de 27 milímetros, o que eleva a quantidade acumulada durante o mês para 62 mm (o equivalente a 62 litros de água por metro quadrado).

Veja Mais
PRF apreende carreta com 250 kg de agrotóxicos contrabandeados do Uruguai
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo

Segundo a estação agrometeorológica da Embrapa Agropecuária Oeste, o acumulado até esta tarde ainda está abaixo do volume histórico para o mês de junho na região, que é de 75 milímetros. Entretanto, a marca deve ser atingida ainda hoje, porque a chuva continua.

A chuva desta terça-feira derrubou a temperatura na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, mas o frio não deve ser intenso nos próximos dias. Ontem à tarde os termômetros registravam 26,5ºC. Às 13h44 a temperatura estava em 16,7 graus e em 17,6 às 15h.

Segundo o agrometeorologista da Embrapa, Ricardo Fietz, apesar da queda brusca de temperatura, não há previsão de muito frio até o fim de semana. O Climatempo indica mínima de 10 graus domingo. Já o Cpetec/Inpe aponta mínima de 18 graus amanhã e de 14 no sábado e domingo.

Fietz informou que a estiagem de duas semanas na região não chegou a comprometer plantações e pastagem, já que o solo ainda não estava muito seco. A umidade do ar ontem chegou a 45%, bem acima dos 30% que normalmente ocorrem na primavera – pior época do ano para ficar sem chuva.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions