A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

21/10/2016 11:54

Melhoramos o maior salário do País, diz Reinaldo sobre aumento a professores

Mayara Bueno
Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB). (Foto: Fernando Antunes)Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB). (Foto: Fernando Antunes)
Reunião consolidou aumento para professores. (Foto: Chico Ribeiro/Governo do Estado)Reunião consolidou aumento para professores. (Foto: Chico Ribeiro/Governo do Estado)

O governo de Mato Grosso do Sul confirmou em 5,92% o reajuste salarial para professores da rede estadual. O índice será aplicado já no salário de outubro e atende 9.147 servidores da Educação, conforme detalha o governador, Reinaldo Azambuja (PSDB).

Veja Mais
Com prédio ocupado por universitários, professores dão aula no pátio da UFGD
Desembargador falta e julgamento de reajuste é adiado pela terceira vez

“Anunciamos o reajuste de 5,92% no salário de todos os professores de Mato Grosso do Sul e, com isso, o que já era o melhor salário do Brasil, vai ampliar mais”, diz Reinaldo. Ele se reuniu com dirigentes da Fetems (Federação dos Professores de Mato Grosso do Sul), quando foi batido o martelo.

Ainda segundo dados do Executivo Estadual, um professor com nível superior no início de carreira recebe salário de R$ 4.727,25 por 40 horas semanais de trabalho e R$ 2.363,82 para 20 horas. O aumento confirmado agora impactará e R$ 9 milhões por mês aos cofres estaduais.

Além do reajuste, governo garantiu o pagamento em parcela única de 1/3 de hora-atividade de 2013, em fevereiro de 2017, como também o 13º salário dos servidores públicos que será pago integralmente em dezembro.

No encontro, também foi anunciado o pagamento do saldo retroativo, referente ao índice de reajuste do piso nacional de 11,36%. O índice incrementará em mais de R$ 10 milhões na folha salarial dos professores este mês, afirmou o governo.

“Claro que existe uma lei que garante esse reajuste, mas, com a atual situação econômica do país, conseguimos ver o esforço em cumprir o que foi pactuado no início dessa gestão. Com o reajuste de 5,92% a gente amplia a condição do melhor salário de professores do país”, afirma o presidente da Fetems, Roberto Botareli.

Nesta manhã, Reinaldo afirmou que o governo conseguiu acertar o reajuste dos professores já este ano. O aumento das demais categorias, no entanto, será discutido na data base. “Esperamos entrar em acordo na ocasião”, disse.

Desembargador falta e julgamento de reajuste é adiado pela terceira vez
Mais uma vez, o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) adiou o julgamento da ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) que a Prefeitura d...
Professores trocam salas de aula por estúdios de gravação
No Dia do Professor, a TV News mostra que a procura dos docentes pelo EaD (Ensino à Distância) creceu 35% nos últimos cinco anos no Estado. Entre as ...
UEMS convoca professores para ministrarem aulas em 13 municípios
A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) convocou professores para ministrarem aulas em caráter temporário. A relação foi publicada nest...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions