A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 26 de Março de 2015

25/07/2013 13:26

Polícia aborda táxi e prende quadrilha que levava carros para o Paraguai

Graziela Rezende

Uma quadrilha, que furtava veículos em Campo Grande e negociava parte deles nos países vizinhos, foi presa pela Polícia Militar, na madrugada desta quinta-feira (25). Ao todo, em posse de arma, drogas e três veículos, sete pessoas foram para a delegacia - dois homens e cinco adolescentes.

Veja Mais
Justiça autoriza jovem menor de 18 anos a trabalhar como aprendiz
Após polêmica, MPT apura denúncia de terceirização no Tribunal de Contas

Os homens da Força Tática do 1° BPM (Batalhão da Polícia Militar) faziam rondas na rua Pará, Vila São Jorge da Lagoa, quando abordaram um táxi. O único passageiro da ocasião estava em posse de um revólver calibre 38, com quatro munições intactas. Ele confessou roubos e ainda indicou o local onde estariam mais dois comparsas.

A Polícia se deslocou a uma casa, na Vila Nasser, e encontrou mais seis pessoas, sendo um homem e cinco adolescentes. Eles recuperaram um Golf preto, um Gol branco e ainda um Corsa Azul, todos roubados. Os menores ainda estavam com 40 gramas de cocaína, balança de precisão e vestígios de roubos anteriores, como por exemplo a cópia da chave de um carro negociado no Paraguai, de acordo com a comunicação da PM.

Os envolvidos e os carros foram encaminhados para a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão ao Furto e Roubo de Veículos) e a droga levada para a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

Veja Também
Justiça autoriza jovem menor de 18 anos a trabalhar como aprendiz
A Justiça negou recurso do MPE (Ministério Público Estadual) que tentava impedir um garoto com menos de 18 anos a trabalhar. O caso começou em uma ci...
Após polêmica, MPT apura denúncia de terceirização no Tribunal de Contas
O MPT (Ministério Público do Trabalho) apura denúncia de terceirização de atividade fim no TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado). Na tarde de ontem, ...
Caminhoneiro de MS é preso com 740 quilos de droga na “rota caipira”
Um caminhoneiro de Mato Grosso do Sul foi preso ontem em Tupã, interior de São Paulo, com 740 quilos de maconha, no roteiro conhecido como “rota caip...


Prenderam, o juíz solta, os políciais trabalaram atoa e as vítimas continuam no prejuízo? Isso é justiça? Só para o crime, para os cidadãos e políciais é só mais um dia de sofrimento. Os cidadãos independente da idade ao cometer um crime deveria perder todos seus direitos como cidadão(pois ele deixa de ser um para ser criminoso!), se o crime for somente de danos materiais o mesmo deveria ter todos seus bens apreeendido para ressarcimento dos danos ou ser presos e trabalhar(dentro da cadeia) até ser pago os danos as vítimas! Roubou meu carro, me compre outro ou de o valor do mesmo e estamos quites, isso é justiça! O que se pratica no país pelo judiciário é a injustiça para o cidadão e premiação para o criminoso(este nunca sai no prejuízo e arca com seus deveres).
 
Alexandre de Souza em 25/07/2013 14:52:09
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions