A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 30 de Julho de 2015

25/07/2013 13:26

Polícia aborda táxi e prende quadrilha que levava carros para o Paraguai

Graziela Rezende

Uma quadrilha, que furtava veículos em Campo Grande e negociava parte deles nos países vizinhos, foi presa pela Polícia Militar, na madrugada desta quinta-feira (25). Ao todo, em posse de arma, drogas e três veículos, sete pessoas foram para a delegacia - dois homens e cinco adolescentes.

Veja Mais
Aposta de SP leva prêmio de R$ 46 milhões na Mega Sena
Governador veta projeto que pede maior transparência no Detran

Os homens da Força Tática do 1° BPM (Batalhão da Polícia Militar) faziam rondas na rua Pará, Vila São Jorge da Lagoa, quando abordaram um táxi. O único passageiro da ocasião estava em posse de um revólver calibre 38, com quatro munições intactas. Ele confessou roubos e ainda indicou o local onde estariam mais dois comparsas.

A Polícia se deslocou a uma casa, na Vila Nasser, e encontrou mais seis pessoas, sendo um homem e cinco adolescentes. Eles recuperaram um Golf preto, um Gol branco e ainda um Corsa Azul, todos roubados. Os menores ainda estavam com 40 gramas de cocaína, balança de precisão e vestígios de roubos anteriores, como por exemplo a cópia da chave de um carro negociado no Paraguai, de acordo com a comunicação da PM.

Os envolvidos e os carros foram encaminhados para a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão ao Furto e Roubo de Veículos) e a droga levada para a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

Veja Também
Aposta de SP leva prêmio de R$ 46 milhões na Mega Sena
Uma aposta de São Paulo acertou as 6 dezenas do concurso 1.727, da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira (29) em Osasco (SP), e levou R$ 46.391.009...
Governo cria grupo para garantir acesso da mulher com deficiência ao SUS
As secretarias de Direitos Humanos, de Políticas para as Mulheres da Presidência da República e o Ministério da Saúde criaram hoje (29) um grupo de t...


Prenderam, o juíz solta, os políciais trabalaram atoa e as vítimas continuam no prejuízo? Isso é justiça? Só para o crime, para os cidadãos e políciais é só mais um dia de sofrimento. Os cidadãos independente da idade ao cometer um crime deveria perder todos seus direitos como cidadão(pois ele deixa de ser um para ser criminoso!), se o crime for somente de danos materiais o mesmo deveria ter todos seus bens apreeendido para ressarcimento dos danos ou ser presos e trabalhar(dentro da cadeia) até ser pago os danos as vítimas! Roubou meu carro, me compre outro ou de o valor do mesmo e estamos quites, isso é justiça! O que se pratica no país pelo judiciário é a injustiça para o cidadão e premiação para o criminoso(este nunca sai no prejuízo e arca com seus deveres).
 
Alexandre de Souza em 25/07/2013 14:52:09
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions