A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

05/11/2016 12:00

Portões fecham e candidatos devem começar provas em meia hora

Luana Rodrigues
Na Uniderp, portões fecharam ao meio dia em ponto. (Foto: Marina Pacheco)Na Uniderp, portões fecharam ao meio dia em ponto. (Foto: Marina Pacheco)
Na Uniderp, portões fecharam ao meio dia em ponto. (Foto: Marina Pacheco)Na Uniderp, portões fecharam ao meio dia em ponto. (Foto: Marina Pacheco)

Ao meio dia em ponto deste sábado (05), os portões dos locais de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em Mato Grosso do Sul, foram fechados. Desde às 11h, candidatos estavam autorizados a entrar nas escolas e universidades onde foram inscritos para fazer o exame.

Veja Mais
Caminhão pega fogo na BR-262; 2º caso em dois meses
Operação prende 11 suspeitos de aplicar R$ 2 milhões em golpes

Segundo o MEC (Ministério da Educação), as provas devem começar pontualmente 30 minutos depois que os portões fecham. O aluno poderá deixar o local após duas horas do início da prova. Só é possível sair com o caderno de questões nos últimos 30 minutos antes do fim das provas. 

Neste sábado (05), os candidatos terão 4 horas e 30 minutos para responder as 90 questões de ciências humanas e ciências da natureza. Amanhã (6), serão 5 horas e 30 minutos de prova por conta da redação, além das 90 perguntas de linguagens e matemática.

Prova - Para fazer a prova o aluno deve apresentar documento de identidade original com foto e usar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente. Outra cor de tinta impossibilita a leitura óptica do cartão de respostas.

Neste ano, pela primeira vez, haverá identificação biométrica dos estudantes. O objetivo é prevenir fraudes. As impressões digitais serão colhidas durante as provas.

É proibido o uso de celular ou qualquer aparelho eletrônico durante as provas. Os aparelhos terão de ser colocados em um porta-objetos com lacre, que deverá ficar embaixo da cadeira até o fim das provas. Em anos anteriores, candidatos foram eliminados por postar imagens da prova em redes sociais.

Para enfrentar as longas horas de prova, o candidato poderá levar água e comida. O Ministério da Educação informou que haverá fiscalização dos lanches. Caso descumpra qualquer uma das regras do exame, o candidato será eliminado.

Adiamento - Em Mato Grosso do Sul, 139.149 estudantes tentam uma vaga em uma universidade por meio do Enem. Na Capital, 59.071 devem fazer a prova. Dourados – a 228 km de Campo Grande – é a segunda cidade com maior número de inscritos, 12.980 no exame.

O Ministério da Educação adiou para os dias 3 e 4 de dezembro as provas dos candidatos que fariam o exame em prédios ocupados por estudantes.

Apenas 488 candidatos que fariam os testes na Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) de Paranaíba – a 422 km de Campo Grande – terão de esperar para prestar o exame nos dias 3 e 4 de dezembro. A instituição está ocupada por alunos que protestam contra o governo federal.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions