A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

01/02/2010 18:03

Tribunal nega pedido de vereador preso na Operação Owari

Redação

A 2ª Turma Criminal indeferiu a apelação criminal feita pelo vereador de Dourados, Humnberto Teixeira Júnior (PDT), preso em julho do ano passado na Operação Owari da Polícia Federal.

O relator do recurso foi o desembargador Claudionor Miguel Abss Duarte. Os magistrados foram unânimes no indeferimento do pedido do parlamentar. Além de Teixeira Júnior, o processo judicial investiga os prefeitos de Dourados, Ari Artuzi (PDT) e de Ponta Porá, Flávio Kayath (PSDB).

Líder do prefeito e primeiro secretário da Câmara Municipal, ele chegou a ser detido pela Polícia Federal e ficar preso por causa de porte ilegal de arma.

A Operação Owari foi desencadeada para investigar o envolvimento de funcionários públicos e autoridades com o empresário Sizuo Uemura. Eles são acusados de fraudar licitações na área de saúde, arrendamento do Hospital da Mulher em Dourados, entre outras irregularidades.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions