A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


21/12/2015 10:33

Fantástico momento piegas na tela

Reinaldo Rosa

ZAPEANDO – Controle remoto não teve descanso na noite deste domingo; o 'Fantástico' – show da vida – foi um chute no SAC – Serviço de Atentado ao Consumidor. Papai Noel, de todos os matizes e funções, tomou a maior parte do programa com dramas e conquistas típicas de relatos e testemunhos de seguidores da IURD.

TAMU JUNTO – Principal atração das noites de domingo da Globo, tal e qual o 'Jornal Nacional', cai pelas tabelas de audiência. O 'JN' mantém o Ibope (cada vez menor) por vício do telespectador. Em termos qualitativos, o 'Jornal da Band' supera em editorial e reportagens exclusivas.

MÚLTIPLA ESCOLHA – A comunicação de Mato Grosso do Sul andou a passos lentos neste ano. O jornalismo de rádio e televisão registrou parcos momentos de matérias próprias de cada emissora. Entra-e-sai de Bernal; 'Operação Lama Asfáltica'; a 'Porta dos Fundos', de Gilmar Olarte; prisões de pessoas – mais ou menos – importantes – e a falta de um muito importante – foram temas recorrentes em emissoras do Estado.

NA COLA – Mídia impressa também correu pelos mesmos corredores de notícia. O mercado de informações exclusivas e reportagens investigativas sofreu sensível – e clamoroso – empobrecimento. Sem nunca ter sido tão rico. Diga-se.

COM LOUVOR – O órgão que mais produziu informações investigativas neste ano foi, sem dúvidas, o do GAECO –Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado.

À PARTE – Se a comunicação televisiva (principalmente) deixou a desejar, reconheça-se o esforço de jornalistas contratados pelas emissoras. A coluna recebeu reclamações de profissionais pressionados a 'não mexer com isso', emanados da alta direção de famosa repetidora local. O assédio moral resulta em telejornais capengas. E frustrante para quem chega esbaforido às redações e encontra o censurado Manual de Redação da empresa.

FORA DO AR – Stress não é causa desconhecida por profissionais da imprensa regional. Estranhamente, apenas não é informação digna de nota. Falta ousadia editorial e de apoio técnico e de equipamentos dá nisso.

BAIXA ESPECTATIVA – A geleia geral –e real – do jornalismo, no mês mais inebriante do ano, não registra maiores expectativas para o novo período que bate à porta.

Programa resgata causos do futebol regional
CONTA OUTRA – O futebol sul-mato-grossense – graças a alguns – vive na história do torcedor local. Jogadores, dirigentes e técnicos estão no ‘Conto d...
Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions