A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


13/09/2013 09:23

Futebol de MS vira programa de TV

Reinaldo Rosa

IQUIGOL - Na década de setenta, na Rádio Jovem Pan, o locutor Osmar Santos -e equipe- inovou na forma de transmitir futebol. Jingles com nome dele; o hino do time no momento da marcação do gol; beijos e abraços a figuras da sociedade paulistana e citação, até, de profissionais das emissoras concorrentes. Fora este último item, no ano
2013, outros cronistas esportivos continuam na cola. E na mesmice.

Veja Mais
Radialistas e suas relações perigosas
Profissionais de rádio se aventuram na internet

MARKETING POR ESPORTE - A TV Morena entrou na onda da matriz Globo. Reunião da Federação de Futebol do MS anunciou participantes do campeonato deste ano, respeitando dias e horários da programação da retransmissora de TV, em Campo Grande.

TRAGÉDIA ANUNCIADA - Times que não entraram na escolha feita a quatro mãos ficarão relegados à própria sorte. Sem participação de disputas e fora do rateio dos recursos empregados pela Morena -por direitos de arena- tradicionais equipes do estado vão viver de quê? Como?

FALANDO NISSO - Cronistas esportivos da capital não informaram sobre valores que serão aplicados na parceria entre FFMS e Rede Centro-Oeste de Televisão. Também é ignorada a forma de divisão da verba; quanto caberá a cada um e, mais importante, quem ficará com a chave do cofre para fazer o rateio entre os envolvidos.

MORTE LENTA - Transformando o campeonato de futebol em item de grade de programação, o apoio da TV Morena pode ser prejudicial em algumas frentes. Transmitir jogos locais nos mesmos dias de jogos de times dos grandes centros, 'empurra' parte de espectadores para a TV Guanandy, repetidora da Band-SP. Os esforços da emissora e de toda a classe de cronistas esportivos devem ser elogiados e apoiados.

NÃO DEU OUTRA - A coluna antecipou, na edição passada, que vereadores da capital plagiariam a lei da bolinha de papel criada em bairros do Rio de Janeiro. De evidente apelo popular a medida terá fácil tramitação na Câmara Municipal. Que respeitem o direito autoral do edil carioca.

FALA POVO - "Apesar de não ser do ramo, sempre leio a coluna e concordo com a maioria dos seus comentários. Gostaria de dar duas sugestões, se é que está aberto a isso. 1. Aproveita o aniversário da coluna e muda o nome pra "De olho na mídia", acho que estaria mais dentro do contexto do que você posta. 2. Utilizar uma linguagem mais coloquial atrairia mais público para esta coluna. E este é justamente o ponto que acho negativo, quando utiliza algumas palavras ou expressões que não são do conhecimento de todos, mesmo os com um pouco mais de formação. Sucesso". (MARCELO MENDES)

R DO R - Caro Marcelo Mendes, sugestões são sempre bem-vindas e consideradas. A denominação _DE OLHO NA TV_ existe desde sua criação na década de oitenta, no Jornal da Cidade, em Campo Grande. O nome sugerido por você é difuso e fugiria ao controle de observações feitas aqui. Quanto ao estilo nada 'coloquial', é notado pela ausência de conectivos. Expressões como 'assim sendo'; 'ou seja'; 'isto é'; 'porém'; 'contudo', etc. são apelos de informação imprecisa e que necessita de adendos por parte de quem escreve. Informado um fato, cabe exclusivamente a leitoras e leitores sua conclusão pessoal. Sempre creio na inteligência das pessoas. Abraços e continue prestigiando este espaço.

FALA POVO II - "É lamentável assistir ao jornal da TV Morena na hora do almoço. Mais parece uma revista eletrônica ancorada por uma boneca que faz "caras e bocas" na apresentação. Destaque para as palhaçadas do Tatá Marques, o excelente jornal da Record que informa do jeito que tem que ser e para a Band com seu jornal na hora do almoço. De nada adianta investir milhões em modernização sendo que conteúdo continua engessado". (ANNE FURLAN)

ENQUADRAMENTO - Em matéria sobre a baixa umidade em Corumbá, repórter fez de tudo para 'não fazer propaganda gratuita' de umidificador que aparecia parcialmente na tela. O bicicletário -que tomou quase toda a extensão das imagens- foi bem-vindo por parte de lojas que vendem o veículo.

PORQUE É SÁBADO - Dica radiofônica em dia de ausência de radio jornalismo; samba de qualili, na UCDB sob comando de Cachopa. Nas demais emissoras, aquelas músicas que tem gente que gosta. Agradeço cumprimentos pela passagem do primeiro ano da coluna.

Radialistas e suas relações perigosas
RELAÇÕES PERIGOSAS – O apresentador e agora vereador eleito Lucas de Lima emposta a voz na sua porção de conselheiro matrimonial. No programa noturno...
Profissionais de rádio se aventuram na internet
RÁDIO PRA QUEM QUISER – Amor ao rádio provoca mudança de tratamento no segmento; profissionais fora do escasso mercado radiofônico local ‘fundam’ as ...
Horário engessado limita noticiário de emissora
PLANO DE VOO – Segunda-feira, às 4h10, o ‘Plantão da Globo’ anuncia a queda do avião com a delegação do Chapecoense. Um minuto após, volta a exibição...
Crise afeta dízimo e vida de TVs de evangélicos
MILAGRE ECONÔMICO – Com a crise econômica nos últimos anos, os fiéis de igrejas evangélicas sumiram dos templos e murchou a principal fonte de pagame...



Caro Reinaldo, primeiramente parabéns pelo primeiro ano de sua coluna. O número de leitores vem crescendo a cada coluna, notadamente. Sou leitor assíduo, pois apesar de estar trabalhando em outro estado, meu coração continua no rádio campograndense, em que trabalhei por 13 anos. Apenas um adendo: na verdade o nome correto da rede à qual pertence a TV Morena é Rede Matogrossense de Comunicação (RMC) e não Rede Centro Oeste de Televisão, conforme consta. Abraços e continue com o ótimo trabalho que tem se configurado como única fonte de informação dos bastidores da comunicação do MS.
 
Celso Costa em 16/09/2013 19:10:41
Não entendi, o porque o colunista escreve. " Os cronistas esportivos não informaram sobre valores que serão aplicados na parceria entre FFMS e Rede Centro-Oeste de Televisão". poooxa você não é jornalista? vai atrás e nos informa, porque tudo tem que cair nas costa da imprensa esportiva, afinal você gosta de criticar os caras heim. A nossa imprensa esportiva não deixa a desejar a nenhuma do resto do Brasil. No tocante ao quadro IQUIGOL. O QUE DA CERTO SE COPIA.
 
romualdo mendes anastasia em 15/09/2013 18:49:23
Quando vamos ter o futebol de verdade no Estado de Mato Grosso do Sul? a televisão apoia, existe torcedores que querem participar..e times que precisam de apoio financeiro e politico, e uma federação mais efetiva! Precisamos de um time no minimo na série B do campeonato Brasileiro! um estádio deste porte precisa ser utilizado! Lotar...
 
joão rodrigues em 14/09/2013 13:24:37
Rede Centro-Oeste de Televisão?
Tá certo isso, produção?
 
Marcelinho Guess em 14/09/2013 11:38:16
Concordo com o marcelo Mendes......
 
PAULO CÉSAR DA SILVA SANTOS em 13/09/2013 10:56:01
"A TV Morena entrou na onda da matriz Globo. Reunião da Federação de Futebol do MS anunciou participantes do campeonato deste ano"?????? Qual campeonato seria??? Não seria de 2014??
 
VOLNEY LIMA em 13/09/2013 10:10:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions