A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


02/07/2014 09:56

Jornalismo local perde mais um espaço

Reinaldo Rosa

COMO É FEITO – Com a chegada das eleições, candidatos apresentadores de rádio e repetidoras de TVs saíram do ar nesta semana. Todos já sabem. O ‘Balanço Geral’ –espécie de bloco local no ‘Cidade Alerta’-, deixou de ser apresentado pela TV Guanandi. Capacitados jornalistas da emissora não foram aprovados para substituir o titular deputado estadual. Simples assim.

SEM ELE - Saída do candidato (outra vez; sem surpresa) deputado estadual Maurício Picarelli, do Balanço Geral, revela a forma com a qual são administradas repetidoras locais. Economia e – se possível - audiência, como foco principal. Nem vereadora da capital foi convocada para a vaga do titular.

TEMOS VAGA – Com mudanças verificadas no jornalismo matinal da Band, a audiência do informativo cresceu significativamente. O bloco destinado às informações de Mato Grosso do Sul é simplesmente ignorado pela retransmissora local da rede paulista. Equipe de bons profissionais existe. Dentro e/ou fora da emissora.

ESTÁ TENDO COPA – O jogo Bélgica X Estados Unidos, na Copa Fifa, prova que o torneio está valendo a pena. Detratores e pessimistas anunciadores do apocalipse também estão presentes nas arquibancadas das arenas espalhadas pelo país. Uns poucos mandaram a presidente tomar mas quem tomou foram os mandantes.

NÃO TEM TU - Após o final da competição da Fifa, a ressaca de futebol em Mato Grosso do Sul será preenchida com a participação do Itaporã no Campeonato Brasileiro da serie D. Preenchida literalmente.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Famosos jabás (em forma de ‘aquele abraço’) radiofônicos – e televisivos - poderão citar nomes de candidatos destas eleições? Tudo será motivo para chiadeira de concorrentes junto ao Tribunal Regional Eleitoral.

SEM CORTES – Jornalista Sérgio Cruz gravou participação para o ‘Sala de Corte’, da TV Brasil Pantanal. O programa vai ao ar às 19 horas de quinta-feira e é opção inteligente para espectadores interessados no serio registro do áudio visual de Mato Grosso do Sul.
Vale a pena conferir.

LIBERDADE ABRE AS ASAS – Deu no 24 Horas News, de Cuiabá. “Acabou a era Carlos Orione à frente da Federação Matogrossense de Futebol (FMF). Não era sem tempo: foram 32 anos à frente da entidade. Problemas de saúde e desgaste político o tiraram de cena”. Exemplo que poderia ser seguido em outras paragens na região Centro-Oeste. Em MS, para ser mais específico.

 

Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...
TV e federação também bagunçam o futebol local
ISTO É PLANEJAMENTO – Cronista esportivo informa a próxima rodada do campeonato sul-mato-grossense de futebol: “...caso não haja alterações durante a...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions