A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


04/05/2015 11:19

Mudanças no mando do jogo da TV

Reinaldo Rosa

BREVE – Proveniente de Goiânia, chegará a Campo Grande o novo Chefe de Redação da TV Morena. Assume o lugar de Lucimar Lescano que, após treinamentos, dará o ar da graça na bancada do ‘MSTV2’ e, conforme informação da coluna, o ‘MSTV1’ inicia fase com dois apresentadores. Mudanças continuam.

BREVE II – A Gerência de Dourados, Ponta Porã e Três Lagoas passa a ser desenvolvida por Rivando Messias dos Santos. Informação de interesse –em particular- de agências de publicidade: a Gerência Comercial de Campo Grande passa a ter a titularidade de Rodrigo Lopes.

A QUEM INTERESSA – 1989 marcou a edição manipulada do ‘Jornal Nacional’, pró Collor, na Globo; decretação à pena de morte de Salman Rudshie, pela publicação do livro ‘Versos Satânicos’; a prisão dos sequestradores do empresário Abílio Diniz vestindo camisa do PT e a eleição de Francisco Cezário para presidente da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul.

DEIXA ASSIM – Semana passada, o doutor sem tese tomou posse para mais uma temporada à frente da entidade. Na solenidade da ação entre amigos, disse que foi “eleito por pessoas que gostam de mim”. E orgulham-se da atual situação do futebol do Estado, ausente do abecedário de competições da CBF.

FALANDO NISSO - Palmeiras foi com o time C enfrentar o Sampaio Corrêa pela Copa do Brasil semana passada. Deu 15 pontos na audiência da Globo e três na Band, em São Paulo. Caso o futebol não tivesse se transformado em item de grade de TV, aquele degradante espetáculo não teria ido ao ar.

DITADURA – A TV Globo impõe à CBF marcar jogos às 10 da noite para atender necessidades de grade. Cronistas esportivos de rádio reclamam da submissão da entidade dos cartolas. Como sempre, quem paga tem razão e preferência.

CALA A BOCA GALVÃO - Sobre Ricardo Teixeira, em seu livro, Galvão Bueno considera que a gestão de 24 anos de Teixeira foi “um acúmulo de excessos; excesso de poder, excesso de tempo no poder, excesso de nuvens escuras, excesso de perguntas sem respostas”. Excessos ecoam e fazem escola.

VC NA COLUNA – “Num GP de F-1 nos anos 90, Nigel Mansell liderava o GP de Mônaco com muita folga, e o pessoal do box, com medo que ele fizesse bobagem, mostrou-lhe uma placa escrito "EASY" (calma, vá mais devagar). Galvão Bueno fez a absurda tradução literal: "O box avisa Mansell que a corrida está fácil". Anônimo.

DE SAÍDA - A atração de Carmen Cestaria não faz mais parte da grade do SBTMS. Ela continua no Noticidade, pela FM Cidade 97, das 12 às 13h, de segunda a sexta. E, de leve, também é assessora de comunicação da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres e da Casa da Mulher Brasileira. Estou dando uma folga aos telespectadores da minha presença no vídeo.

Programa resgata causos do futebol regional
CONTA OUTRA – O futebol sul-mato-grossense – graças a alguns – vive na história do torcedor local. Jogadores, dirigentes e técnicos estão no ‘Conto d...
Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions