A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


02/01/2013 08:09

Noticiário light em tempos de férias

Reinaldo Rosa

DIA MUNDIAL DA PAZ – Posse do prefeito e de 29 vereadores eleitos em 2012, no Palácio Popular da Cultura, em Campo Grande. Emissoras de rádio e televisão ausentes de um evento que poderia ter sido transmitido ao vivo. Entre fazer programa de baixa audiência e continuar a recepcionar – em festa – o primeiro dia do ano, profissionais da comunicação preferiram a segunda opção. Feliz ano novo.

PAUTAS FRIAS – Com exceção de crimes e acidentes de trânsito, a primeira semana do ano se apresenta ameno no cenário da comunicação falada, televisada e escrita no estado. Com pautas de gavetas no ar, classifica-se como bom o desempenho de Cláudia Gaigher e equipe, pela TV Morena, em matérias sobre encantos desconhecidos de Mato Grosso do Sul.

SACOLINHA – Na TV Guanandi, o informativo da hora do almoço deste primeiro dia do ano apresentou matéria sobre prestação de assistência social. A entidade focalizada é ligada aos pastores que dirigem a emissora. Mais fria impossível.

NAS ONDAS DO RÁDIO – Semana começa com farta pauta para os noticiosos radiofônicos, da capital em particular. Festejos de primeiro de janeiro e posses de prefeitos serão repercutidos de forma mais amena pelo clima de férias que, parece, estamos vivendo. Próximo ao Carnaval e aos cem dias do novo prefeito, os fatos voltam a esquentar os programas.

DINHEIRO EM PENCA – Depois dos seis milhões recebidos da Globo pela participação no Medida Certa, do Fantástico, Ronaldo assina com a Fiat. Serão três anos dizendo o ‘tudo de bom’ (dos comerciais) que a fábrica nascida em Torino produz no mercado automotivo.

RETORNA – Na internet rola a grita de quem vê contradições na ação da Globo (no Medida Certa). “A Globo dá seis milhões de reais ao Ronaldo e, depois, pede dinheiro para o Criança Esperança”.

VAI ENTENDER – Empresários – quase sempre ligados a políticos do alto clero – fazem uso desse fato (e outros poucos ortodoxos, digamos) para conseguirem a concessão de canal de televisão e/ou rádio. Com capital para adquirir equipamentos e imóveis para a empreitada, no fundo sempre contam com a primordial ajuda dos citados legisladores.

LUZES E AÇÃO – Quando novas emissoras entram em funcionamento, percebem que contas oficiais são medidas pela audiência que o veículo proporciona. A RedeTV! tem dois programas como base de faturamento (Mega Senha e Luciana by Night); tinha o Pânico que se bandeou para a Band. Audiência e veiculação de comerciais marcam traço.

COMPRA E VENDA – A Rede coloca à venda metade de sua programação e, sem conseguir dinheiro para pagar funcionários (como aconteceu com Hebe Camargo) sofre assédio de igrejas e grupos empresariais. E vai ceder.

MIAL DO BIAL – Na próxima terça-feira, contando com muitos votos contra e a favor, vai ao ar a apresentação do elenco de pretendentes a futuras celebridades. Big Brother Brasil vem aí com personagens polêmicos, diálogos idiotas entre eles e o esforço hercúleo de Pedro Bial querendo justificar a existência de tal programa na rede dos patrões. Falta de cultura, baixarias e mulheres que mexem com a plebe ignara formam o pacote de atração que, por falta de opções das outras redes de TV, sempre se dá uma olhadinha. O apresentador continuará sendo a estrela maior do ‘programa’.

O QUE FAZER - Sem nada de novo no front das programações televisivas, o ano começa com cara de velho. Livros e yoga para quem queira diversificar. E ganhar no período que se inicia.

Programa resgata causos do futebol regional
CONTA OUTRA – O futebol sul-mato-grossense – graças a alguns – vive na história do torcedor local. Jogadores, dirigentes e técnicos estão no ‘Conto d...
Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions