A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


04/10/2013 09:48

Notícias correm soltas nos bastidores

Reinaldo Rosa
Gêmeas fazem aniversário nesta sexta-feiraGêmeas fazem aniversário nesta sexta-feira

FESTA PORTUGUESA COM CERTEZA – Equipe esportiva com tradição em transmissão dos jogos da serie B foi impedida de desenvolver suas funções na partida entre Portuguesa de Desportos e Corinthians, no Morenão. Time acostumado a repercutir festas e eventos teve tapete vermelho sob os pés para trabalhar onde aqueles radialistas tiveram seu caminho cerceado pela FFMS. Essa dicotomia foi acusada – e realçada - pelo leitor da coluna Jacson Blank.

PÍLULA DA HORA – Ao contrário do que foi informado neste espaço, o Tribuna Livre, da FM Capital, vai ao ar no mesmo dia através do site da emissora. “Ele (o noticioso) entra no ar a partir das 9h30min”, informa Marco Antonio de Farias. Pelo viamorena.com a transmissão é no mesmo dia e hora.

CORREÇÃO DE TEXTO – O anúncio veiculado em jornal diário impresso referente ao noticioso da FM Capital foi devidamente corrigido. Saiu acento agudo e entrou a digna crase nos devidos lugares. Pingos nos is.

POR ONDE ANDA – “Oi, Rei! Estou trabalhando, loucamente em produções culturais... Tenho um livro pronto, e um ensaio fotográfico "no forno". Estou preparando ainda um documentário sobre o programa Recado (1ª revista ao vivo do MS), e recolhendo vídeos, fotografias e entrevistas”. Parte (‘autorizada’) da mensagem enviada por Marilu Guimarães sobre suas atuais atividades. Colaborações, apoios e patrocínios são bem recebidos pela atuante e serelepe jornalista, advogada, ex-deputada estadual e federal, etc.

CULTURA A FORCEPS – Transcrição de importante matéria deste Campo Grande News. “Agora nem a falta de dinheiro justifica as cadeiras vazias. As apresentações de dança, teatro e música trazidas por projetos do Sesc, produções de altíssimo nível, passam a ser de graça. Antes, com preços considerados irrisórios, se pagava no máximo R$ 20 pelo ingresso. A partir de hoje, até o final de 2014, todos os espetáculos estão de portas abertas só esperando as palmas do público. A entrada franca é mais um estímulo para o campo-grandense aderir à cultura. O Lado B vestiu a camisa na luta para encher o teatro”. Compartilhe.

SOBRA ESPAÇO – Através do rádio é possível evitar a alienação (algumas vezes provocada pelo próprio). Além de ouvintes ligados –e que aprovam- programações inebriantes, existem aqueles que apreciam a informação. O radiojornalismo tem grande lacuna à disposição de profissionais que buscam aplicar em qualidade da cidadania. Horário nobre do rádio é bem maior do que o da televisão. Que verifiquem os interessados.

FONTE E ANONIMATO – Equipe de radiojornalismo tem em mãos (ou no computador) pesquisa-relâmpago que informa sobre melhor horário para um noticioso em emissora de rádio, da capital. Não sem razão, os números refletem a vontade de ouvintes interessados em saber o que se passa através da comunidade formadora de opinião; tanto no quesito horário quanto no da necessidade de maior número desse tipo de atração por ondas hertzianas.

FALA POVO – “Sempre que escrevo para a coluna, coloco meu nome e e-mail verdadeiros. Fica fácil me achar nas redes sociais. Entendo e aceito sem nenhum problema, as críticas dirigidas a mim, afinal presto um serviço público. Sobre as críticas do leitor "Jacson Blanck" (não o encontrei nas redes socias) sobre a cobertura da Equipe Festas e Eventos no jogo do Cortinthians e Portuguesa, quero afirmar que é um evento aberto a todos. Sou jornalista esportivo há 24 anos. Diplomado, Pós Graduado e Mestrando em Comunicação Social pela UFMS. Roberto Carlos fará um show em Campo Grande. Quer dizer que por ser do Esporte eu não posso cobrir o evento? Esse pensamento pequeno, que inclusive a imprensa esportiva tem, de que o futebol é nosso. E, só nós do esporte podemos cobrir tem que acabar. Pensemos grande”! Ramão Cabreira, jornalista

FALA POVO II – “Sou leitora da coluna e, até que em fim, um elogio aos nossos amigos da crônica esportiva, que só recebem critica aqui. Gostei do que o caro colunista escreveu do narrador Elson Pinheiro, ele merece isso e muito mais. "Operariano de quatro costados" não diferencia jogo, a emoção é a mesma, pode ser Corinthians e Portuguesa, como Campo Grande x Saad, ele consegue nos prender ao lado do rádio, se ainda não ouviu passe a ouvir, e comprove o que digo”. (Maria Graciliana)

LILI VEM AÍ – Cachopa reverberou trabalho deste espaço em seu programa de rádio, pela FM UCDB. E, porque amanhã é sábado, tem samba da melhor qualili.

PARABÉNS A VOCÊS – Thaynar e Thamires (foto), duas gêmeas lindas –leitoras obrigatórias- da coluna aniversariam nesta sexta-feira. Beijos da mãe coruja e galera admiradora da dupla.

Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...
TV e federação também bagunçam o futebol local
ISTO É PLANEJAMENTO – Cronista esportivo informa a próxima rodada do campeonato sul-mato-grossense de futebol: “...caso não haja alterações durante a...



Oportuno o questionamento do Helio Silva sobre aceitação pelo mercado de uma emissora exclusiva de noticias e prestação de serviços. A experiencia da CBN em Campo Grande serve de bussola para aprimorar novo momento . Toda comunidade precisa do veiculo rádio e CG não é diferente. Dificil é convencer mercado publicitário apoiar inovações. Oxigênio sempre é preciso...
 
Roberto Chamorro em 07/10/2013 09:53:15
Ainda sobre o "Festa Portuguesa". Não sou advogado da CBF/TV Globo, mas é bom esclarecer. É bom dar os nomes aos "bois". A equipe "impedida" de transmitir o jogo Portuguesa e Corinthians foi o da Via Morena. O leitor desta coluna deve saber que as duas entidades são detentoras dos direitos de imagens das competições (e pagam caro por isso). Os colegas do MS sabiam e sabem muito bem disso e portanto não deveriam ter qualquer reclamação. Sobre o Festa e Eventos, o caro Ramão Cabreira tem razão. Ou então não poderia deixar, por exemplo, da equipe de reportagem do programa "CQC", por exemplo de fazer as matérias. O que precisamos é sensibilizar a produção do Festa e Eventos e de estar nos nossos jogos. No próximo domingo já seria uma boa pauta. TEREMOS Operário e Ubiratan, 15h, Que tal!
 
Cláudio Severo em 06/10/2013 14:08:16
Caro Reinaldo, vários comentários seus remetem aos noticiosos radiofônicos como uma crescente na cidade, e uma emissora exclusiva (Band News, CBN) em Campo Grande teria mercado e aceitação?? Há cidades menores e interioranas que já contam com uma destas.
 
Helio Silva em 04/10/2013 11:17:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions