A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


18/11/2013 09:39

O improviso da atividade jornalística

Reinaldo Rosa

IRRITANTE - Não haveria o que se discutir em termos da qualidade - e surgimento - da atração da TV Morena, O Meu Mato Grosso do Sul. A iniciativa banal - e contínua - de anunciar, com o devido floreio de Márcio de Camilo, determinada música e 'passar para os comerciais' sem que a mesma tenha conclusão é um SAC (Serviço de Atentado ao Consumidor).

Veja Mais
Radialistas e suas relações perigosas
Profissionais de rádio se aventuram na internet

TROQUE O SOFÁ - Por não considerar o lado positivo de pautas que apontam atuação da FM UCDB -e corroborada por leitores neste espaço- a emissora encontrou o culpado. E tomou providencial atitude: proibiu locutores de pronunciar, no ar, o nome do titular da coluna. Simples assim.

DAY AFTER - Com ótimo apoio de cronistas esportivos do Estado, o campeonato de futebol chega ao final com o Ubiratan campeão. Agora a dúvida dos clubes é saber o que fazer até a volta das atividades no ano que vem. Anunciado como parte da programação da TV Morena, daqui pra frente, tudo vai ser diferente.

O QUE DIZER - A crônica esportiva mostrará seu talento criando pauta que 'segurem' os aficionados por este tipo de programa radiofônico. Com o Brasileirão praticamente já definido e tendo apenas mais um jogo da seleção nacional, haja talento para manter as expectativas dos ouvintes.

APLICAÇÃO DO RICO DINHEIRINHO - Cômoda é a situação da Federação de Futebol e Mato Grosso do Sul. Com rega-bofe de luxo destinado a eleitores da CBF em paraíso baiano, a entidade tem pela frente uma árdua missão. Como aplicar - e justificar - a poupança mensal em tempos que se anunciam sem o futebol em Mato Grosso do Sul. Oh dúvida cruel.

É NÓIS - Bem ao estilo americano de fazer rádio, locutores das principais emissoras de FM da capital falam rápido e de improviso. Como se isso fosse o principal da atividade. Expediente que machucam ouvidos e nosso rico português provocando pedidos que nada os engrandece. Tarimbado profissional de rádio, Gilson Giordano suplica: "vamos tirar do ar os que falam são meia noite; são uma hora; o povo foram".

NOTÍCIA BOA - A solicitação de ampliação de noticiários radiofônicos encontra eco por parte de empresários da comunicação. Ainda sobra espaço para exploração deste tipo de programação levando em consideração o crescimento e segmentação de pessoas que escolheram o Estado pantaneiro para viver. Destaque alvissareiro é, também, a ampliação de pauta de fatos nacionais.

FALA POVO - "Acreditar nessa "ameaça" dos vereadores é crer em cegonha. Tomara que eu esteja errado, mas aparenta não passar de cortina de fumaça escondendo coisa ainda mais suja. Na prática, falam em fazer o que promotores estaduais e federais deveriam já ter feito. Não uma simples verificação de quem é ou não radialista ou jornalista. Mas indo desde a locação de horário, de onde sai o dinheiro do pagamento, quanto é e, principalmente, qual a fonte pagadora das "equipes". Ainda, se os membros de equipes são funcionários dos locadores de horários ou quem, de fato, os paga". Avelino Neto

FALA POVO II - "Esses políticos vão mesmo é acertar um tiro no pé, só para tentar derrubar o Bernal. Esqueceram que existem muitos outros políticos, médicos, deputados que têm programa na TV". Solange Aparecida Gaite

Radialistas e suas relações perigosas
RELAÇÕES PERIGOSAS – O apresentador e agora vereador eleito Lucas de Lima emposta a voz na sua porção de conselheiro matrimonial. No programa noturno...
Profissionais de rádio se aventuram na internet
RÁDIO PRA QUEM QUISER – Amor ao rádio provoca mudança de tratamento no segmento; profissionais fora do escasso mercado radiofônico local ‘fundam’ as ...
Horário engessado limita noticiário de emissora
PLANO DE VOO – Segunda-feira, às 4h10, o ‘Plantão da Globo’ anuncia a queda do avião com a delegação do Chapecoense. Um minuto após, volta a exibição...
Crise afeta dízimo e vida de TVs de evangélicos
MILAGRE ECONÔMICO – Com a crise econômica nos últimos anos, os fiéis de igrejas evangélicas sumiram dos templos e murchou a principal fonte de pagame...



Agradeço o elogio a meu respeito, mas só não concordo com a crítica sobre o Ramão Cabreira. Na minha avaliação é um dos grande narradores do Estado, além de ser um cara do bem. Nota dez como profissional e dez com louvor como pessoa.
 
Antonio Neres em 07/12/2013 12:23:36
Opa, obrigado pela audiência Romualdo Mendes Anastasia, disse bem. A Rádio Difusora pendurou na Grande FM por motivos que eu desconheço, então somente a Rádio Capital AM esteve em Costa Rica e a transmissão foi com exclusividade para Campo Grande. Concordo com você o Antonio Neres, da Grande FM é disparado o melhor narrador do Estado e não vejo ninguém que possa se aproximar dele, já esteve em 5 Copas do Mundo, credenciado pela Rádio Globo de São Paulo. Obrigado pelo toque vou com certeza procurar melhorar. E mais uma vez obrigado, para fazer um comentário crítico como este, é porque me ouviu os noventa minutos. Grande abraço.
 
Ramão Duarte Cabreira em 20/11/2013 09:49:12
Reinaldo, gostaria que você como observador das FM e TV, você pode me dizer porque existe ou existem um "POOL" das FM, é muito complicado pegar um trânsito congestionado e longossssssssssssssss comerciaisssssssssss....duro, duro... Outra coisa tá na hora das TVs locais melhorarem os telejornais né... No feriado de sexta, assisti os jornais da MSRECORD e o MSTV difícil saber quem estava pior.....
 
gilberto da silva em 19/11/2013 20:03:41
Final da Serie B do estadual, a guerra entre as radios que militam na área chegou ao fim,estive acompanhando as transmissões das emissoras, a Difusora não foi,folga total para equipe, que s pendurou na Grande FM de Dourados, num troca troca de favor. Agora vem cá fãs desta coluna, quem disse para esse Ramão Cabreira que ele é narrador esportivo heim? horrível a narração dele.O narrador da Grande Fm, o colocou no chinelo. para com isso seu Ramão Cabreira. ou então aprende fazer, o ouvido dos ouvintes não aguenta você não.
 
Romualdo mendes anastasia em 18/11/2013 19:28:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions