A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


03/06/2016 17:44

Picarelli abre alas para quem prioriza qualidade

Reinaldo Rosa

APOCALIPSE – A saída do ‘Picarelli e Você’ foi motivada para “dar uniformidade à programação da rede Record”, conforme informado à coluna. Sair de cena com o arquivamento do ‘Cidade Alerta’ teve contorno de razões pessoais, familiares e empenho maior na atuação parlamentar.

NO PONTO – Os programas comandados pelo deputado-apresentador tinham público alvo definido e de pouca – ou nenhuma – exigência na qualidade de produção. Auxiliares ajudavam Maurício Picarelli cochichando aos seus ouvidos a próxima atração.

QUEM QUER DINHEIRO – Programas do “deputado Picarelli” – como era definido pelos repórteres a cada início de matéria – sempre foram campeões de audiência comercial. Disputado por emissoras de rádio e retransmissoras de televisão, o manteve no ar por longos períodos. Em tempos de crise econômica nacional, a debacle foi sentida.

COMADRES E AMIGOS – A falta de compromisso com a qualidade de produção nunca influenciou na maior – ou menor – sintonia por parte de fieis ouvintes ou telespectadores. Um fantoche com cocar de índio Apache americano era aberração solenemente deglutida. Caiuás não concordam com tal discriminação.

A CONFERIR – Em matéria do ‘Lado B’, deste Campo Grande News, o apresentador não conseguiu esconder o desapontamento pela rifa do ‘Picarelli e Você’, no horário do almoço pela Rede MS. A atração substituta chafurda na qualidade jornalística e o faturamento comercial é pífio em comparação com o anterior.

HORA E VEZ – Mexida na programação da retransmissora local da rede Record abre maior espaço para Marcelo Rezende e o original ‘Cidade Alerta’. Espetáculo popularesco com acontecimentos de São Paulo, Rio de Janeiro e de outras localidades invade o vácuo deixado por Maurício Picarelli.

ATÉ QUANDO – O também popularesco ‘Brasil Urgente’ regional bisa a falta de compromisso com a qualidade e consideração ao telespectador. Pontualmente às 18h45 acontecimentos em nível nacional da programação são abruptamente cortados para dar vez ao ‘Jornal Guanandi’. Falta combinar om a matriz. Simples assim.

SOU, E DAÍ – Com produção e finalidades discutíveis o resultado era de audiência marcante. O apresentador sai de cena pela porta da frente da comunicação de MS e mostrará seus resultados na urna sem a inestimável sintonia de comadres e amigos que aprenderam a ler antes de assinar.

Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...
TV e federação também bagunçam o futebol local
ISTO É PLANEJAMENTO – Cronista esportivo informa a próxima rodada do campeonato sul-mato-grossense de futebol: “...caso não haja alterações durante a...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions