A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


21/12/2012 07:55

Pobre programação caseira

Reinaldo Rosa

JUSTICEIRO DO CERRADO – No mundo do "nada se cria", em Mato Grosso do Sul, é cada vez maior a cópia de programas que dão certo em outras praças. O MS Urgente, substrato do Brasil Urgente, da Band, não tem nada de novo em relação ao original ou aos demais concorrentes locais no mesmo horário.

Veja Mais
Profissionais de rádio se aventuram na internet
Horário engessado limita noticiário de emissora

MOMENTO GOLDSCHMIDT – O anúncio veiculado em jornal da capital, mostra a figura do apresentador bem ao estilo José Luiz Datena – o original. Com destaque que, a priori, não fazem parte do dia a dia de jornalistas, a principal frase da peça publicitária parece que foi criada a partir de rompantes de Wagner Montes. Sem contar o tira-e-põe caneta no bolso.

LIÇÃO DE CASA – Num programa que veicula crimes passionais, tráfico de drogas, revoltas em presídios, mortes no trânsito e outras notícias do gênero, abre-se a discussão para validade – ou não – de participação de crianças, ao vivo, no dito cujo. O Povo na TV não é a melhor escola para os baixinhos da cidade. Silvio Santos faz isso na medida – e hora – certa.

OLHOS ABERTOS – É preocupante a notícia dada pelo próprio apresentador Tatá Marques sobre propalada liderança, no Ibope, entre programas idênticos na hora do almoço. Utilizando-se de pauta que repercute o lado baixo astral do Estado, mostra a pobreza da educação que muitos políticos juram ser o cerne do futuro de um país.

IMAGEM É TUDO – Sem contar o cenário que mais parece loja de R$ 1,99.

É GRAVE, DOUTOR? – No seu momento de avental branco, vereador Paulo Siuffi encara a profissão de médico, em um espaço de 25 minutos na TV Campo Grande. Ocupou o lugar do primo que havia iniciado tal prática sob os refletores da repetidora do SBT, e não se conhece eficácia nem resultados práticos obtidos por quem consultou por meio do Médico da Família.

SEM RESERVAS – Repetidoras regionais de redes de TV (exceto TV Morena) abrem horários regiamente cobrados para que grupo de portadores de mandato exerça a função de jornalistas à frente de seus programas. Por mascarar intenções político-eleitorais, não seria o caso de questionamentos por parte do Sindicato dos Jornalistas do MS? Perguntar não ofende.

DUELO DE TITÃS – TV Brasil Pantanal e SBT MS colocam no ar seus noticiosos, quase no mesmo horário: 18 horas e 18h05min, respectivamente. Não há como não fazer opção por um ou por outro. É uma forma de fugirem da concorrência do MSTV 2ª Edição, da TV Morena. TV Guanandi, afiliada da Band, desistiu com seus curtos boletins.

PORQUE É SÁBADO – Já se tornou mania; sábado todo mundo samba pela FM 91.5 e o Mistura Brasileira, do Cachopa, imbatível no horário. Outros comunicadores deste gênero musical poderiam aparecer; é audiência certa e, com o tempo (muito), futuros programas análogos se tornariam rentáveis mercadologicamente.

CUSPIU PRA CIMA - Dani Calabresa, em programas passados da MTV, disse que “a Band é o lugar onde todos os VJs vão antes de morrer” e, agora, é a mais nova contratada da emissora dos Saad. A partir de março fará parte do CQC, que, depois de muitas polêmicas, passa a ter transmissão gravada.

Dominguinhos tem cancelada parte de agenda de showsDominguinhos tem cancelada parte de agenda de shows

A QUEM INTERESSAR - Do dia 3 ao dia 18, Globo, Record, SBT, Band e RedeTV! dedicaram juntas quase 100 horas ao time do Corinthians, o que daria uma média de 6,2 horas diárias. O número vem de um levantamento da Controle da Concorrência, empresa que monitora inserções comerciais para o mercado. Segundo o levantamento, a Band foi a que mais deu espaço: 39 horas em dezembro. Não foi só a Globo que encheu com o assunto. Com informações de Keila Gimenez.

DÉJÀ VU GLOBAL - Praias paradisíacas, mulheres lindas, casais rolando nas dunas de areia. A Globo pretende repetir em Flor do Caribe, próxima novela das 18h, a receita de Tropicaliente de 1994, de sucesso discutível. O autor Walter Negrão mostra que, realmente, faltam novos argumentos para futuras produções novelísticas. Trocam as paisagens cearenses pelas do Rio Grande do Norte. De resto, é a lesma lerda.

CORRENTE POSITIVA - Dominguinhos está sedado e respira com ajuda de aparelhos. Músico, que sofre de câncer de pulmão, está internado desde o dia 17. O sanfoneiro luta há seis anos contra um câncer de pulmão, que mantém-se estável e respondendo bem às drogas, além de doenças associadas, como insuficiência ventricular, arritmia cardíaca e diabetes. O tratamento ocorre entre Recife e São Paulo, devido a agenda de shows do artista.

Profissionais de rádio se aventuram na internet
RÁDIO PRA QUEM QUISER – Amor ao rádio provoca mudança de tratamento no segmento; profissionais fora do escasso mercado radiofônico local ‘fundam’ as ...
Horário engessado limita noticiário de emissora
PLANO DE VOO – Segunda-feira, às 4h10, o ‘Plantão da Globo’ anuncia a queda do avião com a delegação do Chapecoense. Um minuto após, volta a exibição...
Crise afeta dízimo e vida de TVs de evangélicos
MILAGRE ECONÔMICO – Com a crise econômica nos últimos anos, os fiéis de igrejas evangélicas sumiram dos templos e murchou a principal fonte de pagame...
Jornalismo local está cada vez mais nas redes sociais
ASSISTINDO AGORA – Uma semana do novo ‘Tribuna Livre’, na Capital FM, com transmissão, também pelo Youtube. A novidade ainda não empolgou a linha de ...



Companheiro, a televisão aberta não tem qualidade a muito tempo, mas também ninguém é obrigado a assisti-la, hoje temos o Youtube, Netflix, dentre outros meios, nos quais quem tem acesso a internet monta sua programação, direcionando para o que tem interesse.
Quanto a qualidade dos programas infelizmente MS sofre com um problema grave de qualidade em termos de produção (cenario, audio, etc. . . ) e também com o pior de todos os problemas, o CONTEÚDO, que aqui sem sombra de dúvidas em alguns dias é insuportável a tv local.
Cabe as pessoas também filtrar um pouquinho do que vai assistir e ver até que ponto realmente vale a pena ficar em frente a TV, por varias e varias vezes é muito mais produtivo você ir para a internet e montar tua programação.
 
Saul Hudson em 23/12/2012 21:17:39
Siuffi um gatuno de gravata e medico da familia, certamente so da familia dele.
 
Natanael D. Barros em 23/12/2012 18:42:34
Não concordo com o colunista, a tv aberta é isso ai? tem quem goste do Tata, do MS Urgente, do Picarelli e até da sua coluna. Somo obrigados a engolir novelas que ensinam nossas crianças a torcer pro amante ao inves do marido, que vendem imagem de que pra vencer na vida tem que sacanear. Temos telejornais que omitem informações e outros que distorcem. Existe espaço para todos Reinaldo, discordo com suas palavras, a programação local é carente dos grandes recursos que as grande redes possuem, equipes, equipamentos. Qual a diferença entre o Picarelli e o Calderão? nenhuma os dois usam a desgraça alheia para ter audiëncia. So mudam as proporções.. Pense nisso e seja mais justo.
 
marcos paulo em 22/12/2012 20:03:04
Concordo com você plenamente, e o duro de tudo isto é que os documentários de interesse passam em horário ruim, muito tarde, e a gente que precisa levantar cedo não aguenta rsrsrs, o pior é que quando não passa novela, vem aquela programação da globo que é a maior aberração, humor mais sem graça, e como que você segura um adolecente em casa para ver um filme, chega o domingo acaba o esporte não presta mais nada, passa aquela vovo zona 500, repetido mais de 1000 vezes, o arnaldo e suas negas rsrsrs, os caras que fazem a programação parece que gosta de sacanear mesmo, porque eles não vêem tv, só se for canal fechado
 
Juracy Ribeiro em 21/12/2012 16:14:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions