A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


16/03/2016 11:06

Profeta do caos deleta amigos da onça em delação

Reinaldo Rosa
Rodrigo Hilbert e Fernanda Lima (Foto: Reprodução)Rodrigo Hilbert e Fernanda Lima (Foto: Reprodução)

MIOPIA – Imagens transmitidas na Globo News – em flash sobre passeata do dia 13, em Campo Grande – deixaram a desejar. A escolha da sacada de um apartamento na Avenida Afonso Pena não foi das melhores; ângulo escolhido por Cláudia Gaigher e equipe não mostrou a real magnitude do evento.

Veja Mais
Horário engessado limita noticiário de emissora
Crise afeta dízimo e vida de TVs de evangélicos

FROM CIDADE MORENA – Alci Costa, ex-TV Morena e agências de publicidade de Campo Grande, transferiu-se para a cidade de Sorocaba (SP) há, aproximadamente, dez anos. Com sua produtora ‘Horsebrasil’ exibe a realidade equestre nacional em vários canais de televisão do país, em parceria com o jornalista Hermano Henning.

NO VENTILADOR – ‘Não foi bem assim’ encaixa-se no blá blá blá recente do senador Delcídio do Amaral, frente à imprensa de Mato Grosso do Sul. Na escrita, falada e televisada deitou falação em desmentidos sobre matérias veiculadas nacionalmente.

AGORA É OFICIAL – Com a delação premiada homologada pelo ministro do STF, Teori Zavascki, o senador mostrou o quanto de falácia havia nas declarações. Acusa a todos e não informa o que de benefício próprio resultaram suas nebulosas ações.

MEIO A MEIO – Homologação da delação de Delcídio tornaram os telejornais das retransmissoras mais empolgantes A lamentar apenas a falta de análises mais profundas sobre os capítulos destinados a atuantes dirigentes da classe política local.

EXPECTATIVA – É certo o crescimento de audiência, hoje, do ‘Noticidade’, na FM Cidade, de Campo Grande.
NO RÁDIO – Na FM 94, de Dourados, apenas o noticiário policial tem editoria mais ‘quente’. A teoria da conspiração delcidiana tem enfoque de mero repasse de informações. No tocante ao governo estadual, as notas são trivialidades de sempre.

CTRL C – A mistura de programação de rádio com ideais pessoais-políticos marca presença no dia a dia do radialista Marçal Filho, em Dourados. Em sua campanha fora de época, o eterno candidato a algum posto eletivo não dá tréguas à administração municipal.

FURO – “A matança de um filhote de ovelha em seu programa no canal GNT repercute negativamente na carreira de Rodrigo Hilbert. Anunciantes que vinham negociando a contratação do ator alegam que o "momento não é adequado" para tê-lo como garoto propaganda. É quase certo que sua mulher, a apresentadora Fernanda Lima, também seja afetada pelo abate do animal pelas mãos do marido”, segundo Ricardo Feltrin, no Uol.

PERDA - O Rádio esportivo está triste. Morreu Carlos Vicente de Almeida, o Carlinhos Jacaré. O mais antigo técnico de transmissão do Rádio Esportivo de Mato Grosso do Sul. Rádio Educação Rural, Difusora, Cultura Educativa foram emissoras constantes de seu vasto currículo profissional.

AQUELE ABRAÇO – Ao correto Edson Moraes pelo seu aniversário.

Horário engessado limita noticiário de emissora
PLANO DE VOO – Segunda-feira, às 4h10, o ‘Plantão da Globo’ anuncia a queda do avião com a delegação do Chapecoense. Um minuto após, volta a exibição...
Crise afeta dízimo e vida de TVs de evangélicos
MILAGRE ECONÔMICO – Com a crise econômica nos últimos anos, os fiéis de igrejas evangélicas sumiram dos templos e murchou a principal fonte de pagame...
Jornalismo local está cada vez mais nas redes sociais
ASSISTINDO AGORA – Uma semana do novo ‘Tribuna Livre’, na Capital FM, com transmissão, também pelo Youtube. A novidade ainda não empolgou a linha de ...
Rádios locais praticamente ignoram produção premiada
FAMOSO QUEM – Almir Sater e Renato Teixeira estão incluídos em pequeno nicho de emissoras de Mato Grosso do Sul que executam suas músicas na programa...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions