A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


15/08/2016 13:35

Segunda-feira de operação especial na pauta da imprensa

Reinaldo Rosa

CÓPIA AOS INTERESSADOS – Apresentador de noticioso radiofônico opinou que “não vamos partidarizar a medida (nº tal) que ela é uma iniciativa do governo Dilma” e tirou da reta a bancada federal de MS. Partidarizar opinião em favor do patrão pode.

Veja Mais
Radialistas e suas relações perigosas
Profissionais de rádio se aventuram na internet

PAPA POP – Segundo fontes, veio de cima a ordem para tornar o ‘MTV1’ mais leve e solto, digamos assim. Três meses de perdas no Ibope para noticiosos popularescos da hora do almoço incomodavam a gerência baseada em Cuiabá.

POVO NA TV A CAUSA – Guardadas as devidas proporções e questionamentos qualitativos, ‘O Povo na TV’, no SBT/MS era o grande vilão. Há informação de que a troca de mentalidade do informativo da TV Morena deu resultado. 

PLIM PLIM – A, sempre, rica produção do ‘plim plim’ veiculado na rede Gobo é o anúncio de nova programação (em pleno segundo semestre). ‘Nova’ até onde se possa considerar uma grade em que o bloco de novelas, seguido de ‘Jornal Nacional’ e ‘Jornal da Globo’ se manterão intactos. 

UMA BRASTEMP – Jô Soares optou por sair de cena a ter de repetir contrato dos sonhos (receber sem trabalhar) como aconteceu com Chico Anísio e é mantido com Cid Moreira. Com a pobre designação de ‘Ad Night’, o talk show de Marcelo Adnet chega com a missão de atrapalhar audiência do ‘The Noite’, no SBT. 

NA FRENTE – Notícias desta manhã –via rádio e sites- envolvendo prisão do vice-prefeito afastado, Gilmar Olarte, mostram mobilismo das TVs regionais. Foi pífia a abordagem de fato tão importante para a região.

PADRÃO FIFA - E a qualidade dos mandatários campo-grandenses foi realçada às vésperas de campanhas municipais.

QUEM TEM PÕE – A campanha eleitoral, via rádio e televisão, entra no ar nesta semana com suas expectativas de moderação em criação publicitária. Sem doação de empresas, candidatos mais pobres terão de comer nas mãos de coligações mais endinheiradas, digamos assim.

QUEM NÃO TEM, TIRACandidatos –ou cabos eleitorais de luxo- já sabem que a gastança de sola de sapato será uma das grandes dificuldades que terão de enfrentar. E/ou tirar votos de atuais profissionais com mandatos, expondo ao eleitor suas ‘vicissitudes’.

FAQUEIRO – Qualidade Tramontina, atletas brasileiros colecionam medalhas de prata na ‘Rio 2016’. Somos todos olímpicos.

Radialistas e suas relações perigosas
RELAÇÕES PERIGOSAS – O apresentador e agora vereador eleito Lucas de Lima emposta a voz na sua porção de conselheiro matrimonial. No programa noturno...
Profissionais de rádio se aventuram na internet
RÁDIO PRA QUEM QUISER – Amor ao rádio provoca mudança de tratamento no segmento; profissionais fora do escasso mercado radiofônico local ‘fundam’ as ...
Horário engessado limita noticiário de emissora
PLANO DE VOO – Segunda-feira, às 4h10, o ‘Plantão da Globo’ anuncia a queda do avião com a delegação do Chapecoense. Um minuto após, volta a exibição...
Crise afeta dízimo e vida de TVs de evangélicos
MILAGRE ECONÔMICO – Com a crise econômica nos últimos anos, os fiéis de igrejas evangélicas sumiram dos templos e murchou a principal fonte de pagame...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions