A notícia da terra a um clique de você.
 
06/08/2014 09:34

18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush

Mário Sérgio Lorenzetto
18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush

18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush

Veja Mais
Prefeituras iniciam decretos de calamidade financeira
O ronco da barriga é o fator decisivo

Sem dúvida, vale a pena, no cenário polarizado da política, conhecer em detalhes a história de como o governo tucano, já no fim, deu apoio aos petistas para afastar em Washington e em Wall Street a imagem de incendiário colada ao recém-eleito Lula. Além de espírito público, tratava-se de evitar colapso financeiro que afundaria a economia brasileira e, com ela, o legado de estabilização econômica pelo qual FHC esperava marcar sua passagem pelo Planalto.

A partir de sólida pesquisa acadêmica em documentos de arquivos oficiais e privados no Brasil e nos EUA. Matias Spektor traz revelações que explicam opções de política externa nos governos FHC e Lula.

O livro de Spektor que tem como título 18 Dias - Quando FHC e Lula se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush, seleciona momentos-chave no período que vai desde o anúncio da vitória de Lula nas eleições de 2002 ao encontro dele, ainda não empossado, com o presidente norte americano, em dezembro daquele ano. Também narra como FHC rejeitou proposta de Bush para integrar o G-7 e adotou uma linha de resistência defensiva em relação aos EUA. Interessante leitura e atitude exemplar.

18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush
18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush

O que preocupa mesmo a Petrobras são os ADRs e as análises do mercado financeiro

O mercado financeiro não considera as denúncias do período eleitoral que envolvem a Petrobras. Essa questão pertence exclusivamente ao mundo dos políticos. O que preocupa são as possíveis variações dos ADRs.

Os ADRs - American Depositary Receipt - são os certificados de depósito emitidos por bancos norte americanos, que representam ações de empresas sediadas fora dos Estados Unidos, que é o caso da Petrobras. Em resumo, são ações, papéis bancários, investimento de dinheiro de norte-americanos em empresas que têm sede fora daquele país.

Morgan Stanley, uma das maiores empresas do mercado financeiro acaba de apresentar um extenso relatório em que prevê a possibilidade dos atuais níveis de intervenção no setor de óleo e gás, e mantida a defasagem de preços dos combustíveis na faixa de 10%, derrubaria os preços dos ADRs da Petrobras para US$10 ante os atuais US$17,62 que eram válidos no fim de julho. Levaria a Petrobras a um estado de imensas dificuldades financeiras. Alguns analistas chegam a anunciar, nesse quadro, a incapacidade da empresa de pagar seus compromissos.

Também analisa o inverso. Caso termine a intervenção, os preços dos combustíveis sejam reajustados e a companhia consiga atingir suas metas de produção, as ações poderiam subir para US$28,8.

18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush
18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush

Existe um porto seguro para os profissionais da imprensa escrita?

O Central Park em Nova York é o quadrilátero mais famoso do mundo. O verde, em uma cidade ocupada quase exclusivamente por pedras dos arranha-céus, cria um oásis para os sentidos de quem visita. O abismo da riqueza e má distribuição de rendas estão explicitados em suas redondezas. Em uma ponta do Central Park residem uma grande parcela da rica população judaica dos Estados Unidos e na outra ponta fica o Harlem e El Barrio. O primeiro, mais famoso culturalmente, de maioria negra e o El Barrio, atualmente sendo paulatinamente ocupado por mexicanos. Antigamente, o El Barrio era uma região ocupada apenas por porto-riquenhos.

Durante horas, percorrendo os dois bairros nova-iorquinos, não foi encontrado um único jornal impresso para ser adquirido. Outras tantas horas e quadras no centro da ainda “capital do mundo”, oito caixas de vendas de jornal foram encontradas. Sete dessas caixas contendo jornais de outros países: espanhol, francês, inglês, asiático, russo e árabes. Apenas uma caixa com o New York Times. São as antigas caixas de venda de jornais pagos com moedas.

18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush

É um trabalho estafante adquirir um jornal-papel na capital do mundo

Se as notícias são de difícil vendagem na antiga plataforma de papel, elas são majoritariamente acessadas pelos celulares. Esses aparelhos ocuparam as mãos e olhos das pessoas. É difícil encontrar alguém que não esteja conectado e com os pensamentos comandados por suas informações.

Ainda em Nova York. Nessa cidade vive um dinossauro em seus subterrâneos, o mais feio e lúgubre metrô do mundo. Em seus vagões trafegam milhares de pessoas a cada minuto. Algo entre 80% a 90% dos usuários do metrô navegam na internet enquanto são levados de um lado a outro da cidade.

A decadência do jornal papel é do conhecimento de todos. Mas a velocidade de sua decadência é algo admirável. Para onde irão os profissionais do jornalismo escrito? Existirão veículos de comunicação que serão referências na internet? Ou uma plêiade de sites contendo notícias por áreas do pensamento humano tomarão conta do interesse dos leitores? Somente as especificidades do mundo esportivo, econômico-financeiro, político e cultural dominarão o cenário jornalístico?

18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush
18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush

Golden Hello

O povo brasileiro se orgulha de ser hospitaleiro, de bem receber a todos (menos bolivianos, haitianos e ganeses). Todavia nossa hospitalidade se resume a gestos e palavras corteses. Surpreende mesmo são as boas vindas dadas pela Apple para Angela Ahrrendt. Está sendo chamada de "Golden Hello", boas vindas de ouro, pagaram para Ahrrendt nada menos que R$ 84 milhões para ela ocupar o cargo de vice-presidente - só por aceitar o cargo. Receberá em ações em vários anos e também está sendo entendido como a forma de garantir sua lealdade.

Se já era surpreendente alguns diretores receberem indenizações milionárias ao sair de uma empresa, muito mais raro é pagar a alguém antes de trabalhar. Esta é a última moda entre as empresas de tecnologia para atrair talentos.

18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush
18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush

O paradoxo moderno da elegância

Há um paradoxo no entendimento da elegância. Seu amplo conceito reduziu-se ao de aparência física. Nunca vivemos uma pressão tão grande como a atual nesse sentido. A preocupação com a estampa deixou de ser seara das mulheres, infiltrando-se no ambiente masculino de forma sorrateira e intensa. Personal trainers, personal stylists, consultores de imagem e consultores de etiqueta. Há uma lista de "assessores e consultores" para preservar ou alavancar a beleza. As neuras do eternamente jovem passaram a dominar.

Porém, não se surpreenda, a consistência da elegância não está no terno de marca de luxo ou na bolsa em harmonia com o sapato de salto. Está na sua ação cotidiana com todos os que lhe cercam. Cumprimentos verdadeiros e não apenas rituais estão em franco desaparecimento. Quantas vezes você acompanha até a porta as pessoas que não são tão importantes? Quantas vezes alguém compartilhou um problema e você se interessou em saber como eles foram encaminhados? Mais do que estar com a roupa certa e com o peso correto ser verdadeiramente gentil faz, de fato, diferença na vida.

18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush
18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush

A partir do 50 anos, mais difícil empreender

O espírito empreendedor diminui à medida que a idade avança, segundo pesquisa realizada por Amway. E está perda de impulso é muito maior entre espanhóis que entre os demais europeus. Somente um em cada dois espanhóis vê com bons olhos o denominado auto-emprego; frente a 61% da média europeia. O grande fator é o medo do fracasso e a falta de tempo para recuperar-se dele. Está é a principal barreira para 75% dos maiores de 50 anos.

18 Dias - Quando Lula e FHC se Uniram para Conquistar o Apoio de Bush



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.