A notícia da terra a um clique de você.
 
29/03/2015 09:04

A vida na época medieval era tão diferente da que temos no século XXI?

Thereza Motta

A vida na época medieval era tão diferente da que temos no século XXI? Os medos, as bebedeiras e as danças.

Veja Mais
Prefeituras iniciam decretos de calamidade financeira
O ronco da barriga é o fator decisivo

O cotidiano das pessoas na época medieval era principalmente carregado de medo. Medo de criminosos, especialmente nos bairros mais distantes das grandes cidades e na zona rural. Bandos de jovens tomavam de assalto (arrastões) as residências. Roubavam tudo e estupravam as moças. Medo de grandes animais. Lobos e ursos aterrorizavam as populações das pequenas cidades e as fazendas. Os lobos foram extintos e os ursos estão próximos da extinção na Europa. Recentemente ocorreu mais uma feroz caçada aos raros ursos existentes nas fazendas francesas. Só pararam de matá-los quando a guarda florestal prendeu alguns fazendeiros. Uma luta entre humanos e grandes animais que se trava até a atualidade. No pantanal o medo às onças virou ódio. Os fazendeiros as matam assim que surgem e não existem prisões para os proprietários de terras.

Mas a vida medieval não era constituída apenas de medos. A vida era uma festa! Existiam festas para tudo. Festa do santo padroeiro, festa do promotor da festa, festa do bairro, festa da região, festa do rei, festa do conde, festa do duque....Um número infindável de festas. Bebiam e dançavam muito nos bares entre as últimas horas da tarde e o início da noite. Como não existia iluminação pública, temiam andar nas ruas durante as primeiras horas da noite. Iam para suas casas, tomavam uma refeição frugal e deitavam. Espantem-se. Acordavam por volta de 23 horas e voltavam para os bares para mais uma sessão de música e bebedeira. É claro que levantavam por volta das 09 horas do dia seguinte.

Há muito em comum na vida dos jovens medievais e a que os nossos jovens levam no século XXI. Entendendo esse estudo um jovem de 19 anos criou o "Medieval Reactions". Cathal Berragan, estudante da Universidade de Warwich (Inglaterra) criou uma conta no Twiter e em apenas 10 dias já contava com 200.000 seguidores. Berragan virou uma celebridade. Deu entrevistas para todo jornalismo europeu e norte americano. Ele uniu imagens medievais, principalmente iluminuras tiradas de manuscritos com frases comuns de jovens bebendo ou dançando. são imagens ligadas à cultura das bebedeiras dos europeus, mas que em quase nada diferem das bebedeiras dos brasileiros.

A vida na época medieval era tão diferente da que temos no século XXI?
A vida na época medieval era tão diferente da que temos no século XXI?



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.