A notícia da terra a um clique de você.
 
07/06/2014 07:58

Agricultores aplaudem novo Plano Safra, mas isso não significa votar em Dilma

Mário Sérgio Lorenzetto
Agricultores aplaudem novo Plano Safra, mas isso não significa votar em Dilma

Todos aplaudem o novo Plano Safra, mas não garantem o voto em Dilma

Veja Mais
Os governantes que ouvem os cidadãos
Prefeituras iniciam decretos de calamidade financeira

Não restam dúvidas de que o Plano Safra 2014/2015 é o mais importante instrumento de política agrícola do país. Ele está sendo celebrado pelos agricultores que têm mais recursos e taxas de juros consideradas atraentes. Dilma ressaltou o diálogo com o setor durante a construção do plano. Ela tentará reforçar esse diálogo neste fim de semana, quando receberá parlamentares ruralistas em jantar no Palácio da Alvorada.

De maneira geral, a elevação do volume de recursos destinados para o Plano Safra não destoou do padrão das últimas safras. Ao todo, o Plano Safra destinará R$ 156 bilhões em crédito rural para a agricultura empresarial, 14,7% mais que no anterior.

Aliada de Dilma, a presidente da CNA (Confederação da Agricultura), senadora Kátia Abreu (PMDB – TO), avaliou positivamente o plano. Segundo a senadora, praticamente todos os itens e solicitações da CNA foram contemplados.

E foram mesmo. O avanço no crédito rural é muito elevado no governo Dilma. Mas a morosidade e clara falta de vontade do Ministério da Justiça na resolução dos conflitos entre fazendeiros e índios promete retirar parcela substancial dos possíveis apoios eleitorais que o Plano Safra trariam.

As valas estão se abrindo. Se a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) é o comitê eleitoral do PT, a Famasul ( Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) pelo menos na chegada do candidato Aécio Neves, se tornou a casa do PSDB. Lugar de trabalhador é na Fetems e PT? Lugar de patrão é na Famasul e PSDB? A iconografia muitas vezes mostra mais que os discursos.

Agricultores aplaudem novo Plano Safra, mas isso não significa votar em Dilma
Agricultores aplaudem novo Plano Safra, mas isso não significa votar em Dilma

Um sanduíche para concorrer com o “melhor sanduíche do mundo”

A propaganda do sanduíche do curitibano Madero diz que é o melhor do mundo. E é mesmo! Tanto conseguiu que está abrindo 20 novas lojas em São Paulo. Além do sanduíche, há uma variedade de excelentes carnes. Vai concorrer com os conhecidos Mac Donald´s e com o Outback. Não existem notícias de sua vinda para Campo Grande.

Para lutar pela primazia de “melhor sanduíche do mundo” existe uma rede desses alimentos nos Estados Unidos – Shake Shack. Essa rede ainda que não goze de fama entre os brasileiros já tem 10 anos. Construiu sua fama usando ingredientes exclusivamente de origem orgânica, sem o uso de pesticidas e congêneres. Atende aos dois públicos mais exigentes – carnívoros com carnes de vacas Angus criadas com alimentação especial e também os vegetarianos.

Existem várias lojas em Nova York, Pensilvânia, Flórida, Washington e New Jersey. Fora dos Estados Unidos, está presente em Londres, Istambul, Moscou, Dubai, Doha e Kuwait. O sanduíche tem condições de concorrer com o do Madero, mas é um pouco mais gorduroso.

Essa rede de franquias vende tanto, que fechou uma das melhores vinícolas de Napa Valley para produzir, exclusivamente, seus melhores vinhos para ela. O mesmo aconteceu com a melhor cervejaria de Nova York – agora só trabalha para o Shake Shack. O conselho é chegar depois das 21 horas para não suportar uma fila com mais de 200 pessoas. Os preços são bons, concorrem em igualdade de condições com qualquer outro fast food.

Agricultores aplaudem novo Plano Safra, mas isso não significa votar em Dilma
Agricultores aplaudem novo Plano Safra, mas isso não significa votar em Dilma

E o sexo foi para o museu

O número de pessoas interessadas em manter relações sexuais no mundo real decresce. Os estudos demonstram que 45% das jovens mulheres japonesas não se interessam pelo assunto e 25% dos jovens da mesma nacionalidade seguem o mesmo caminho. Números que preocupam os governantes. As taxas de natalidade decaem em todos os países ricos e também nos não tão ricos.

O sexo é um tema tão esquecido nos últimos anos que surgiu até um museu para contar como era doce o tempo de sexo pleno. É o MoSEX – Museum of Sex (Museu do Sexo). Fica localizado na 233 5th Ave em Nova York.

Os organizadores do museu entendem que tem por missão preservar e apresentar a história e a evolução do significado da sexualidade humana. Nos tempos de dedicação total e irrestrita ao trabalho estamos esquecendo do sexo?

Agricultores aplaudem novo Plano Safra, mas isso não significa votar em Dilma
Agricultores aplaudem novo Plano Safra, mas isso não significa votar em Dilma

Alunos de medicina terão que estagiar no SUS e fazer prova bienal

O MEC (Ministério da Educação) deu prazo de um ano para a implementação das novas diretrizes curriculares aos cursos de medicina. Entre as exigências estão a reserva de 30% da carga horária do internato para a prestação de serviços ao SUS (Sistema Único de Saúde) nos setores de urgência e emergência, além da atenção básica. Os estudantes ainda serão submetidos a uma prova a cada dois anos.

As mudanças constam no parecer do Conselho Nacional de Educação, que foi homologado ontem pelo ministro da Educação Henrique Paim. As exigências valem para as turmas abertas após a data de hoje. Os estudantes que já estão matriculados podem optar por concluir o curso sem seguir as regras definidas pelo conselho.

Já os exames bienais, que serão exigidos a partir de 2016, têm como objetivo comprovar o conhecimento adquirido no curso. O resultado será classificatório para o ingresso na residência. Foi definido, ainda, que a partir de 2019, o número de vagas de residência médica será ser equivalente à quantidade de estudantes egressos do curso no ano anterior. Ou seja, serão necessárias mais bolsas e, talvez, só talvez, menos cubanos.

Agricultores aplaudem novo Plano Safra, mas isso não significa votar em Dilma



O colunista esquece que "patrão" também é trabalhador e que esta divisão entre trabalhador e empregador, índio e não índio, burguesia e proletariado faz parte de uma ideologia viciada e ultrapassada.
 
Mônica A C C da Silva em 07/06/2014 10:26:43
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.