A notícia da terra a um clique de você.
 
18/04/2015 14:20

Com o projeto sobre a terceirização no Brasil o PT saiu do coma

Mário Sérgio Lorenzetto
Com o projeto sobre a terceirização no Brasil o PT saiu do coma

O PT saiu do coma.

Veja Mais
O Brasil voltou aos mesmos ideais de 1920
Os governantes que ouvem os cidadãos

Quem já não leu ou ouviu falar que uma pessoa está em coma? Esse termo é muito utilizado na imprensa e, às vezes, leva a conclusões precipitadas. Em termos simples - o coma é uma redução do nível de consciência, estando o paciente incapaz de interagir ou reagir adequadamente com o meio externo. Há vários graus de coma. Para avaliar a profundidade do coma usam a "escala de Glasgow", onde são levados em conta a resposta verbal, motora, abertura dos olhos aos chamados e a dor. São feitos testes simples para observar como o paciente reage a certos estímulos, como dor ou sons. A "escala do coma de Glasgow" avalia o grau de consciência do indivíduo. A classificação varia de 3 a 15 pontos. A pontuação mínima de 3 pontos é dada quando o paciente não responde a nenhum estímulo (coma profundo). A máxima, de 15 pontos, é dada para pessoas normais que não estão com o seu estado de consciência afetado.
Pois bem, o PT, o partido que perdeu uma parcela importante de seu estado de consciência, estava em alguma pontuação entre 4 e 6, na escala do coma, acaba de recuperar sua capacidade de discernimento. Saiu do estado comatoso. Há dois motivos para essa recuperação súbita e inesperada: o projeto sobre a terceirização no Brasil e a medalha que a Polícia Militar irá entregar ao líder da "bancada da bala", Deputado Federal Jair Bolsonaro.

Com o projeto sobre a terceirização no Brasil o PT saiu do coma
Com o projeto sobre a terceirização no Brasil o PT saiu do coma

Relógios do corpo humano.

Genes do fígado, pâncreas e em outros órgãos, e não apenas o cérebro, mantêm as várias partes do corpo em sincronia - como um relógio. Erros de timing podem levar a diabetes, depressão e outras doenças. No cérebro, um grupo de células nervosas, chamado de núcleo supraquiasmático, monitora a passagem do tempo com base em estímulos externos como luz e escuridão. O coração é alertado por genes antes do amanhecer, ele deve estar preparado para os rigores de estar desperto. Esse estímulo diário talvez possa ajudar a explicar por que tantos ataques cardíacos ocorrem de manhã cedo. O fígado têm um relógio que regula a produção de moléculas de açúcar (glicose) e de compostos gordurosos e ainda regula a liberação deles no sangue. O pâncreas têm vários relógios, eles permitem, por exemplo, que a insulina module a glicose produzida pelo fígado e a ingerida através dos alimentos. Já os rins dispõem de relógios responsáveis pela liberação de sódio, potássio e cloreto, que ajudam a regular a pressão sanguínea.

O exemplo mais popular do funcionamento dos relógios corporais são as longas viagens. Qualquer pessoa que já tenha voado para o Leste ou para o Oeste a 900 km/h por algumas horas experimentou o que acontece quando o relógio interno do corpo não coincide com o fuso horário em que ela passou a estar. Pode demorar alguns dias para a superação do efeito "jet lag", o cansaço resultante da diferença de fuso, dependendo de o relógio mestre, profundamente aninhado no cérebro, precisar ser adiantado ou atrasado para sincronizar quando o corpo e o cérebro querem dormir por estar escuro lá fora. Se qualquer um dos relógios entrar em falta de sintonia com o relógio cerebral, a desordem pode preparar o cenário para problema como obesidade, diabetes e depressão ou outras disfunções complexas.

Com o projeto sobre a terceirização no Brasil o PT saiu do coma
Com o projeto sobre a terceirização no Brasil o PT saiu do coma

Um só procurador para cuidar da Operação Zelotes.

Frederico Paiva é um jovem procurador de 37 anos. Nos últimos tempos trabalha sem parar...sozinho. Ele é o responsável pela investigação de um esquema de corrupção no Ministério da Fazenda que pode ter dado prejuízos de R$ 19 bilhões aos cofres públicos. Se comprovado, é um desfalque superior ao mensalão e à Lava Jato. Mas a Operação Zelotes não conseguiu obter a mesma popularidade das duas outras - faltam políticos de importância nela envolvidos, até o presente momento apenas o vice-governador do Estado do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, foi citado. A bem da verdade, o procurador geral, Rodrigo Janot, anunciou a criação de uma força-tarefa para investigar o caso. Todavia, nenhum dos três procuradores designados para auxiliar Frederico Paiva trabalhará exclusivamente no caso. Eles continuarão com suas atribuições normais e se dedicarão à Operação Zelotes apenas nas horas vagas.

Banco Bradesco, Petrobrás e Partido Progressista (PP) estão sendo investigados. Há uma imensa montanha de papéis a serem checados e estudados. Não há como um procurador isolado dar conta da tarefa. Paiva está enfrentando toda sorte de obstáculos. Solicitou a prisão de 16 pessoas e o juiz não atendeu a nenhum dos pedidos. Pior, os nomes dos possíveis envolvidos estão sendo mantidos sob sigilo. O que está acontecendo com a Operação Zelotes?

Com o projeto sobre a terceirização no Brasil o PT saiu do coma



Algumas considerações sobre o comentário a respeito do PT:
-O PT nunca esteve em coma.
-Não existe nenhuma guerra contra a corrupção. O que existe é uma guerra contra o PT, com amplo apoio de setores da mídia.
-A polêmica da medalha ao Bolssonaro, acho um fato tão insignificante que o PT não vai perder tempo com isso.
-Os deputados petistas, estadual e federal, que só se preocupam em se manter no poder devem colocar as barbas de molho. O PT vai voltar às origens e a primeira providência foi a decisão do partido de não mais receber doações de empresas.
 
Critico em 19/04/2015 15:22:41
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.