A notícia da terra a um clique de você.
 
05/10/2013 07:00

Conheça as vantagens e desvantagens de consórcio, financiamento e leasing...

Mário Sérgio Lorenzetto
Conheça as vantagens e desvantagens de consórcio, financiamento e leasing...

Um sonho...

Veja Mais
Povo nas ruas novamente. Como fica a Previdência?
Descascar mais, desembalar menos

As vendas de veículos apresentaram queda de 5,9% no mês de setembro em comparação com agosto deste ano. A procura menor do consumidor não fez nascerem cabelos brancos na cabeça dos diretores da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Afinal, foram vendidos 449.627 veículos em setembro, ante os 481.241 de agosto. Venderam menos que o ano passado, quando havia a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para o setor. Sobre o desempenho de venda das montadoras, contudo, pouco quer saber o consumidor, que, pelo otimismo da Fenabrave, vai continuar comprando. O que interessa é como adquirir o bem. O melhor meio é à vista, uma possibilidade distante para a maioria dos mortais tupiniquins. Para os que não sabem ou nunca vão conseguir economizar, mas têm condições de absorver prestações mensais, há três modalidades: consórcio, leasing e financiamento. As três formas de compra também podem ser aplicadas a outros bens, como imóveis. Vamos nos ater aos automóveis, contudo. O primeiro passo, em qualquer das alternativas escolhidas é ler com atenção o contrato antes de assinar. Tire todas as dúvidas antes. Se possível, consulte um advogado.

Conheça as vantagens e desvantagens de consórcio, financiamento e leasing...

A caminho do automóvel próprio...

...Financiamento

Esta é, segundo o Banco Central, a mais utilizada no Brasil. Funciona assim: o tomador, que é você, no caso, empresta da instituição financeira o valor necessário para adquirir o bem. Além de comprar o dinheiro – porque o dinheiro é comprado mesmo. Paga-se no financiamento o valor que se quer emprestado da instituição financeira para efetuar a compra e também os juros cobrados que incidem sobre este valor. Quando o objeto da compra é um automóvel, o financiamento ocorre por meio do chamado CDC (Crédito Direto ao Consumidor).

A vantagem está na aquisição do bem no ato, em seu nome e alienado à instituição financeira, que é a garantia. E outra, é possível vender o bem sem que o mesmo esteja totalmente quitado. Há desvantagens, claro. As taxas de juros, IOF (Imposto sobre Operações Financeira) e orçamento comprometido por muito tempo para honrar as prestações. Ao fim da operação, o valor já não vai corresponder ao total pago porque os automóveis desvalorizam assim que assinamos o contrato.

Conheça as vantagens e desvantagens de consórcio, financiamento e leasing...

... Consórcio

Esse tipo de operação já esteve entre os mais usados para a aquisição de automóveis. A materialização se dá pela reunião de um grupo de pessoas físicas ou jurídicas que são intermediadas por uma administradora. Não esqueça: é preciso que a empresa tenha autorização do Banco Central. O grupo faz uma poupança coletiva que é paga até que todos sejam contemplados. Há duas formas de receber a parte no bolo: esperar o sorteio ou dar um lance antecipado.

A vantagem do consórcio está no fato de não serem cobrados juros. Não pode haver pressa, contudo, porque há grupos que demoram quase meia década se forem considerados somente os sorteios. E a desvantagem está na cobrança da taxa de administração, taxas para fundo de reserva e seguro. Ah! Também existe a exigência de garantias. Os financeiramente indisciplinados, aqueles que atrasam as prestações, estão sujeitos a multas e não podem participar dos sorteios. E outra, caso o bem sofra aumento durante o período de vigência do contrato, você terá que arcar com a diferença. Tem mais: de acordo com o Banco Central, há regras específicas para grupos formados até 5 de fevereiro 2009 e os formados após 6 de fevereiro de 2009 .

...Leasing

É um arrendamento mercantil. Expressão que assusta, chega ser agressiva, mas é isso mesmo. Funciona como locação com direito de compra no fim do contrato. Ou seja, você usa o bem, paga por ele como um aluguel, deixando para o fim a decisão sobre a compra. O Banco Central explica que duas figuras compõem o leasing: o arrendador, que compra o bem e cede seu direito de uso, e o arrendatário, que pode ser você, lhe cabendo pagar por esse uso. Caso não queira permanecer com o automóvel, poderá devolvê-lo à instituição financeira. Só que não é assim, tão simples. Ao fim do contrato é calculado o VRG (Valor Residual Garantido), que é o saldo do automóvel. Esse valor pode ser diluído entre as prestações ou repassado à instituição ao fim do contrato mesmo.

Vantagem tem e, em geral, estão nos juros, mais baixos que os do financiamento porque o automóvel fica com o arrendatário e não com o contratante. É por isso que não são exigidas garantias. O imposto a ser pago é o ISS (Imposto Sobre Serviços). Além de tudo, também é possível fazer leasing de 100% do valor do produto. E tem desvantagens. O automóvel só passa a ser seu depois do pagamento do VRG. A quitação só é liberada após o prazo mínimo acordado ser atingido.

Conheça as vantagens e desvantagens de consórcio, financiamento e leasing...
Conheça as vantagens e desvantagens de consórcio, financiamento e leasing...

Quer saber como comprar uma franquia?

É uma palestra do Sebrae. Usada como uma franquia funciona. É de curta carga horária, apenas duas horas, mas pode ser decisiva na hora de comprar ou não uma franquia. O objetivo é criar condições para que o empreendedor possa decidir sobre a viabilidade de adquirir o produto. Aborda também todo o funcionamento do sistema, os requisitos legais para se tornar um franqueador e como ter sucesso na atividade.

As franquias atraem muito quem quer ter seu próprio negócio por diminuírem o risco de insucesso drasticamente. Se o plano é literalmente não ter patrão, talvez abrir uma franquia não seja o melhor caminho, o franqueador representa a figura de sócio e ainda por cima a de sócio majoritário. A franqueadora faz auditorias para detectar falhas nos cumprimentos das obrigações por parte do franqueado. A autonomia do franqueado é relativa, existe alguém que o avalia constantemente. Outro equívoco comum é o de pessoas que acreditam que ao abrir uma franquia trabalharão menos. O dono é quem mais trabalha sempre. Se quiser saber mais, entre no site www.sebrae.com.br.

Conheça as vantagens e desvantagens de consórcio, financiamento e leasing...
Conheça as vantagens e desvantagens de consórcio, financiamento e leasing...

O fim de semana chegando e... surpresa!

Poucos quilinhos a mais podem significar alguns anos de vida a mais. Sim. É isso mesmo. Ao contrário do que manda o mito, alguns poucos quilos a mais ajudam a tirar o pé da cova. A pesquisa foi realizada com 3 milhões de pessoas, coordenada pelo US Centers for Disease Control em Maryland (EUA), em 2013. A conclusão foi de estar acima do peso – definido como tendo um IMC (Índice de Massa Corporal) entre 25 e 29 – parece atuar como uma proteção. Sim! Reduz em 6% o risco de morte se comparada a pessoas com IMC entre 18,5 e 25. Aqueles com IMC acima de 35, no entanto, tem um risco maior. Fique bem claro – ser obeso faz mal à saúde. Diabetes, doenças do coração e alguns tipos de câncer ocorrem frequentemente em pessoas obesas. Ter uns poucos quilos a mais promove a longevidade mais que ser magro. Assim, não precisa economizar muito com os doces e as picanhas.

Conheça as vantagens e desvantagens de consórcio, financiamento e leasing...



Bom dia, gostei do que li, concordo com a necessidade de informar e esclarecer os leitores. Dos cuidados necessários e dos meios de se conquistar um sonho, neste caso um veículo. Aproveito para sugerir ao Sr. Mário um outro tema complementando este, alertando para que antes de finalizar a compra e o meio financeiro de conquista-lo.
Minha sugestão é que informasse também aos leitores da importância de procurar uma empresa especializada de vistoria veicular para se certificar que o veículo não tem nenhuma restrição judicial ou administrativa, se não tem procedência ilícita, se não é um veículo recuperado de sinistro e/ou leilão, se o motor não está adulterado, se não é um dublê e etc.
Espero que minha sugestão seja atendida, pois acredito com a iniciativa, estarem auxiliando-os ainda mais.
 
Tony Bitencourt em 05/10/2013 12:16:43
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.