A notícia da terra a um clique de você.
 
04/07/2015 07:03

Departamento de qualidade percebida fica responsável pelos feitiços da compra

Mário Sérgio Lorenzetto
Departamento de qualidade percebida fica responsável pelos feitiços da compra

Os feitiços que influenciam sua opinião na compra de um automóvel.

Veja Mais
O ronco da barriga é o fator decisivo
Povo nas ruas novamente. Como fica a Previdência?

A indústria automobilística influencia sua opinião sobre um carro sem que você perceba estar sendo enfeitiçado. Inventaram até um departamento para te seduzir: "departamento de qualidade percebida". Veja bem, qualidade percebida é aquela que o leigo "sente", que percebe pelos olhos, olfato e tato. Nada tem a ver com o valor real do carro. É uma estratégia utilizada para você "adorar" um carro e comprar. Jogam com formas, cores e texturas e obtém excelentes resultados a baixo custo. Seu desafio é driblar a necessidade de empregar muitas ferramentas dispendiosas na montagem de um carro.

Algumas marcas usam painéis com antirreflexo. Você nem percebe direito, mas se o painel refletir em teus olhos você não o levará para casa. Outros usam painéis totalmente de plástico barato, mas tem cores e texturas que criam um visual refinado - plástico barato vendido como caro. Sensação de que o painel tem várias partes é outra feitiçaria das montadoras, usam cores, texturas e cortes cheios de onda para dar a impressão que o painel tem várias partes. Em verdade é tudo o mesmo molde o que empobrece e barateia o veículo. Outra jogada é a utilização de materiais que não riscam - carro com um mero risco dá a impressão de velhice. Teto e painel escuros dão o toque de esportividade. Há ainda a questão da harmonia - a desarmonia, especialmente de cores, entre o painel e o volante é prova contumaz de pobreza do veículo. Enfim, os elementos que os feiticeiros das montadoras colocam no "caldeirão" para te seduzir são a presença de muitos componentes, acabamentos foscos, linhas pouco horizontais e disfarçar a profusão de plásticos.

Departamento de qualidade percebida fica responsável pelos feitiços da compra
Departamento de qualidade percebida fica responsável pelos feitiços da compra

Surge um gigante na culinária do Mato Grosso do Sul.

Paulo Coelho Machado Neto reunia todas as condições de ser mais um fazendeiro ou mais um advogado. Elo de união de duas das mais tradicionais famílias do Mato Grosso do Sul, poderia optar por um padrão de vida tradicional. Ele demonstrou sua inquietude e independência de caráter e com pouco mais de 30 anos de idade, tornou-se único. Paulinho é o gigante da culinária de nosso Estado - acaba de receber o Dólmã (uma espécie de túnica) da Culinária Nacional, considerado por muitos como o Oscar da Gastronomia. Foram sete anos de estudos avançados. Passou por vários restaurantes nacionais e internacionais, inclusive por um três estrelas no Guia Michelin - dirigido pelo mundialmente afamado Martin Berasategui com sua cozinha do país basco, em San Sebástian, uma das mais importantes mecas da cozinha internacional.

Ele não é um mero "alquimista", um misturador de alimentos. Antes de tudo, Paulinho é um pesquisador das enormes possibilidades de nossos produtos. Ele compõe um grupo de pessoas dedicadas a estudar a identidade dos sul-mato-grossenses, usando como instrumental os apetrechos de cozinha. Só encontro um pequeno desvio no belo rumo que Paulinho destinou à sua vida - mesmo o conhecendo desde sua tenra infância, ainda não tiver o prazer de desfrutar de sua magia e erudição.

Departamento de qualidade percebida fica responsável pelos feitiços da compra
Departamento de qualidade percebida fica responsável pelos feitiços da compra

Passagens para os EUA com descontos de mais de 45%.

Chegaram as férias e a ótima novidade é que as passagens aéreas para os principais destinos nos Estados Unidos estão com descontos de mais de 45%. Mas o que aconteceu para compensar o revés da valorização da moeda norte-americana, que acumula mais de 17% de alta? A resposta é simples: as companhias aéreas prevendo o insucesso resolveram dar descontos de mais de 45% em dólar em comparação com o mesmo período do ano passado conforme pesquisa do site ViajaNet. Pode parecer impossível, mas está mais barato viajar para Miami, Orlando e N.York, em 2015, do que era no ano passado.

Departamento de qualidade percebida fica responsável pelos feitiços da compra
Departamento de qualidade percebida fica responsável pelos feitiços da compra

Demasiadas mortes suspeitas.

Uma cadeia de mortes vem em sequência ao assassinato de Lee H.Oswald. Jack Ruby, seu assassino é morto na prisão. Entre as mortes suspeitas se encontra o assassinato do jornalista James Koethe do jornal "Dallas Times" e em seguida, o de outro jornalista, Bill Hunter, do jornal "Long Island Beach". Ambos estavam investigando a morte de Kennedy.

Nessa cadeia de mortes e atentados suspeitos está também a da figura de Warren Reynolds, que era uma das testemunhas que viu sair correndo um homem, revólver na mão, depois do assassinato do policial J.D.Tippit, e esse homem não era Lee H.Oswald. Reynolds sofreu um atentado na porta de sua casa. Sobreviveu milagrosamente e identificou um tal Garner como o pistoleiro que tentou matá-lo. Betty Mooney, uma bailarina que trabalhava na boate de Jack Ruby, serviu de testemunha para livrar Garner da cadeia, declarando que estava com ele quando Reynolds foi ferido. Pouco tempo depois, a bailarina apareceu enforcada. O último da cadeia de mortes suspeitas foi o chefão da máfia Sam Giancana que estava sendo investigado pelas ligações da organização criminosa com a CIA. Na véspera de seu comparecimento para depor, apareceu morto em sua casa, com cinco tiros na boca. Nunca descobriram a verdade do assassinato de Kennedy. A dúvida passou para a história.

Departamento de qualidade percebida fica responsável pelos feitiços da compra
Departamento de qualidade percebida fica responsável pelos feitiços da compra

Aumenta o número de brasileiros que alegam ser jovens ou idosos demais para trabalhar.

O IBGE divulgou que 23% das pessoas que estão desempregadas deram a justificativa da idade na enquete deste ano. Em 2012 eram 20%. O entendimento anterior era de que os jovens paravam de trabalhar para estudar, atualmente o IBGE diz que a questão não é o estudo e sim a idade que teve um incremento de 3%. Antes da crise imaginavam que com o aumento da renda dos pais, o jovem parava de trabalhar para estudar e retornaria ao mercado mais qualificado. A expectativa é que mais pessoas voltem a procurar emprego, independentemente do motivo que as tirou do mercado de trabalho.

Departamento de qualidade percebida fica responsável pelos feitiços da compra



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.