A notícia da terra a um clique de você.
 
20/02/2014 07:55

Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão

Mário Sérgio Lorenzetto
Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão

Frigorífico Kaiowa vai a leilão nesta semana

Veja Mais
Diga sim à vida. O aborto é inaceitável
EUA: a homeopatia terá de informar que não funciona

Cercado de expectativas devido à possibilidade da retomada das atividades da empresa, o leilão do parque industrial do Frigorífico Kaiowa ocorrerá nesta semana. A primeira tentativa de venda foi realizada em janeiro e não teve comprador. Isto não significa que faltem interessados, pelo contrário, puxados pelo JBS, Marfrig e Minerva, outros dez concorrentes deverão dar seus lances.

No novo leilão, as plantas que estarão à venda são as situadas em Anastácio no Mato Grosso do Sul, Presidente Venceslau (SP), Guarulhos (SP), Janaúba (MG) e Pires do Rio (GO). A ausência de propostas no primeiro leilão é estratégia comum para interessados em leilões judiciais como o do Kaiowa.

Ocorre que, no primeiro leilão, o lance mínimo para arrematar todas as plantas do frigorífico era de R$176 milhões, enquanto que no segundo leilão a juíza poderá autorizar uma proposta abaixo disso, desde que não seja um lance vil. O aguardado é algo em torno de R$132 milhões, 80% do valor de avaliação. A planta mais importante é a de Anastácio, avaliada inicialmente em R$28,2 milhões.

Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão
Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão

Águas de Guariroba distribui relatório da qualidade da água

De casa em casa, a Águas de Guariroba está distribuindo relatório da qualidade da água. Esta é mais uma resposta de sua capacidade de interagir com a sociedade de Campo Grande. O relatório é eminentemente técnico. Não é um mero panfleto, um papelucho que costumeiramente é usado pelas empresas para se defender apresentando apenas argumentos verborrágicos. Não, o relatório da Águas de Guariroba tem conteúdo de veracidade.

É a provável reação da empresa que tem recebido denúncias de que está produzindo água contaminada por esgoto. Atendendo a legislação – portaria 2.914/2011 do Ministério da Saúde, a Águas de Guariroba tem um laboratório onde são realizados, diariamente, exames para verificar se a água é potável em amostras coletadas em vários pontos da cidade.

A consideração a ser feita é a de que, neste momento, a empresa poderia ter contratado um laboratório externo para fazer uma auditoria da situação da água que vende para a população da Capital.

Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão
Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão

Sua empresa poderia participar de atos de corrupção?

Esta pergunta foi feita a 500 executivos de grandes empresas do país, reunidos em um evento da KPMG e respondida de forma anônima. É uma pesquisa inédita no Brasil. A KPMG é uma das empresas líderes na prestação de serviços de auditoria, impostos, gestão e contabilidade. É uma das Big Four – 4 maiores empresas internacionais do setor.

Do total de entrevistados, 62% admitiram que sim, apenas 21% negaram a possibilidade e 17% não souberam responder. Quando a pergunta foi feita sobre os concorrentes, a crença de que eles se valem de práticas ilegais para ter vantagens em contratos com o setor público foi ainda mais difundida. Para 85% seus competidores corrompem funcionários públicos.

A KPMG afirma que estes dados sintetizam o que está ocorrendo no Brasil e porque o governo está engajado com a Lei Anticorrupção. A imagem do Brasil é péssima nesse quesito. Figura na posição 72 num ranking de corrupção com 177 países, conforme pesquisa da Transparência Internacional.

A pesquisa transforma em números aquilo que é de ampla sensação pública – onde existe o funcionário público que aceita corrupção, há o corruptor que representa uma empresa. Richard Girgenti, líder da área forense da KPMG no mundo inventou a regra dos 90%, que não tem base em nenhuma pesquisa, mas na sua experiência profissional. A regra diz que 5% das pessoas nunca farão nada de errado, mesmo que a oportunidade apareça. Outros 5% acordam pensando em como montar um esquema. E 90% só agirão corretamente se souberem que podem ser presas.

Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão
Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão

iPhone vendido no Brasil custa 80 dias de trabalho de um assalariado

O aparelho vendido por aqui é 79% mais caro que o comercializado nos EUA, conforme pesquisa do Clube Pitzi que fez a comparação a partir do salário mínimo americano – R$ 17,4 a hora trabalhada. Com essa diferença, temos o valor mais elevado do mundo. Enquanto nos EUA, o iPhone 5s é vendido por R$ 1, 564, aqui o produto é comercializado a R$ 2,799. Na prática, um norte-americano demora dez dias para adquirir o aparelho.

Além do preço cheio mais caro, os serviços relacionados ao iPhone também são inflacionados por aqui. Um brasileiro paga até 600 para reparos e aguarda entre cinco e dez dias úteis para a entrega do serviço. Nos EUA, o tempo de conserto varia de um a três dias corridos ao custo de R$ 120. Números que assustam quando consideramos que os brasileiros quebraram 125 milhões de celulares e smartphones no ano passado. A diferença de preços não foi obstáculo para a venda de 10,4 milhões de smartphones no segundo trimestre do ano passado.

Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão
Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão

Mercado erótico, negócio de gente grande que rende R$ 18 milhões em feira

A cifra resume somente o faturamento do ano passado com a vigésima edição da Erótika Fair, considerado o maior evento de negócios do mercado adulto latino. Para este ano, a expectativa é expandir lucros em 25% entre os dias 27 e 30 de março, para quando está marcada a vigésima segunda edição. Os trabalhos se concentram no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo e a expectativa é de que atraiam 50 mil visitantes. No ano passado, 32 mil passaram pelo local.

Na chamada vitrine do mercado adulto serão expostos produtos dos mais variados segmentos, passando por lingeries, cosméticos e itens de entretenimento. Em 2013, a receptividade do mercado nacional surpreendeu e até mesmo marcas internacionais participaram da feira, considerada a quarta maior do setor. E os trabalhos são para gente grande mesmo. Pessoas que ainda não completaram 18 anos estão vetadas. Em compensação, o acesso é livre para portadores de deficiência e maiores de 65 anos.

 

Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão
Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão
Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão

Dificuldades no mercado de trabalho: existem saídas

Autoconfiança profissional. Este é o conselho do psicólogo Fernando Elias José, mestre em Cognição Humana pela PUC/RS (Pontifícia Universidade Católica – Rio Grande do Sul). Entre as dicas para quem está fora do mercado de trabalho ele sugere:

Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão
Finalmente, o frigorífico Kaiowa em Anastácio, irá a leilão



Eitaaa paizinho sem vergonha tudo isso de chefe querendo roubar.
 
Adriano Campos em 20/02/2014 14:56:33
Gostei de saber que o Kaiowa vai reabrir. Ainda bem que você deu a notícia.
 
Douglas Rodrigues em 20/02/2014 09:19:46
Boa noticia a da reabertura do Kaiowa. Mais emprego para o povo e facilidade para os pecuaristas.
 
Edy Simões em 20/02/2014 08:21:16
62% dos empresários querem fazer corrupção. Incrível, absurdo. o país não tem jeito.
 
Rozana Campos em 20/02/2014 08:17:53
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.