A notícia da terra a um clique de você.
 
22/12/2013 07:00

Financiamento imobiliário continua ser aposta de bancos em 2014

Mário Sérgio Lorenzetto
Financiamento imobiliário continua ser aposta de bancos em 2014

Bancos continuarão a apostar no financiamento imobiliário em 2014

Veja Mais
As favelas são propriedade privada dos traficantes
O Brasil voltou aos mesmos ideais de 1920

O cenário econômico interno mais as incertezas em relação aos estímulos dos EUA e a desaceleração chinesa compuseram o quadro que levou os bancos a revisarem suas projeções de crescimento para 2013. Só no que diz respeito ao crédito, o avanço previsto caiu da faixa de 11% a 18%para o intervalo de 8% a 11%. Alguns bancos sentiram menos que os outros. É o caso do Banco do Brasil que apresentou lucro líquido de R$12,7 bilhões nos primeiros nove meses do ano. Os analistas são unânimes em dizer que, ao examinar o sistema financeiro nacional, é preciso separar o comportamento dos bancos públicos dos privados.

Financiamento imobiliário continua ser aposta de bancos em 2014

Públicos servem demandas do governo e privados acompanham aumento de demandas

Os públicos, muitas vezes, estão a serviço de políticas de governo, enquanto os privados acompanham o aumento das demandas. Mas todos – ao perceberem que o país não cresceria o que esperavam e com o fantasma de índices mais elevados de inadimplência de um passado recente – os bancos resolveram apostar suas fichas no chamado “crédito confortável”, de menor isco e vinculado à renda do trabalhador. Procuraram vincular ao financiamento imobiliário e ao crédito consignado que, apesar de oferecerem taxas de retorno menores, são pagamentos tidos como seguros. Para 2014, a previsão dos analistas é de que os bancos continuarão a manter as mesmas apostas no setor imobiliário e no consignado.

Financiamento imobiliário continua ser aposta de bancos em 2014
Financiamento imobiliário continua ser aposta de bancos em 2014

A indústria brasileira manterá o mesmo patamar de crescimento no próximo ano

Longe da recuperação aguardada com expectativa para este ano, a indústria deverá encerrar 2013 com números insuficientes para repor a perda registrada em 2012, adiando a retomada da atividade pelo segundo ano consecutivo. As projeções mais recentes sugerem um avanço de 2% para a produção, diante da queda de 2,6% registrada em 2012, e anunciam para 2014 um crescimento entre 2,5% e 3%. As análises estão pressupondo uma expansão da economia global próxima a 4% e de um câmbio médio em torno de 2,30. Com a soma destes fatores ocorrerá uma pequena melhoria na produção industrial brasileira mesmo com um crescimento do mercado interno próximo ao zero.

Financiamento imobiliário continua ser aposta de bancos em 2014

Grupos industriais desenham planos diversificados

Em meio a um ambiente ainda pouco amigável, alguns dos maiores grupos industriais do país desenham planos diversificados. Alguns tentarão preservar suas posições no mercado e somente alçar voos assim que as condições das economias brasileira e mundial forem mais favoráveis. Parte deles ensaiam recuos estratégicos, que servirão para reforçar seu negócio principal e sustentar uma trajetória de crescimento no longo prazo. Outros estão optando por apertar os cintos e se desfazerem de ativos menos essenciais para concentrar investimentos em setores mais relevantes. Por último, há um grupo que aumenta a cada ano dos que incrementam aportes nas áreas de tecnologia e inovação, com desenvolvimento de novos produtos que assegurem diferenciação diante da concorrência.

Financiamento imobiliário continua ser aposta de bancos em 2014
Financiamento imobiliário continua ser aposta de bancos em 2014

Fardados tem site especial para encontrar empregos

Foi lançado no mês passado o site Reserva Ativa, que visa conectar ex-militares à procura de trabalho civil com possíveis empregadores privados. No site, os militares cadastram o currículo e as companhias divulgam as vagas, tudo gratuitamente. Caso as empresas queiram um perfil específico, precisam pagar para ter acesso ao banco de currículos. O forte da maioria dos militares é a disciplina e a excelente formação universitária.

Financiamento imobiliário continua ser aposta de bancos em 2014



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.