A notícia da terra a um clique de você.
 
13/12/2013 07:35

Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis

Mário Sérgio Lorenzetto
Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis

Petrobras pensa em novos aumentos na gasolina e no diesel

Veja Mais
O Brasil voltou aos mesmos ideais de 1920
Os governantes que ouvem os cidadãos

A presidenta da Petrobras, Graça Foster, após a batalha perdida para ter uma fórmula que permitiria aumentos previsíveis da gasolina e do diesel, está se esforçando para demonstrar que a Petrobras ganhou, sim, uma metodologia de reajustes e que os aumentos recentes de 4% da gasolina e 8% do diesel não serão os últimos até as eleições de outubro. Mesmo com o reajuste, a Petrobras afirma que, existe uma defasagem importante de 17,8% no diesel e de 14% na gasolina.

Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis
Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis

O Brasil ainda continua a ser um imenso latifúndio improdutivo?

Quem respondeu sim, errou. Quem respondeu não, também errou. A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) não faz um estudo específico sobre a produção rural familiar ou não familiar. Os últimos dados oficiais disponíveis sobre a produção familiar são os do Censo Agropecuário de 2006 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Segundo esse ultrapassado estudo, a agricultura familiar era composta por 4,3 milhões de estabelecimentos agropecuários, 84,4% do total do país. A agricultura familiar respondia por 24,3% da área rural ocupada. Já os não familiares representavam 15,6% do número de fazendas brasileiras, mas ocupavam 75,7% da área rural. Ao todo, 75% da mão de obra no campo era composta por trabalhadores da agricultura familiar, que representava apenas 38% do valor bruto da produção.

O governo não dispõe de nenhum outro dado. Ainda assim, comemora a evolução do Plano Safra da Agricultura Familiar, que completou dez anos com empréstimos de crédito rural oito vezes superiores aos de 2002/2003. É de amplo conhecimento que o maior gargalo para a agricultura familiar está na pouca ou nenhuma assistência técnica federal, deixando os estados encarregados desse serviço.

Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis
Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis

Plano de Saúde terá que oferecer exame para detectar doença genética

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) divulgou ontem a ampliação da cobertura obrigatória dos planos de saúde com novos exames para detectar doenças genéticas. No novo pacote estão a análise dos genes BRCA1 e BRCA2, utilizado na detecção de câncer de mama e ovário hereditários. Talvez você não lembre, mas foi por encontrar alterações nesses genes que a Angelina Jolie providenciou uma mastectomia preventiva no neste ano. Ela tinha 80% de chances de desenvolver a doença. A agên Cia divulgou ainda os critérios para uso adequado de tecnologias no rastreamento e tratamento de 29 doenças genéticas.

Fique atento aos prazos. Os novos procedimentos deverão ser oferecidos pelos planos de saúde a partir do dia 2 de janeiro do próximo ano. Já existiam outros exames para detectar doenças genéticas, mas os incluídos agora são mais complexos e facilitam a detecção das patologias.

Os planos terão que oferecer também na cobertura obrigatória, exames para diagnosticar a síndrome de Lynch, anomalia genética que aumenta o risco de desenvolver tumor de intestino. Estão, ainda, inclusos exames para detectar a ataxia de Friedreich, que faz perder gradualmente a coordenação motora e a capacidade de falar com fluência, e hemocromatose, alteração genética que faz o organismo absorver o ferro em quantidades maiores ou não fazer sua eliminação adequada.

Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis
Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis

A crise na mídia impressa piora cada vez mais e grandes jornais tentam ‘mágicas’

A Gannett Co., uma das maiores cadeias de jornais norte-americanas tentará ampliar sua receita de publicidade e circulação por meio da inserção de partes de seu principal jornal, o "USA Today" em seus jornais locais. A partir de janeiro, a Gannett vai incluir entre 12 e 14 páginas do "USA Today" nas edições de 35 jornais. A estratégia, segundo o publisher do "USA Today", Larry Kramer, é uma forma de ampliar o conteúdo oferecido aos leitores.

O modelo já vem sendo testado em quatro publicações desde outubro e deve ser implementado em outros jornais do grupo ao longo dos primeiros meses de 2014. Futuramente a empresa planeja estender a inserção de conteúdo aos seus 81 jornais locais.

Com a inclusão do conteúdo, a Gannett deve aumentar a circulação do "USA Today", trazendo 1,5 milhão de novos leitores durante a semana e 2,5 milhões aos domingos. De acordo com a Aliança para Auditoria de Mídia, o jornal tem atualmente 2,8 milhões de leitores em dias úteis na edição impressa e na digital. As inserções do "USA Today" vão incluir notícias de alcance nacional e sobre finanças, além de cobertura sobre estilo de vida e esportes.

Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis
Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis

E o troféu de pior executivo do ano vai para: Eike Batista

O empresário brasileiro Eike Batista recebeu o título de pior presidente-executivo de 2013. Ele é o topo de lista formulada por Sydney Finkelstein, professor de estratégia e liderança da Escola de Administração Tuck da Faculdade de Dartmouth (EUA). O acadêmico é autor do livro "Por que Executivos Inteligentes Falham" e elabora desde 2010 um ranking com os piores desempenhos do ano. Na lista, ele leva em conta critérios financeiros como preços das ações e valor de mercado da empresa.

Finkelstein avalia depois se o executivo teve responsabilidade sobre a mudança de cenário. Entre os nomes presentes no ranking, estão também Thorsten Heins, da BlackBerry, e Steve Ballmer, da Microsoft.

Na semana passada, em eleição feita pela revista americana "Forbes", Eike Batista recebia análise especial com a sessão: os 20 "maiores desastres de carreira" de 2013, em um ranking que inclui também celebridades e atores. O senhor X tinha uma fortuna de US$ 34,5 bilhões em março do ano passado, que evoluiu para US$ 1,2 bilhão negativo, claro.

Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis
Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis

Lionel Messi ou Cristiano Ronaldo?

O atleta mais bem pago do mundo segundo o último ranking da revista Forbes, com US$ 85 milhões recebidos por duas lutas, o boxeador Floyd Mayweather, hoje com 37 anos, vem quebrando vários recordes mesmo em uma modalidade que, para muitos, estava em decadência e perdendo território para o UFC. Seus resultados são impressionantes – 45 vitórias em 45 lutas, sendo 26 por nocaute. Cristiano Ronaldo, jogador de futebol do Real Madrid, ocupa apenas a décima posição no quesito rendimentos. Com 28 anos de idade e extremamente vaidoso, inclusive em campo, quando por vezes se admira no telão do estádio, o craque luso acaba de renovar contrato com a equipe do Real Madrid por 17 milhões de euros por temporada, cerca de R$ 52,7 milhões por ano.

Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis

Do português Andorinha de Santo Antônio para o Manchester United

Com 202 gols em 202 jogos pelo clube espanhol, Ronaldo, que é metrossexual assumido, foi batizado em homenagem ao ator preferido de seu pai Ronald Reagan. Ele começou a carreira nas categorias de base do clube Andorinha de Santo Antônio, em Portugal, e seu talento precoce chamou a atenção de Sir Alex Ferguson, eterno treinador do Manchester United. Em 2003, aos 18 anos, Ronaldo assinou contrato como clube inglês – que pagou cerca de 15 milhões de euros pelo passe do futuro fenômeno. Ganho total no ano: US$ 44 milhões.

Já o argentino Lionel Messi só em patrocínio recebe cerca de US$21 milhões por ano. No Barcelona desde 2004, quando o clube decidiu bancar um tratamento hormonal de US$ 900 por mês para que o jogador crescesse, Messi têm, atualmente, 1,69m de altura, mas vale cada centímetro em milhares de euros. Ganho total no ano: US$ 41,3 milhões o que lhe confere a décima primeira posiçãono ranking dos bilionários esportistas. Os únicos brasileiros são os jogadores de futebol Kaká e Neymar. Ocupando a sexagésima oitava posição, Neymar, faturou US$ 20,5 milhões.

Funciona assim: Petrobras avalia novos reajustes de combustíveis



As noticias sobre o Eike já deram o que tinha de dar. Sujeito arrogante que se ferrou.
 
Fabiano Queiroz em 13/12/2013 14:45:56
Sou, há quase dez anos, extensionista rural e afirmo categoricamente que a grande maioria dos agricultores familiares, não dão conta de " tocar " a terra que lhes é destinada pela Reforma Agrária. Raríssimos são exceções , quando procuram a assistência tecnica.
 
alfredo m. cunha em 13/12/2013 14:00:02
Cristiano Ronaldo é o melhor do mundo. Messi e Neymar não servem nem para engraxar a chuteira do gajo.
 
Elaine Prado em 13/12/2013 09:48:25
Continuamos a ser um imenso latifúndio sim, a terra só pertence aos mais ricos. Sem terras, índios e negros receberam um pedacinho insignificante de terras. Os latifundiários querem mais terra do que já tem.
 
Luciano Prado em 13/12/2013 09:08:48
Outro aumento na gasolina?? Agora vai ser mensal??
 
Walmyr Gomes em 13/12/2013 08:35:37
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.