A notícia da terra a um clique de você.
 
03/04/2016 08:07

Quem pensa rapidamente é mais carismático

Mário Sérgio Lorenzetto
Quem pensa rapidamente é mais carismático

O carisma é um pouco como a pornografia – não é muito fácil de descrever, mas o reconhecemos quando o vemos. Você pode ser carismático, mas também pode ser um cretino. Por exemplo, o Donald Trump é destituído de qualquer graça social, mas é carismático. Muitos consideram-no fascinante.

Veja Mais
O ronco da barriga é o fator decisivo
Povo nas ruas novamente. Como fica a Previdência?

Os líderes carismáticos são envolventes. Podem fazer uma empresa ou órgão público mudar de direção, levar as pessoas a acreditarem nele e ver as coisas de maneiras novas. Embora não haja muito que cada um possa fazer para aumentar sua rapidez mental, isso pode ajudar-nos a perceber quais são as pessoas que terão ou não capacidade de inspirar as nossas organizações. Se desejarmos grandes mudanças, é boa ideia procurarmos um líder carismático.

Os pesquisadores da Universidade de Queensland, na Austrália, recrutaram dezenas de pequenos grupos de amigos para um estudo. Submeteram os participantes a testes de inteligência e de personalidade para, em seguida, colocarem a cada um dos sujeitos 30 perguntas de cultura geral - como, "Diga o nome de uma pedra preciosa" - que deveriam ser respondidas o mais rapidamente possível. Os participantes também classificaram o carisma e a competência social dos amigos. Os pesquisadores concluíram que os indivíduos que responderam mais depressa às perguntas eram vistos como mais carismáticos - independentemente de seu QI, cultura ou personalidade. Os mais carismáticos podiam nomear uma pedra preciosa em 400 milissegundos, enquanto os lentos demoravam mais de 900 milissegundos.

Quem pensa rapidamente é mais carismático

Divórcio: justiça manda compartilhar a guarda de cães.

Não há dúvida, a família contemporânea ganhou um novo membro: o cão. E eles estão virando alvo de disputa em ações de divórcio. Como ocorre com os filhos, a guarda de cães passou a ser compartilhada pelos donos que se separaram. O Judiciário têm entendido que o animal de estimação - cães e gatos - não pode ser considerado um bem, objeto de partilha. Para regulamentar esse entendimento já há até um projeto de lei, de autoria do Deputado Ricardo Trípoli, tramitando na Câmara Federal.

Já há até mesmo entendimento de segunda instância sobre o tema. O TJ do Rio de Janeiro diz que " muitas vezes o animal simboliza uma espécie de filho, tornando-se, sem nenhum exagero, quase como um ente querido, em torno do qual o casal se une, não somente no que toca ao afeto, mas construindo sobre tal toda uma rotina, uma vida". Também afirma que o animal não pode ser tratado como coisa, objeto de partilha, mas deve ser regulamentada a guarda e visitas dos animais em litígio. O mais comum é o cão ficar uma semana na casa de cada membro da família dissolvida.

Quem pensa rapidamente é mais carismático

Cerveja para curar sinusite?

Uma nova linha de pesquisas está sendo realizada na Universidade da Pensilvânia (EUA) para curar sinusite crônica. A teoria é que essa doença que aflige milhões de pessoas, não precisa ser tratada com antibióticos e esteroides. Para alegria dos beberrões ela poderia ser curada com o uso de cerveja muito amarga, com muito lúpulo, e ainda, com a mastigação de couve-de-bruxelas, limoneno (casca de limão e laranja) e artemísia( planta conhecida como losna). Se comprovada, a quantidade de pessoas "com sinusite" (falsa) quadruplicará no Brasil.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.