A notícia da terra a um clique de você.
 
13/04/2016 08:13

Só restarão as baratas e o Cunha?

Mário Sérgio Lorenzetto
Só restarão as baratas e o Cunha?

Varam os milênios e a Bíblia continua mais atual do que nunca. Um irmão pode odiar outro irmão? É o que todos lemos na saga de Caim e Abel. Um pecuarista contra um agricultor. E o simbolismo também toca as cores. Um vermelho, do sangue da ovelha sacrificada como oferenda a Deus. Outro verde e amarelo, dos frutos ofertados ao mesmo Deus.
A família brasileira está em franca discórdia. Marido divorciando da esposa por causa da Dilma, do Lula e do Moro. Até as lingeries vermelhas estão proibidas. Ao invés da sexualidade, constroem a animosidade. Os noticiários da televisão só podem ser vistos em cômodos separados naquilo que era o lar. Ele assiste a Globo News, o canal dos "patriotas" e ela ao jornal da Band, único canal que todo petista e simpatizantes consegue deglutir. Como era cordato e pacífico o país que só queria demitir o treinador da seleção...
Como diz o Xico Sá: "como faz falta a TDD - a Turma do Deixa Disso". A TDD era uma unanimidade nacional, que foi devorada pelas traças, caiu no esquecimento. Aliás, nem mesmo as traças estão em boas condições de sobreviver no país dos conflitos. Só restarão as baratas e o Cunha?

Veja Mais
Diga sim à vida. O aborto é inaceitável
EUA: a homeopatia terá de informar que não funciona

Só restarão as baratas e o Cunha?

Papa Francisco e a Alegria do Amor.

"Amores Laetitia" (Alegria do Amor) é a última exortação feita pelo Papa Francisco. Suas 261 páginas reinam e interpretam as considerações apresentadas pelos bispos durante o Sínodo da Família. Fica bastante claro que Francisco reabre a igreja para os divorciados que voltaram a se casar.
"Eles não só não tem de se sentir excomungados, como também podem viver e volume como membros ativos da Igreja", diz o documento. Para Francisco, "ninguém pode ser condenado para sempre". O Papa pede ao clero que tenha uma visão mais ampla e misericordiosa na hora de definir quem tem o direito aos sacramentos: "É mesquinharia considerar se a obra de uma pessoa responde ou não a uma norma ou lei geral. Lembro aos sacerdotes que o confessionário não deve ser uma sala de torturas, mas sim o lugar da misericórdia do Senhor". A Igreja católica, sob os auspícios de Francisco, ingressou no século XXI, saiu das trevas. E é alegre como quem ama.

Só restarão as baratas e o Cunha?

Das mãos sujas nasceram os adoçantes artificiais.

A história é meio suja. Um dia, o químico russo Constantine Falhber, se surpreendeu com o sabor doce de seu pão. Pesquisou e descobriu que era o resultado de um composto químico que havia derramado, sem querer, nas mãos quando estava no laboratório. O porcão não havia lavado as mãos antes da refeição. A descoberta foi patenteada. Recebeu o nome de "sacarina", o primeiro adoçante artificial da história.

Só restarão as baratas e o Cunha?

E, do mau humor, fez-se as batatas chips.

No século 19, um cliente mau humorado, não parava de reclamar da consistência das batatas fritas. O cozinheiro, norte americano, George Crum, teve uma luminosa ideia: fatiou as batatas em lascas muito finas, fritou por mais tempo do que o normal e acrescentou uma dose extra de sal - nasciam as batatas chips, filhas do mau humor.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.