A notícia da terra a um clique de você.
 
15/09/2016 07:05

Vinho ou cerveja? Barriga, ressaca e quantidade

Mário Sérgio Lorenzetto
Vinho ou cerveja? Barriga, ressaca e quantidade

Com exceção do café e chá, poucas bebidas dividem o mundo de maneira tão espetacular quanto o vinho e a cerveja.
Além da diferença de sabor, as duas bebidas afetam nosso corpo e incidem sobre a saúde de maneira diferente.
Qual engorda mais, produz a pior ressaca e leva menos tempo para te deixar bêbado? Vamos tentar entender cientificamente para além dos mitos.

Veja Mais
O ronco da barriga é o fator decisivo
Povo nas ruas novamente. Como fica a Previdência?

Vinho ou cerveja? Barriga, ressaca e quantidade

Cerveja causa maior barriga que o vinho?

A experiência de muitos parece levar ao entendimento da barriga cervejeira. Será? Primeiro é preciso entender que o próprio álcool, da cerveja ou do vinho, contém muitas calorias. Isso sem falar do açúcar que existe nessas duas bebidas que lhe dão o sabor agradável.

Com cerca de 180 calorias, meio litro de cerveja contém cerca de 50% mais calorias que uma taça pequena de vinho, o suficiente para produzir um pequeno aumento de tua barriga. Mas, calma, essa medição não é absoluta. Para aqueles que bebem de forma moderada, a diferença é mínima em desfavor da cerveja. Essa medição só é válida, portanto, para quem bebe muita cerveja.

Uma revisão recente de todos os estudos comparativos das duas bebidas chegou a uma conclusão fabulosa para os bebedores de vinho e de cerveja: ambos não engordam em curto prazo. Esse "curto prazo" equivale a aproximadamente 10 semanas. Mas o uso continuado de cerveja nos dá algo como 25 quilos a mais em cinco anos. É um ganho de peso absurdo. Equivale a você estar "grávidos" de 10 bebês ao mesmo tempo, todos a ponto de vir ao mundo. Por outro lado, é um mito, uma besteira a ideia comum de que a cerveja produza seios maiores nos homens.

Vinho ou cerveja? Barriga, ressaca e quantidade

Ressaca de vinho é pior que de cerveja?

Apesar de seus melhores esforços, os cientistas não conseguiram derrotar o pior inimigo dos bêbados: a ressaca. Para piorar, os cientistas nem mesmo sabem direito o que a causa. É provável que a desidratação seja uma causa importante, mas atenção: é só provável, eles não garantem. Sabem que o álcool nos faz urinar mais líquido do que ingerimos, isso está comprovado.

Outra possibilidade: a ressaca pode ser ocasionada pelos sub-produtos da fermentação das duas bebidas. Essas moléculas são aquelas que dão o sabor e aroma das bebidas, mas podem ser tóxicas para o organismo. Uma encrenca tamanho monstro. Seria essa intoxicação a responsável pelas dores de cabeça e náuseas características da ressaca. Em geral, acreditam que as bebidas mais escuras contém maior quantidade dessas moléculas do sabor, aroma e ressaca. Todavia, também não estão seguros de que isso seja correto.

Veredicto do vinho: até agora não existe nenhuma certeza de que o vinho produza mais ressaca que a cerveja.

Vinho ou cerveja? Barriga, ressaca e quantidade

Vinho leva menos tempo para embebedar que a cerveja?

Meio litro de cerveja é uma taça média de vinho contém pequena diferença de álcool: 16 e 24 gramas, respectivamente. Todavia, sua descida para o obscuro mundo da ebriedade depende de que o álcool passe para o teu fluxo sanguíneo. É a velocidade que passam para o fluxo sanguíneo é variável para cada bebida. As pesquisas demonstraram que o vinho leva 54 minutos para entrar na corrente sanguínea e a cerveja 62 minutos. Em outras palavras: uma taça de vinho sobe à cabeça mais rapidamente que a cerveja.

Vinho ou cerveja? Barriga, ressaca e quantidade



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.