A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


12/05/2014 08:59

4º Desculpa:Não confio nas instituições

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Continuando nossa série sobre ás cinco das desculpas mais comuns na hora de investir. Vamos dar prosseguimento com as confrontações, agora com a desculpa número 4 do ranking.Esta lista foi publicada originalmente no blog rico.com.vc, e logo que ás li achei muito importante compartilhar este conhecimento com os vocês leitores desta coluna. Como já mencionamos em outros artigos o objetivo destas confrontações são desmitificar cada uma das desculpas mais comuns, e ajudá-lo a investir melhor o seu dinheiro e protegê-lo contra os riscos. O problema quando damos uma desculpa para um problema é que geralmente ficamos inertes ou permanecemos em um erro, o que no mundo financeiro representa perda de patrimônio.

Veja Mais
Os investimentos e seus custos
Como os atletas perdem milhões

A desculpa mais comum de hoje é: Não confio nas instituições. Filmes como "Lobo de Wall Street", em que o protagonista Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio) mente para os clientes de sua corretora e até manipula números e ofertas, não são o retrato do que acontece nas instituições financeiras da vida real. Até porque bancos e corretoras são fiscalizados pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), uma autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda do Brasil que tem como missão assegurar o funcionamento eficiente e regular dos mercados de bolsa e de balcão.

Além dela, o Banco Central do Brasil também normatiza o funcionamento das instituições financeiras e a BSM (BM&FBOVESPA Supervisão de Mercado), que tem como função analisar, supervisionar, fiscalizar e auditar o cumprimento das normas legais e regulamentares emitidas pelos órgãos reguladores e auto-reguladores a que estejam sujeitos todos os Participantes de Negociação.

Espero ter esclarecido mais uma das principais dúvidas e crendices que circulam por aí quando o assunto é "investimento". Mude velhos conceitos e hábitos, investindo em educaçãofinanceira, e não se esqueça de contar conosco para sanar suas dúvidas entrando em contato através do portal (www.opatriarca.com.br), e para aprender mais sobre o mundo dos investimentos através de nossos cursos e palestras. Não perca no próximo artigo mais algumas confrontações. Deixe seu comentário logo abaixo. Até a próxima!

Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen - www.manualinvest.com/ www.opatriarca.com.br

Os investimentos e seus custos
Taxas. Está aí uma palavra que ninguém gosta, mas que tem que aturar. Elas estão em todo o lugar, e mesmo quando não estão visíveis, pode ter certeza...
Como os atletas perdem milhões
Recentemente, um amigo me enviou um artigo de revista que continha alguns exemplos divertidos dos gastos fora de controle de atletas profissionais. C...
Qual é a melhor hora para comprar?
Quando fui convidado a escrever este artigo para o Dinheirama, pelo Renato De Vuono, encarei isso como um grande desafio. Intuitivamente, e para ser ...
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions