A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


07/09/2015 08:42

5 Dicas para evitar a procrastinação e realizar seus objetivos

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Muitas pessoas nos procuram, pessoalmente ou por e-mail, dizendo que gostariam de mudar suas vidas, mas não sabem como; querem construir alguma mudança e não sabem por onde começar ou como combater um problema muito comum: o adiamento de decisões importantes.

Veja Mais
Os investimentos e seus custos
Como os atletas perdem milhões

Algumas pessoas possuem dificuldades financeiras, outras no relacionamento, mas sempre percebo algo belo nessas pessoas: o esforço, o otimismo e os valores. O texto de hoje aborda um pouco deste universo, mas com foco em práticas para evitar o “deixa para depois”.

Comece definindo metas e objetivos: Todos nós temos metas e objetivos pessoais e profissionais. As pessoas de sucesso costumam ter isso bem claro não só na cabeça, mas também em planilhas ou de forma impressa, e analisam o atingimento dessas metas e objetivos diariamente (ou no máximo semanalmente).

Se você não tem esse hábito, é importante repensar. Vamos fazer um teste? Responda para você mesmo: como você gostaria que sua vida estivesse daqui a 20 ou 30 anos? O que você está fazendo hoje para alcançar esses objetivos? Seus passos, pensamentos e atitudes são condizentes com o que você almeja?

Se você teve dificuldades ao responder algumas dessas perguntas, então é hora de rever seus hábitos com relação às metas e objetivos pessoais e profissionais.

A procrastinação só distancia você da verdadeira felicidade

Bem, voltando ao assunto, uma vez que você já tem claro para si mesmo suas metas e objetivos, você já tem condições de definir aquilo que é importante e priorizar sua execução, deixando cada vez mais de lado o urgente e o circunstancial.

E aí aparece uma palavra feia demais (feia na pronúncia e na escrita): procrastinação. O que significa esse “monstro”? Essa palavra significa retardar uma ação, deixar para depois, falta de vontade de fazer algo, adiar, atrasar, e assim por diante.

E o que a procrastinação tem a ver com objetivos e metas? É bem provável que seus objetivos e metas, tanto pessoais quanto profissionais, estejam atrelados com aquilo que você chama de felicidade, não é mesmo? Todos nós buscamos felicidade, e geralmente quando definimos um objetivo pessoal, é porque esse objetivo está atrelado com nossa felicidade.

Se alcançar as metas e objetivos pessoais vai trazer felicidade, então é só executar! Na teoria é simples, eu sei, e aí aparece a procrastinação, o ato de não fazer, de deixar para amanhã, deixar para depois.Na prática, procrastinar significa deixar de alcançar suas metas e objetivos, deixar para amanhã a sua felicidade. Mas, será que amanhã dará tempo? Faz sentido agir assim?

O que pode ser mais forte do que a sua vontade de alcançar suas metas e objetivos? Sinceramente, nada pode ser mais forte que você! Você é quem “comanda” a sua vida, portanto, se você tem claro suas metas e objetivos e agora já sabe que isso vai te trazer felicidade, então procure eliminar essa palavra procrastinação da sua vida!

Uma sacada aqui: quando você procrastina, aquilo que era importante poderá se tornar urgente, e o urgente é aquele tipo de atividade que chamamos de “apagar incêndio”. Quanto mais procrastinar, mais atividades urgentes aparecerão na sua vida, o que vai impactar diretamente na administração do seu tempo e na realização de seus objetivos.

5 dicas para evitar a procrastinação e realizar seus objetivos

Algumas dicas para ajudar a eliminar a procrastinação:

Faça cada uma das atividades na hora certa: esse é um trabalho de autoconhecimento. Eu, por exemplo, rendo muito mais no período da manhã. Portanto, 8 horas da manhã já estou na ativa, e vou parar apenas por volta das 12:30 ou 13 horas. Nesse período, minha produtividade é muito alta, o que não ocorre à tarde. Sendo assim, procuro fazer as atividades mais complexas na parte da manhã, aquelas que exigem mais concentração e foco. Quando eu preciso fazer algo um pouco mais criativo, resolver algo complexo, geralmente prefiro fazer a noite, após as 23 horas. Ache seus melhores momentos e execute suas atividades de forma inteligente, na hora certa;

Priorize suas tarefas: essa prática ajuda muito, pois traz clareza sobre o que realmente é importante e precisa ser executado. E se você priorizou e sabe que é importante, você já sabe que se não fizer, isso se tornará urgente;

Defina prazos: os prazos trazem o sentimento de urgência. Se você apenas prioriza suas tarefas, a procrastinação ainda pode te pegar. Mas quando você define prazos para você mesmo, aí entra o seu comprometimento e responsabilidade consigo mesmo. E quem gosta de falhar consigo mesmo? É uma espécie de fracasso, não é mesmo?

O feito é melhor que o perfeito: por vezes procrastinamos por achar que algo não vai dar certo ou que o caminho ainda está um pouco obscuro. Lembre-se: o feito é melhor que o perfeito, portanto vá em frente, com sorriso no rosto e firmeza nas decisões;

Tenha metas e objetivos: sem dúvidas, essa é a melhora dica! Se você tem um objetivo de vida e luta por ele, nada pode te derrubar. A vida é cheia de surpresas, sabemos disso, mas é tudo uma questão de teste. Você realmente quer alcançar seu objetivo de vida? Pois bem, foco e trabalho, e tenha a certeza que será “testado”. Quanto mais procrastinar, mais longe estará do seu objetivo, que é a sua própria felicidade.

Conclusão: Procrastinar é, em essência, dar de ombros para a felicidade. Ao definirmos metas e objetivos, tudo o que queremos é alcançá-los e poder comemorar estes momentos. Não adianta querer e ficar se sabotando ou até mesmo “enrolando”; isso só piora as coisas. Até a próxima!

Fonte: dinheirama.com.br
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen, criador do portal www.mayel.com.br

Os investimentos e seus custos
Taxas. Está aí uma palavra que ninguém gosta, mas que tem que aturar. Elas estão em todo o lugar, e mesmo quando não estão visíveis, pode ter certeza...
Como os atletas perdem milhões
Recentemente, um amigo me enviou um artigo de revista que continha alguns exemplos divertidos dos gastos fora de controle de atletas profissionais. C...
Qual é a melhor hora para comprar?
Quando fui convidado a escrever este artigo para o Dinheirama, pelo Renato De Vuono, encarei isso como um grande desafio. Intuitivamente, e para ser ...
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions