A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


07/11/2014 09:10

8 dicas para empreendedores e suas finanças pessoais

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Caros leitores, por mais que se propague a separação entre as contas empresariais e a gestão financeira pessoal dos empreendedores, e por mais que seja essa prática correta, sabemos muito bem que é impossível eliminar o fio condutor que de uma forma ou outra acaba por ligar as duas situações.O ponto é que, a menos que seu negócio seja uma S.A. dotada de excelente governança e uma rigorosa e independente estrutura de fiscalização, onde uma das missões seria a de proteger a empresa de você mesmo, cuidar para que uma eventual desestruturação das suas finanças pessoais não afete o seu negócio, se faz imperioso, caso deseje construir uma jornada pessoal e empresarial próspera e sólida.Aqui a prudência fala alto e não basta a política da separação de contas entre pessoas físicas e jurídicas, trata-se antes de consciência e educação financeira na veia. Caso contrário, a tentação para aumentar a sua retirada mensal, ou elevar o percentual de distribuição de lucros em detrimento de novos e importantes investimentos no negócio, será perigosamente grande. Cientes disso, sugiro evitar a tentação:

Veja Mais
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?

1. Tenha sempre a consciência de que é impossível enriquecer, gastando mais do que se ganha. O caminho da capitalização passa pela contenção, necessariamente;

2. O conservadorismo nas finanças pessoais permitirá a tomada de novos riscos, quando não correr tais riscos se caracterizar em algo ainda mais perigoso. Em outras palavras, “o caldo de galinha alimenta a capacidade para mais investimentos e o resultante gerenciamento de riscos”;

3. Tenha personalidade. Você não precisa seguir o senso comum vigente e consumir tudo aquilo que dizem ser essencial para se viver;

4. Não permita que o seu padrão de vida cresça na mesma medida que o crescimento dos resultados da sua empresa. Ele pode simplesmente estagnar, seja por conta de situações imprevisíveis de mercado, seja a partir de uma nova canetada do governo, ou quem sabe depois de uma pequena alteração no regime de tributação. Esteja capitalizado para enfrentar as adversidades e saiba que elas sempre virão, mais dos cedo ou mais tarde;

5. Fuja dos financiamentos, eles ainda são absolutamente insustentáveis e sua lógica não converge com uma política pessoal de enriquecimento. Saiba esperar e compre à vista, com desconto;

6. No campo da economia pessoal, por mais entusiasmado que seja com o futuro, mantenha vivo um certo pessimismo saudável;

7. Mantenha a sua família longe do negócio. Caso tenha filhos, faça-os buscar os seus próprios caminhos;

8. Trabalhe com o que gosta, de forma que seja menos um fardo e mais um veículo de realização e satisfação cotidiana. Desta forma você sentirá menos necessidade de “se compensar” (gastando e comprando) por conta do trabalho duro e do natural stress do dia-a-dia; Boa sorte e até o próximo.

Fonte: Saiadolugar.com.br
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.*Deseja mais informações ou ainda ampliar seus conhecimentos em investimentos. Acesse o site:www.opatriarca.com.br, ou ligue no Tel: (67) 3306-3613e solicite uma visita de um de nossos consultores certificados pela CVM.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.mayel.com.br

 

Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...
Não supervalorize coisas
Um experimento social muito famoso, executado em diversos países e no Brasil, relaciona dois grupos de indivíduos: o primeiro grupo ganha um objeto e...
O brasileiro nasce, cresce, põe o nome no Serasa e morre?
A pergunta do título é, na verdade, uma piada (de mau gosto) antiga que circula no Brasil. Com as taxas de juros que praticamos aqui, é muito fácil s...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions