A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


22/01/2016 12:01

Entenda os impactos da operação Lava Jato na economia brasileira

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Obras paralisadas, corte de investimentos e demissões são alguns dos efeitos colaterais da operação Lava Jato, que investiga um esquema bilionário de desvio e lavagem de dinheiro envolvendo a Petrobras. Segundo dados da consultoria Tendências, a operação deve ter um impacto negativo de 2,5% no Produto Interno Bruto.

Veja Mais
Como os atletas perdem milhões
Qual é a melhor hora para comprar?

Diante de tantos desequilíbrios econômicos acumulados nos últimos anos, é fato que o desempenho da economia seria fraco, mas o fenômeno Lava Jato tornou o cenário muito pior. “Não fosse o impacto da operação, a recessão brasileira seria bem menor. A Lava Jato paralisou setores que têm um peso grande nos investimentos totais da economia”, diz a economista Alessandra Ribeiro.

Já para a consultoria GO Associados, os impactos direitos e indiretos da operação estão na casa dos R$ 142,6 bilhões.A consultoria Tendências calcula que os investimentos da Petrobras seriam equivalentes a 2% do PIB, e os aportes de grandes construtoras envolvidas no escândalo em obras de infraestrutura, 2,8%.Em função da Lava Jato, construtoras como a Odebrecht e a Camargo Correa, revisaram seus planos de investimentos, além da própria Petrobras, que reduziu em mais de 30% o volume de investimentos previstos até 2019.

Em seu conjunto, os investimentos de todas as empresas envolvidas chegariam a quase 5% do PIB, em um país em que o nível total dos investimentos varia de 17% a 20%.Outro forte impacto deve se dar no consumo das famílias, na medida em que um dos efeitos da Lava Jato é a demissão de trabalhadores. Muitas empresas do setor de óleo e gás e construção civil realizaram demissões nos últimos meses. Assim, o aumento do desemprego e a inflação elevada devem resultar em contração da renda real (queda de 0,5% neste ano), algo que não acontecia desde 2003.Segundo a economista da Tendências, no curto prazo é difícil fazer algo que possa suavizar os impactos da Lava Jato na economia especialmente em um momento de necessidade de investimentos em infraestrutura.

“No entanto, toda a crise cria janela de oportunidades. Neste sentido, há a possibilidade de empresas nacionais de médio porte associarem-se a empresas estrangeiras, tendo em vista aumentar sua participação no mercado, inclusive, em novas concessões de infraestrutura. Adicionalmente, há a possibilidade de se abrir o mercado para empresas de construção estrangeiras, para possibilitar que os projetos em ferrovias, portos, aeroportos e rodovias saiam do papel”, afirma Alessandra.

Para ela, o lado positivo se deve ao fato de que as instituições estão funcionando e o risco de os corruptos serem pegos está aumentando – o que tende a limitar a corrupção no longo prazo.Fernando Marcato, da GO Associados, avalia que, embora o resultado de uma operação como essa possa ser uma melhoria institucional, terá um efeito indesejado para a economia se comprometer a própria existência de algumas empresas. “É preciso discernir entre indivíduos que cometeram falhas e as empresas, que são grandes geradoras de emprego e devem ter sua capacidade de investimento preservadas”, destaca Fernando.

Fonte: Isabella Abreu/dinheirama.com.br
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada comonome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes decomeçaraoperar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitordeveráaprofundarseusconhecimentos,buscandoauxílio de profissionaishabilitados para análise de seuperfilespecífico. Portanto, fica oautorisento de qualquerresponsabilidadepelosatoscometidos de terceiros e suasconsequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen, criador do portal www.mayel.com.br

Como os atletas perdem milhões
Recentemente, um amigo me enviou um artigo de revista que continha alguns exemplos divertidos dos gastos fora de controle de atletas profissionais. C...
Qual é a melhor hora para comprar?
Quando fui convidado a escrever este artigo para o Dinheirama, pelo Renato De Vuono, encarei isso como um grande desafio. Intuitivamente, e para ser ...
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions