A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


03/02/2014 08:37

Erros financeiros que os homens cometem

(*) Emanuel Gutierrez Steffen

Depois de expor os erros financeiros dos jovens e dos mais velhos, chegou a hora de ver o que os homens andam aprontando por aí. Curioso notar que após analisar bem cada item (a seguir), a sensação que fica é de que a maioria dos erros financeiros dos homens (senão todos) poderia ser consequência de um único fator: “excesso de autoconfiança”. Logicamente cada caso é um caso, por isso mesmo a atenção, é fundamental para saber se você também ainda não caiu na armadilha. Vamos em frente!

Veja Mais
Analfabetismo financeiro segue alto na era da informação
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?

1- Investir de forma agressiva sem estar preparado: O “sem estar preparado” no título do tópico foi só por educação, pois mesmo estando muito preparados (ou pelo menos “achando” estar preparado), os homens acabam cometendo as maiores “barbeiragens” no mundo dos investimentos e, exatamente por isso, acabamos sendo superados pelas mulheres, que adotam uma postura mais conservadora e uma visão de “devagar e sempre”. O investimento extremamente agressivo, com objetivos de curto prazo e de ganhos rápidos, é uma coisa tipicamente masculina, e é exatamente onde a maioria dos homens entra pelo cano. Nossos hormônios efervescentes nos fazem ver o mercado de renda variável não como uma opção de investimento, mas como uma espécie de “cassino” que pode transformar a vida de alguém instantaneamente. E é exatamente nestes momentos que o dinheiro vai embora.

2- Ignorar despesas do dia a dia: Não é um erro apenas masculino, mas como nossa autoconfiança excessiva é muito mais aflorada, tendemos a confiar ainda mais em nossa memória e a desdenhar de ferramentas e práticas de controle financeiro. Muitos acreditam que as coisas vão se resolver sozinhas. Até que um dia uma consulta ao extrato bancário revela que os registros que estão ali “não batem” com as da memória.

3- Contar com recursos que ainda não tem: Muito comum entre os homens assalariados e comissionados, que já “gastam por conta” contando com os bônus de final de ano (que poderão não vir) ou comissões de negócios que ainda não aconteceram. De novo, é apenas mais uma manifestação da autoconfiança excessiva.

4- Gastos excessivos para impressionar outras pessoas: Seja para autoafirmação ou para chamar a atenção, homens adoram impressionar a todos: família, amigos, mulheres, etc., e etc. E para isso torram todo o dinheiro com desperdício, objetos caros, consumo descontrolado e supérfluo. Não é a toa que, nos EUA, em alguns contextos, se usa o termo “peacocking” (Algo como “pavonear”, em uma tradução livre. Conhece o pavão?) para descrever o comportamento exibicionista tipicamente masculino.

5- Não compartilhar problemas financeiros: Especialmente com a família e com as pessoas mais próximas. Quando surgem, ou melhor, quando se “manifestam” os problemas financeiros, devido aos comportamentos já citados, os homens tendem a ficar calados, talvez para não demonstrar fraqueza, ou para não ser julgado como “fracassado” aos olhos dos outros. Essa coisa de não conversar com a família para manter a imagem de “durão” acaba, na maioria das vezes, evoluindo para uma típica situação de infidelidade financeira, em que a mulher e os filhos acabam descobrindo, da pior forma possível, que a família está completamente arruinada financeiramente.

E então homens, o que acharam? Tem muito mais, não é mesmo? Mas vamos parando por aqui para a nossa barra não ficar tão pesada. Se alguém tiver alguma sugestão para incorporar a lista, não deixe de compartilhar! Mulheres se preparem porque vocês são as próximas! Até lá!

(*) fonte adaptadaportal André Massaro

Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.manualinvest.com

 

Analfabetismo financeiro segue alto na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...
Não supervalorize coisas
Um experimento social muito famoso, executado em diversos países e no Brasil, relaciona dois grupos de indivíduos: o primeiro grupo ganha um objeto e...
O brasileiro nasce, cresce, põe o nome no Serasa e morre?
A pergunta do título é, na verdade, uma piada (de mau gosto) antiga que circula no Brasil. Com as taxas de juros que praticamos aqui, é muito fácil s...



Esta é a melhor coluna deste site, sem desprezar as outras.
Conheço Emanuel desde a sua juventude e fico impressionado com o domínio que ele desenvolver neste tema de financas pessoais.
Parabéns ao Campo Grande News e ao Emanuel Gutierrez
 
Domicio Junior em 03/02/2014 11:40:27
Bom dia Emanuel.
Adorei e reportagem e é bem por ai mesmo, inclusive estamos passando pela experiência e a consequência de auto confiança e pouco controle das dividas da Empresa do meu esposo, eu sou formada em contabilidade e acho que sou até um pouco exagerada no controle das finanças, após tomar conhecimento da situação em que a Empresa estava, passei a ajudá-lo , espero que tenhamos ótimos resultados.
Adoro essas matérias sobre finanças, tenho aprendido muito, obrigada.
 
Luciana Bogado em 03/02/2014 11:15:00
Sou fã das suas matérias, e me ajudam muito a refletir sobre o tema.
 
Gabriela Freitas em 03/02/2014 09:35:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions