A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


06/01/2014 07:59

Estratégias em 2014 - Renda fixa e Investimentos no exterior

(*) Emanuel Gutierrez Steffen

Uma gestora de recursos de um banco múltiplo com atuação nacional e internacional apresentaram as perspectivas para os investimentos em 2014 que são muito interessantes, pois revelam ao leitor um panorama de tudo o que se espera ao longo deste novo ano. Segundo esta gestora os fundos multimercados em 2013 foram um dos produtos que apresentaram melhores resultados devido á uma estratégia que deve continuar a dar bons frutos em 2014, que é o investimento de parte do patrimônio em ativos no exterior.

Veja Mais
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?

Com a recuperação econômica dos EUA e Europa em 2014 da crise financeira dos últimos anos, e consequentemente, com a retirada dos estímulos à economia (o que gera a valorização do dólar) aplicar no exterior deverá ficar ainda mais interessante. A previsão da gestora é que 2014 termine com o dólar a 2,50 reais. Para quem ainda não conhece este produto, os fundos multimercados são fundos que possuem maior flexibilidade quanto à escolha dos ativos que compõem a sua carteira, investindo em ativos de renda fixa e renda variável, e que podem ainda, investir até 20% de seu patrimônio no exterior, podendo ser abertos a qualquer tipo de investidor.

Com o juro e inflação altos, outro investimento que deve se destacar é a renda fixa atrelada à inflação. As Notas do Tesouro Nacional-série B (NTN-Bs) negociadas via Tesouro Direto atualmente pagam 6% ao ano acima da inflação, e com uma possível alta ainda maior da taxa básica de juros (Selic), podem passar a oferecer juros ainda maiores. A Selic esta projetada em 10,5% no fim de 2014, e uma inflação de 6,4%, esbarrando no teto da meta do Banco Central que é de 6,5%.

É um momento interessante para começar a montar posições em papéis de renda fixa de longo prazo que gerem esse juro real de 6% ao ano. Quando o ciclo de alta de juros americanos acontecer, o juro brasileiro pode voltar a cair. Ainda segundo esta gestora, para um jovem de 30 anos, por exemplo, NTN-Bs com vencimentos em 2035 e 2050 podem ser uma ótima maneira de formar uma boa poupança para o futuro. Mas tome cuidado: a perspectiva ainda é a de alta de juros, papéis comprados agora prometendo um juro de 6% ao ano acima da inflação podem oscilar para baixo quando a Selic subir mais. Assim, é melhor carregar o investimento até o vencimento e comprar os novos títulos que paguem mais, do que vender o título antes do fim do prazo, podendo adquirir perdas.

Resumindo amigo leitor, á ideia aqui é montar uma posição neste cenário atual, com a perspectiva de queda da taxa de juros no futuro, mesmo que no curto prazo a tendência ainda seja de aumento podendo chegar a 10,5% ao fim deste ano como citado anteriormente. Fica a dica da análise da gestora de recursos para este ano de 2014. Com base na conjuntura atual é possível montar uma estratégia para quando o cenário se inverter. Até a próxima!

Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.manualinvest.com

Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...
Não supervalorize coisas
Um experimento social muito famoso, executado em diversos países e no Brasil, relaciona dois grupos de indivíduos: o primeiro grupo ganha um objeto e...
O brasileiro nasce, cresce, põe o nome no Serasa e morre?
A pergunta do título é, na verdade, uma piada (de mau gosto) antiga que circula no Brasil. Com as taxas de juros que praticamos aqui, é muito fácil s...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions