A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


31/10/2014 08:49

LCI e LCA rendem até 71% acima da poupança; conheça outras opções sem IR

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Investir sem pagar Imposto de Renda. Parece bom? Muitos investidores têm dito sim a essa pergunta e procurado opções para aplicar o dinheiro sem ter de desembolsar de 15% a 22,5% de Imposto de Renda sobre o rendimento, dependendo do tempo que o dinheiro fica aplicado.

Veja Mais
Qual é a melhor hora para comprar?
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação

A opção mais conhecida de investimento sem incidência de Imposto de Renda é a caderneta de poupança, que também não tem taxa de administração. A facilidade deste investimento faz com que ele seja bastante popular.

Mas a baixa rentabilidade da poupança, de 0,5% ao mês mais TR, tem tirado sua atratividade. Em setembro, o investimento apresentou a menor captação desde 2005. "Há opções bem mais vantajosas, como a Letra de Crédito Imobiliário (LCI) e a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA)", afirma o professor Michael Viriato, coordenador do Laboratório de Finanças do Insper.Uma aplicação de R$ 5.000 na poupança por 36 meses rende R$ 1.135.28. Na LCI, o rendimento é de R$ 1.938.54. A diferença é de 71% a mais para a LCI, segundo simulação da corretora Easynvest.

Segundo Marcio Cardoso, sócio-diretor da Easynvest, nos últimos meses LCI e LCA obtiveram em média um rendimento 50% superior ao da poupança. "As letras de crédito têm se popularizado muito ultimamente. O estoque de LCI e LCA já ultrapassou a marca dos R$ 150 bilhões", diz o diretor.Para se ter uma ideia do que isso representa, o patrimônio atual da poupança é de R$ 643 bilhões. A corretora disponibiliza um simulador em seu portal para comparar a rentabilidade da poupança versus LCI e LCA.A poupança ainda atrai muitos investidores que a consideram segura, diz Viriato. Mas poucos sabem que as LCIs e LCAs têm a mesma segurança da poupança, já que contam com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) até o limite de R$ 250 mil, por CPF, por instituição financeira. "É a mesma garantia da poupança", afirma.

A desvantagem das LCIs/LCAs é que elas normalmente exigem um valor mínimo e um prazo de carência para o investimento, diferentemente da poupança, que aceita qualquer valor e que rende a partir do primeiro mês. "Há aplicações que chegam a ter prazo de carência de 4 anos, durante o qual não se pode retirar o dinheiro", diz Viriato.Para o professor de Finanças da Fiap, Marcos Crivelaro, a poupança ainda é um bom destino para guardar as primeiras economias, aquelas que deverão servir para uma reserva de emergência. "Até uns R$ 30 mil, deve ser considerado o 'volume morto': não mexe", diz. "Quando a pessoa conseguir juntar esse montante, deve começar a guardar novamente e aí poderá diversificar com outras aplicações.” "As LCAs/LCIs são, atualmente, a poupança da classe média", diz Crivelaro. "Oferecem segurança, têm isenção de IR, mas é preciso ter um valor maior e um prazo maior para investir. E a classe média tem essa condição."Na Easynvest, por exemplo, é possível investir em LCI/LCA a partir de R$ 5.000.

Fundos imobiliários (FII), CRI, CRA e debêntures de infraestrutura também são opções de investimentos sobre as quais não incide imposto de Renda.Mas, na opinião dos especialistas, essas modalidades embutem um risco maior, e devem ser experimentadas apenas por aqueles que já têm uma maior intimidade com o mercado financeiro, ou dispõem de consultores de investimentos, caso dos clientes private dos bancos ou pessoas que pagam planejadores financeiros pessoais."A LCI e a LCA têm risco semelhante ao de um CDB. Já os CRI e CRA não possuem garantia do FGC, o que as tornam mais arriscadas", diz Viriato.Marcos Crivelaroafirma que quem investe até R$ 20 mil em ações também não paga imposto de Renda, mas ele não aconselha a fazer isso nesse momento, por conta da turbulência na economia.

Fonte:UOL economia.
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.*Deseja mais informações ou ainda ampliar seus conhecimentos em investimentos. Acesse o site:www.opatriarca.com.br, ou ligue no Tel: (67) 3306-3613e solicite uma visita de um de nossos consultores certificados pela CVM.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.mayel.com.br

 

Qual é a melhor hora para comprar?
Quando fui convidado a escrever este artigo para o Dinheirama, pelo Renato De Vuono, encarei isso como um grande desafio. Intuitivamente, e para ser ...
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...
Não supervalorize coisas
Um experimento social muito famoso, executado em diversos países e no Brasil, relaciona dois grupos de indivíduos: o primeiro grupo ganha um objeto e...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions