A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


24/10/2016 09:25

Sem educação financeira, até milionários ficam pobres

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Interesse por finanças, está aí um dos mais importantes passos para colocar a vida financeira em ordem. Começar é o mais importante, ainda que a visão tipo “vou ficar rico logo” certamente sofra mudanças ao longo da prática da educação financeira. Tão importante quanto começar a se preocupar com dinheiro é entender que a educação financeira não é garantia de riqueza material – embora seja o caminho mais seguro para alcançá-la e, principalmente, mantê-la. Hoje vamos conversar um pouco sobre esse tipo de confusão que muita gente faz, e que precisa ser esclarecida. Essa compreensão funciona como um filtro, que costuma separar gente de sucesso dos tomadores de atalhos.

Veja Mais
Os investimentos e seus custos
Como os atletas perdem milhões

O papel da educação financeira - O objetivo maior da educação financeira é levar até você conhecimentos suficientes para que você tenha condições de administrar uma das coisas que mais impacta a sua, a minha e a vida de todo mundo: o dinheiro. A educação financeira possui duas grandes verticais: a técnica e a comportamental. Na vertical técnica, aprendemos sobre como multiplicar o dinheiro que recebemos através do mercado financeiro e do empreendedorismo. Na vertical comportamental, aprendemos a difícil arte de controlar nossos hábitos financeiros e lidar com as emoções e desejos de consumo.

É aqui que se encaixa o princípio mais básico das finanças pessoais: gastar menos do que se ganha. Muitas pessoas acham que é difícil aprender a operar na bolsa de valores, por exemplo. É fato que este ambiente requer mais dedicação e conhecimentos específicos, mas, acredite, é muito mais difícil controlar suas emoções na hora de uma compra que criar um setup no mercado acionário. Portanto, ser educado financeiramente é ter uma boa consciência destas duas áreas (técnica e comportamental), procurando aprendê-las de forma contínua e equilibrada.

Riqueza é algo subjetivo - E se eu perguntasse para você: “O que é ser rico”? O que você diria? Ter dinheiro em abundância? Ter uma mansão com belos carros (e motos) na garagem? Estar cercados de pessoas amáveis? Viajar pelo mundo durante um ano inteiro? Ter saúde plena para desfrutar a vida? Equilibrar esportes, família e trabalho? E se eu pedisse para você escolher apenas uma dessas coisas? Bem, então você teria que priorizar, segundo seus valores e princípios, e isso é algo muito pessoal (e subjetivo).

Assim, primeiro você precisa montar uma lista ou criar as suas referências próprias a partir da sua definição de riqueza. Depois coloque essa lista em ordem de importância para você. Assim você aprenderá um dos pilares da educação financeira: a necessidade de priorizar.

Agora reflita sobre quais são as ações necessárias para você alcançar cada meta definida. Monte um plano para obter os recursos necessários. Por fim, adquira seus itens de riqueza e seja feliz!
As três “palavras mágicas” para ficar rico - Parece simples seguir as etapas descritas no parágrafo anterior, não é mesmo? De fato, é simples, o que não quer dizer que é fácil, nem tampouco rápido. Há três “palavras mágicas” (que escondem conceitos e atitudes) que todos nós precisamos aprender a usar diariamente, se quisermos ser ricos:

1. Prioridade;
2. Disciplina;
3. Paciência.

Tais “palavras mágicas” sempre foram as responsáveis pelo sucesso que alcancei. Aliás, sucesso também é algo relativo, mas esta reflexão fica para outra oportunidade. Se você está no grupo que conseguiu poupar e investir apenas alguns trocados, provavelmente não praticou as ações envolvidas nestas palavras (ainda). Não priorizou, pois já gastou em vez de acumular e reinvestir; não teve disciplina, pois parou de investir em busca de um atalho; e não teve paciência, pois continua buscando atalhos.

Sem educação financeira, até os milionários ficam pobres - Lembrei-me daqueles casos fatídicos de pessoas que ganharam milhões em loterias e similares e, poucos anos depois, estavam sem dinheiro. Como isso é possível? Simples: zero educação financeira.

Hoje, um título público paga perto de 11% ao ano (descontando IR e taxas) – 2,4 % ao ano de juros reais (descontando IR, taxas e inflação). Isso significa juros reais de 0,2% ao mês, mantendo o poder de compra do dinheiro ao longo dos anos. Parece pouco? Se uma pessoa ganhar R$ 10 milhões de reais em um jogo desses e aplicar tudo neste produto do exemplo, ela garantirá uma renda de R$ 20 mil por mês, preservando os R$ 10 milhões e ainda garantindo a correção deles pela inflação. Para alguém que estava acostumado a receber menos de mil reais ao mês (ou pouco mais que isso), passar a receber R$ 20 mil mensais, além de manter um patrimônio de R$ 10 milhões corrigidos anualmente pela inflação, parece muito bom, você não acha?

Para isso, bastaria o ganhador colocar todo o dinheiro no Tesouro SELIC. Uma simples manobra de educação financeira, do ponto de vista técnico. Mas do ponto de vista comportamental, o dono do bilhete precisaria vencer a enorme tentação de não sair gastando tudo com consumos excêntricos – muitos não conseguem e voltam às suas vidas de pobreza material.

Lamento, mas não há atalhos! - Como eu não gosto de loterias e similares, pois podem se tornar um vício, causando danos psicológicos e estimulando a obtenção de dinheiro fácil, não restam outros caminhos senão aqueles pautados pelas prioridades, aplicação da disciplina e uso da paciência. Sinto informar, mas não há fórmulas rápidas para o enriquecimento financeiro. Para chegar lá, primeiro é necessário investir em conhecimento, para que você tenha condições de sintetizá-lo e trocá-lo por dinheiro, na forma de trabalho. Você também precisa aprender a gastar menos do que ganha e multiplicar o restante em investimentos no mercado financeiro ou nos negócios; precisa repetir esse fluxo muitas e muitas vezes, até que isso se torne um estilo de vida para você. Repito: educação financeira só funciona quando ela se torna um estilo de vida, com aprendizado diário e prática contínua.

Conclusão - Agindo da forma descrita neste texto você enriquecerá de forma honesta, semana após semana, ano após ano, com a consciência tranquila, certo de que está buscando alcançar aquilo que é importante para você e sua família, sem trair seus valores e princípios. Você está correndo atrás da sua riqueza (lembra de como ela é pessoal?). Lembre-se que a riqueza depende de suas escolhas e o dinheiro é um importante instrumento para ajudar você durante todo o processo. Portanto, educação financeira na veia, hoje e sempre! Estamos combinados? Abraços e até a próxima!

Fonte:Conrado Navarro/Dinheirama.com
Disclaimer: A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen é criador do portal www.mayel.com.br

Os investimentos e seus custos
Taxas. Está aí uma palavra que ninguém gosta, mas que tem que aturar. Elas estão em todo o lugar, e mesmo quando não estão visíveis, pode ter certeza...
Como os atletas perdem milhões
Recentemente, um amigo me enviou um artigo de revista que continha alguns exemplos divertidos dos gastos fora de controle de atletas profissionais. C...
Qual é a melhor hora para comprar?
Quando fui convidado a escrever este artigo para o Dinheirama, pelo Renato De Vuono, encarei isso como um grande desafio. Intuitivamente, e para ser ...
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions