A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


25/11/2015 08:42

Você, seus erros e seu dinheiro!

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Ao longo da nossa vida financeira, cometeremos incontáveis erros. Erros ao gastar, poupar e aoinvestir. Erros, erros e mais erros. Olhando assim, você pode até se assustar e pensar que com tantos erros nessa trajetória, seu futuro financeiro corre sérios riscos. Felizmente, não é bem assim. O primeiro ponto que precisamos entender é: por que erramos tanto? Para essa pergunta, existem duas respostas. A primeira, e mais óbvia, é que não estamos capacitados para acertar. A esmagadora maioria da nossa população não tem, nunca teve e dificilmente terá acesso à educação financeira.

Veja Mais
Como os atletas perdem milhões
Qual é a melhor hora para comprar?

Conceitos básicos como orçamento, poupança, inflação, juros, dentre outros, não passam de “economês” para muita gente. Não por acaso, essas pessoas acabam metendo os pés pelas mãos quando o assunto é dinheiro. A segunda razão pela qual cometemos tantas falhas nessa área da vida é que somos submetidos, diariamente, a decisões financeiras:

- Qual supermercado optar para as compras?

- O que comprar? Quanto de cada item?

- Comprar aquela camisa linda ou não?

- Devo pagar à vista ou a prazo?

- Quanto de desconto realmente vale a pena?

Essas e muitas outras escolhas estão presentes no nosso cotidiano. Atéaí, nenhumproblema; a questão é nãoestarpreparado para fazer as escolhascorretas. Resultado?Uma sucessão de más escolhas. Imagine um aluno que entende muito pouco de uma matéria e todo santo dia é submetido a uma prova da disciplina. O que iráacontecer com ele? Uma sucessão de notas baixas, provavelmente. Afinal, todo dia é dia de uma prova de um conteúdo que ele desconhece, certo?

Com as nossas finanças acontece a mesma coisa. Diariamente, tomamos decisões ruins simplesmente porque não nos capacitamos para tomar as decisões corretas e, mesmo assim, as provas não param de chegar (e não vão parar nunca). Como você já deve ter percebido, quer você goste ou não, quer você saiba da matéria ou não, as provas serão realizadas quase que diariamente.

Ou seja, se não é possível livrar-se delas, a única solução que nos resta é aprender e praticar para tirar boas notas. Ah, a boa notícia é que oserroscometidosatéaquipodemajudarbastantenesseaprendizado.

Se você errou é porque já fez e não deu certo. Você pode não saber ainda o que fazer, mas é provável que já saiba muitas coisas que não deve repetir com relação ao seu dinheiro. O que não comprar, onde não investir, todos esses “nãos” podem te ajudar a chegar ao “sim”. Para isso, cabe a você se preparar adequadamente para encontrar essa resposta.
Quanto aos erros do passado, você nada pode fazer, a não ser utilizá-los como aprendizado para o seu futuro. Não importa a sua idade, você ainda tem uma vida inteira pela frente. Tomar as decisões adequadas ao administrar seus recursos irá ajudá-lo a atingir seus objetivos.

Para que esse processo se torne real, a única coisa que você precisa fazer é dedicar um pouco do seu tempo a adquirir a habilidade de lidar melhor com seu dinheiro.

Conclusão: Sei que muita gente tem calafrios quando se trata de finanças, poupança e investimentos. Se esse é o seu caso, não tem problema. Esqueça a matemática e os números! Aprender a lidar com seudinheiro tem a ver com seufuturo, seusobjetivos, sonhos e, principalmente, com o seupropósito de vida.

Acima de qualqueroutracoisa, oserrospodemteajudar a construir um futuromelhor e maispromissor do que foiseupassado. Pensenisso! Obrigado e até a próxima.

Fonte: Samuel Magalhães/dinheirama.com
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitordeveráaprofundarseusconhecimentos, buscandoauxílio de profissionaishabilitados para análise de seuperfilespecífico. Portanto, fica o autorisento de qualquerresponsabilidadepelosatoscometidos de terceiros e suasconsequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen, criador do portal www.mayel.com.br

 

Como os atletas perdem milhões
Recentemente, um amigo me enviou um artigo de revista que continha alguns exemplos divertidos dos gastos fora de controle de atletas profissionais. C...
Qual é a melhor hora para comprar?
Quando fui convidado a escrever este artigo para o Dinheirama, pelo Renato De Vuono, encarei isso como um grande desafio. Intuitivamente, e para ser ...
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions