A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


08/04/2011 09:48

Amplavisão

Manoel Afonso

O DESAFIO: Como conter a insatisfação dos eleitores que votaram na Marisa pelo seu perfil de educadora e dos pecuaristas caloteados pelo “Independência” do Toninho Russo? No saguão da AL não se falava em outra coisa!

IMAGINEM o “novo senador” como convidado vip na Expô! Ficaria de saia justa ou apostaria na falta de memória da opinião pública? Questões como essa vão aflorando e precisam ser registradas para não se alegar ignorância e omissão.

EVIDENTE que o jogo político é frio e profissional. Como a lei permite, caso vire mesmo senador, Toninho Russo poderia voltar ao PR e vestir a farda de aliado de Dilma, abrindo caminhos para André junto ao Palácio do Planalto.

CANDIDATURA majoritária na capital exige bem mais que vontade, direito e partido. Envolve interesses que passam pelo empresariado e lideranças classistas. Também não há clima para ‘candidatura tipo meteórica e de salvador da pátria”

A JANELA do novo partido (PSB) deve ser a opção de Paulo Siufi, Os seus desafios: Qual o seu discurso? Quem são seus companheiros? Como conviver com o PT e cia sem negar o passado (ainda presente) e o parentesco com os Trad?

A PRESSÃO pela candidatura própria do PMDB já é grande e deve aumentar. André e Nelsinho pisam em cristais para manter o leque de candidatos no 1º turno e reagrupá-los no turno decisivo. Pode estar aí a grande vantagem sobre o PT.

DAGOBERTO conhece bem as entranhas do PT. Suas confissões recentes ao colunista confirmam a “incompatibilidade de gênios” entre Zeca e Delcídio. Esse noticiário sobre reconciliação entre ambos é de encomenda, não tem consistência.

ZECA tem convicção de que os votos do PT no MS são exclusivamente dele, força de seu trabalho de base, enfim de sua militância. Portanto, na sua visão, o processo sucessório de 2012 - inclusive da capital - deve passar por ele.

DELCÍDIO quer fincar de vez o pé na capital para construir base e grupo. O apoio à Paulo Siufi seria uma das opções? Lembro: a candidatura de Vander poderia vir a fortalecer Zeca para o pleito de 2014. Não interessa à Delcídio.

REPENSAR Com a ida de Marisa ao TCE, Azambuja pode rever seu projeto: os tucanos continuariam coadjuvantes do PMDB. Não vejo outros nomes no PSDB que tenham densidade eleitoral ou que empolguem o eleitorado.

EMPRESÁRIOS Todos os nomes foram examinados pelos ‘analistas’ do saguão da AL. Não há pelo menos um na capital que reúna prestígio pessoal e carisma que empolgue a população. Conclusão: desse mato não sai coelho.

E AGORA? Concluída essa fase de trabalho das Comissões da Reforma Política, fala-se na realização de plebiscito ou referendo nacional para que o eleitor escolha o modelo de sua preferência. Confira abaixo as hipóteses mais prováveis.

“DISTRITAL” O país é dividido em distritos (quantos e quais critérios?) e o eleitor escolhe só um representante. Outro sistema: o “Distrital Misto”, parte é eleita por distritos e outra metade pela tradicional eleição majoritária.

“LISTA FECHADA” O partido elabora lista de candidatos que serão eleitos de acordo com a ordem em que foram colocados nesta lista. O eleitor vota assim no partido e não nos candidatos. O eleitor não tem outra opção de voto.

“DISTRITÃO” As eleições em todos os níveis são majoritárias, os eleitos serão os candidatos mais votados. Outro sistema é o “Distritão Misto”: uma parte é preenchida pelos nomes da lista fechada e outra pela eleição majoritária.

DESTAQUE para outras inovações aprovadas: candidatura avulsa (sem partido) para prefeito e vereador; financiamento público de campanha e mudança da data de posse de prefeitos, governadores e presidente da república inclusive.

O ELEITOR ‘está por fora’ do que se pretende mudar; tudo ainda está na fase embrionária. A sociedade precisa ser esclarecida através de campanha para se mobilizar em favor desta ou daquela proposta. Tudo tem seu tempo.

ACERTADO mesmo é que a o instituto da coligação vai acabar. Com ela acaba a moleza de um candidato pífio se eleger graças a votação de outros. Caso recente dos candidatos favorecidos pelo excelente desempenho do Tiririca.

PAULO DUARTE notabilizando-se pela análise crítica do modelo das concessões dos serviços públicos. Em todas elas, as concessionárias têm mais direitos que deveres e as clausulas penalizam o consumidor sem defesa. É ferro!

INDIGNAÇÃO Foi o que faltou ao Tetila em seu discurso contra a indisponibilidade de seus bens pela Justiça. A citação de seu filho dentista, como beneficiado de “ mensalão” dos Uemura, não foi contestada pelo deputado. Grave!

O VÍRUS da política é contagiante. Na mídia as notícias sobre o envolvimento de familiares de senadores e deputados na política. É difícil, por exemplo, desassociar um filho do mandato eletivo do seu pai. Como se diz: está no sangue.

AQUIDAUANA Foi só as águas voltarem ao leito do rio e o prefeito Fauzi enfrenta outro problema: denúncias de irregularidades. Claro que o ambiente político da cidade é conhecido, mas a Justiça existe exatamente para isso. É esperar.

A lealdade de Zé Teixeira e a gratidão do governador
‘MÁGICAS’ A diferença entre ‘acórdão’ e ‘acordão’ não é apenas na acentuação. Se o ministro Ricardo Lewandowski inventou que a ex-presidente Dilma Ro...
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
DESAFIO Se o presidente Michel Temer (PMDB) não vetar, caso o Senado aprove o projeto bizarro da Câmara, o país irá culpá-lo e perderá o apoio das ru...
Pizzas, os políticos não abrem mão delas
NÁUFRAGO Culpando a TV Globo e o juiz federal Sergio Moro, o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PT) tentou no saguão da Assembleia Legislativa justifi...
Invasores das escolas, a nova aposta do PT
LUZ AMARELA Os casos do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, com as finanças em colapso, estão sendo considerados pelo governador de Mato Grosso do Su...



A população de Aquidauana acredita na Justiça e aguarda o parecer do juiz.
 
Tiago Roda de Oliveira em 14/04/2011 06:34:34
o que dizer dos acordos politicos , vejo que o Sr Manoel sabe cutucar bem quem ameaça os palacianos , mas , o povo precisa ser avisado de que eles votam e pelo visto se confia tanto no poder financeiro das campanhas que as discussões ficam no ambito de poder
de quem pode e de quem tem masi prestigio
De fato o povo hoje pelo visto é o que menos conta, será que continuaremos assim??
Creio que até o momento candidatos sao bois de piranha somente para sentir o clima e na hora certa com certeza aparcerá os candidadtos da manga tanto do prefeito ou do governador e ou de ambos , e do lado de lá tambem caminha para mesma decisão
Aguardemos para ver , mas , nao se esqueçam de avisar o Povão Manoel , pois um dia a casa cai parar todos
 
marco antonio em 14/04/2011 02:23:17
A UFMS já foi palco de vários crimes, e nem por isso, seus dirigentes tomaram qualquer iniciativa no sentido de coibir atos de violências praticados contra os alunos de tão importante instituição de ensino. Não se pode colocar a burocracia acima da proteção à vida; as providências já deveriam ser tomadas ha muito tempo, até porque trata-se de simples procedimentos de rotina, e não de algo que necessitem de elevados recursos financeiros. Os estudantes devem se unir e pedir providências por parte de nossos deputados e senadores junto ao MEC.
 
benedito rodrigues da costa em 13/04/2011 09:10:00
a coluna do manoel afonso e a primeira coisa que nos lemos no cassilandia jornal e em todos os lugares por que ela so fala a verdade doa a quem doer manoel e nota dez obrigado por ser esse brilante jornalista que vc e desde os tempos do rotativa no ar na radio patriarca de cassilandia vc e o marcos algusto era brilante ja aqui em cassilandia continua sendo assim parabens por ser daqui da terinha sou seu fan assinado cabral
 
carlos alberto cabral da silva em 12/04/2011 11:40:56
Aonde vamos parar? Votei nesta senhora, Mariza, pra Senadora. Ai, pensei, temos lá no Senado uma opositora a este governo do PT que agora ja esta mostrando ao que veio:
vide a disparada da inflação, os aumentos abusivos dos combutiveis e o corte (calote)de 50mi. nos programas que, segundo eles(LULA E DILMA) seria a redenção do BRASIL.
Agora, vem a nossa senadora do PSDB se "ajeitando" pra abandonar o barco. Por que? Por quanto? E nosso deputados estaduais, vão aceitar isso? A que preço? Sera que esse pessoal pensa que somos todos burros, venais e que vendemos nossos votos?
Senhores deputados estaduais, temos gente muito boa dai da Assembleia para ir pro TCE. Mostrem que esta Casa tem independencia e não..... "independencia". Não esculhanbem mais do que ja fizeram (vide declarações do ex-dep. Rigo.)
E que Deus nos ajude. Amem.
 
jose roberto em 11/04/2011 07:30:36
Inegàvelmente, nos países democráticos, a imprensa simboliza o Quarto Poder; e o seu papel na divulgação de assuntos de interesse da sociedade é de vital importância, notadamente quando o faz com responsabilidade e equilibrio. A mídia tem dado destaque na questão da saúde pública, particularmente na situação delicada em que se encontra a Santa Casa. Em nossos deslocamentos diarios pelas vias centrais de nossa cidade, não podemos deixar de voltar os olhos para o magestoso edificio do Hotel Campo Grande, outrora, referência no setor. Porque não transformá-lo em um Hospital? Nossas autoridades bem que poderiam estudar essa possibilidade.
 
benedito rodrigues da costa em 10/04/2011 07:47:55
Ocupação de espaço leva tempo. Lembro quando Manoel Afonso chegou aqui em CG, vindo de Cassilândia, trazendo na mochila os louros, os conhecimentos e as experiências de uma advocacia promissora e venturosa. Na época, lá em Cassilândia, eram dois os nomes dos advogados mais brilhantes e mais combativos: Manoel Afonso e João Girotto. Apesar disso, apesar da próspera história lá construída, Manoel Afonso veio pra cá. Largou tudo e veio pra cá! Lá já havia experimentado o néctar do jornalismo. Não deu outra, era isso que ele queria fazer aqui. Começou a passos lentos, mas, firmes... Hoje não se fala de política sem antes fazer um passeio por sua coluna - AMPLAVISÃO. Parabéns, Manoel Afonso!
 
Antônio Cézar Lacerda Alves em 08/04/2011 02:01:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions