A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


21/09/2012 20:29

Amplavisão

Manoel Afonso

‘BOM ALUNO’ Inspirado talvez na conduta de líderes nacionais (Mensalão), o vereador Nandinho (PT) em cana pelo crime de extorsão em Bonito. Cada vez mais difícil ao PT bradar a espada (de plástico?) da ética/moralidade.

Veja Mais
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
Pizzas, os políticos não abrem mão delas

Ô RAÇA! Mais um caso fruto de dois fatores: a certeza da impunidade baseada nas circunstâncias e a aposta na cumplicidade dos colegas que esperavam a verba indenizatória. Mas será que alguém vai defendê-lo no palanque?

‘A PROPÓSITO’ A postura do STF traz de volta Lula criticando a imprensa, a Justiça e falando em ‘golpe das elites’. É o PT raivoso - que não assinou a Constituição e não apoiou o Colégio Eleitoral que elegeu Tancredo. O começo do fim.

‘DELÍRIO’ A nota dos partidos em defesa de Lula é ridícula. A tentativa de comparar a postura da mídia no Mensalão à campanha contra Getúlio (1954) e ao Golpe de 64 contra Jango é desproporcional. Lula é Deus, só para Marta Suplicy.

DANTE FILHO “...acho que o Bernal continua a ser um avião na pista atrapalhando a decolagem das candidaturas do PT e do PSDB. Podemos compará-lo muito por cima àquilo que o Russomano está representando nas eleições de São Paulo”.

MESMICE Assim a opinião pública qualifica essas eleições sem variação de discursos e propostas, com os partidos ausentes nas propagandas. Lutar pela segurança, saúde e educação é obrigação, não pode ser incluída como proposta. Concorda?

LAMENTÁVEL Após conquistar a democracia com dores e sangue, o brasileiro se distanciou do centro da discussão das ideias. Essa apatia abriu espaço para figuras não qualificadas para vencer tantos desafios crescentes da vida urbana.

OS PARTIDOS não deveriam ser os ‘canteiros’ de ideias/ lideranças que representem os anseios comunitários? Mas eles ficaram sem cara e DNA . Servem aos interesses de igrejas, grupos econômicos e gente sem comprometimento confiável.

O EPISÓDIO ‘Mensalão’ mostrou a outra face dos dirigentes partidários. Quantos ‘Roberto Jefferson’ existem por esse país! Em escalas menores vemos a mesma postura nos parlamentos estaduais e municipais. ‘Valem quanto pesam’.

O ELEITOR tem que pensar na sua cidade como um todo. É nela que vive e sonha. É o seu espaço, Não pode se identificar como um morador transitório/alienado. Somos a cara da nossa cidade, nosso bairro, nossa rua e nossa casa inclusive.

‘SÃO PAULO’ Exemplo de cenário de limitações eleitorais devido as deformações da mistura de política e religião. Seu potencial econômico/social deveria contar com opções mais diversificadas/qualificadas para gerenciar sua prefeitura.

ALERTA-1 Se o Brasil é país urbano, temos que zelar pelas cidades. O que fazer com nossas ruas e carros? Como manter a qualidade de vida? Os desafios cada vez maiores, exigem gerenciamento capacitado, sem direitos a vacilos e falhas.

ALERTA-2 A lei ‘Ficha Limpa’ é boa, mas na pratica pode não ajudar. Nem todos os administradores que não corresponderam às expectativas incorreram em irregularidades. O cidadão pode ser honesto, mas de visão equivocada administrativamente.

CONCLUSÃO Os prefeitos precisam aliar a retidão de postura com gerenciamento de qualidade, de visão avançada e humana. As cidades, como o nosso corpo, exigem intervenções precisas na hora certa, por mãos e mentes qualificadas.

CAPITAL As previsões de 2º turno indicam Girotto e Bernal. Uma nova eleição com os partidos abertos a composições. Tudo passa pelos interesses e projetos pessoais das respectivas lideranças envolvidas. Um jogo de xadrez interessante.

VANDER Só agora algumas figuras do PT vieram socorrê-lo. Caso de Kemp – por exemplo. Ele se esforça, mas não empolga! As imagens das obras do PAC pouco ajudaram; a fala de Lula idem! Deve continuar em Brasília em 2013.

O DEPUTADO pregou desde o início de que o ‘modelo político’ na capital exauriu e foi o articulador da pulverização das candidaturas. Mas por ironia do destino acaba não sendo o grande beneficiado de seu próprio plano de provocar 2º turno.

O FATO é que o PT não contava com a debandada de seus eleitores ‘fieis’, como ocorreu em São Paulo e outras capitais. Os sociólogos atribuem também como causa, a mudança de classe social do eleitor, com outras aspirações consumistas.

REINALDO Ao contrário de Vander, pode crescer? Dependerá do destino dos votos indecisos, de ex-petistas e eleitores convictos. Já se pergunta: no segundo turno ele se perfila ao lado de Bernal ou reavaliará o entendimento com o PMDB?

O CANDIDATO tem projeto pessoal e sabe o exato tamanho de seu território. Para alargar esse espaço terá que ousar (como fez), refletir e compor com futuros parceiros em 2014, pois é homem de confiança de Aécio em MS. Sacou?

A EXPOSIÇÃO acima mostra Reinaldo em direção ao PMDB – claro que com mais cacife, mais fortalecido diante das circunstâncias. Lembro: o PP de Bernal... e Maluf, é da base de Dilma, o que inviabilizaria uma costura mais profunda.

RESUMINDO: Só agora, onde pululam fofocas e denúncias envolvendo candidatos e outros personagens, é que o cenário ganha tons mais fortes na capital. Mesmo assim, pode ser considerado muito aquém das projeções. Eu diria pálido!

Candidato faz acordo com o diabo por 1minuto no horário eleitoral.(Boris Fausto)

Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
DESAFIO Se o presidente Michel Temer (PMDB) não vetar, caso o Senado aprove o projeto bizarro da Câmara, o país irá culpá-lo e perderá o apoio das ru...
Pizzas, os políticos não abrem mão delas
NÁUFRAGO Culpando a TV Globo e o juiz federal Sergio Moro, o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PT) tentou no saguão da Assembleia Legislativa justifi...
Invasores das escolas, a nova aposta do PT
LUZ AMARELA Os casos do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, com as finanças em colapso, estão sendo considerados pelo governador de Mato Grosso do Su...
Junior Mochi, ponto de equilíbrio na Assembleia
NOSTRADAMUS Não tenho seu dom, mas prevejo: o país de 2018 será outro. As delações premiadas da Odebrecht e Andrade Gutierrez cairão como meteorito n...



a midia fala-se muito no segundo turno entre os candidatos Bernal e Giroto, sou comerciante e tenho muitos amigos, o que mais eu ouço é a antipatia com o candidato Giroto pertinentemente ao apoio de quem vem recebendo, por outro lado, e surpreendemente o candidato mais citado foi o Sr. Reinaldo Azambuja
 
marcelo minoda em 28/09/2012 07:17:20
Manoel, o crescimento do Reinaldo é justificado, porém o povo me parece que "cansou" do discurso do PMDB.....escute um pouco mais as ruas e menos os palácios de governo.
 
Juarez de Souza em 26/09/2012 12:44:29
O ELEITOR tem que pensar na sua cidade como um todo. É nela que vive e sonha. É o seu espaço, Não pode se identificar como um morador transitório/alienado. Somos a cara da nossa cidade, nosso bairro, nossa rua e nossa casa inclusive. "Isto poderia até acontecer e em tempo recorde, não fosse a parcialidade e a partidarização vergonhosa de certos jornalistas e os jabazeiros do meio de comunicação".
 
antonio pereira em 26/09/2012 12:29:43
Caro Manoel acho que seu comentário em relação ao Bernal não deixar outros decolarem infundado, pois o Reinaldo Azambuja está em amplo crescimento e os votos tirados são do PMDB, converse nas ruas, com o povo, e você perceberá.
 
Roberto Domingos em 22/09/2012 11:51:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions