A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


24/06/2011 09:25

Amplavisão

Manoel Afonso

AJUSTES Nelsinho jogou duro no momento certo exigindo maior comprometimento dos aliados que participam da administração. Pelo que tenho ouvido, o ato de coragem do prefeito já está produzindo efeitos positivos.

O ADMINISTRADOR precisa ter tomar atitudes em determinadas situações. Não há que contornar temendo desgaste políticos. Aliás, a classe política entendeu o recado direto de Nelsinho que sairá fortalecido do episódio.

O NOTICIÁRIO sobre corrupção nas prefeituras caiu na vala comum. Só chama a atenção se a Polícia Federal proporcionar ‘cenas espetaculares’, que em tese deveriam intimidar os que tendem a avançar o sinal.

CORRUPÇÃO é diferente de falhas por falta de intimidade com a legislação, que é burocrática por sinal. Aliás, o TCE ministra cursos de orientação aos funcionários das prefeituras sobre todas as áreas da administração.

PASMEM! No Ceará um prefeito fugiu; em Cassilândia a lama voltou; em Campinas todo mundo já sabe; no Paraná prenderam o prefeito de 93 anos de idade. Todos não conseguiram administrar as ambições, sem limites.

A DENÚNCIA insistente do deputado Tita referente ao Incra procede e preocupa. Por falta de chefia, o órgão deixa de emitir certidões de quitação e impede assim a venda e compra de imóveis rurais no Estado. Pode?

CASO ZEOLLA Evidente a capacidade profissional do Ricardo Trad. Sorte da Igreja Universal em ter o procurador como novo fiel. Ganhando R$ 21 mil, pagará dízimo de R$ 2.100,00. Seria o preço do perdão?

A OPINIÃO PÚBLICA tem seu próprio veredicto nos crimes praticados por quem tem prestígio. Neste, como no crime do Pimenta da Veiga, sem perdão! Você convidaria um deles para churrasquear em sua casa? Responda!

PENSANDO BEM... Por que o vereador Alex do PT e o deputado Vander não criam também um programa de combate aos impostos federais. Será que desconhecem a chiadeira das empresas e dos mortais? Menos...please.

ESSA É BOA! Ao instituir segredo nas licitações para as obras da Copa, o Planalto facilitou a corrupção. Imagine o que deve estar acontecendo por aí! Empreiteiras sendo beneficiadas e governantes ‘rindo feliz da vida’.

A QUESTÃO É: Eleger Olimpíadas e Copa do Mundo como prioridades é certo? Obras caríssimas, de qualidade duvidosa e utilidade temporária. Como se diz: se o povo gosta de circo, Lula aproveitou a oportunidade. Esse país...

RAPOSA Quem não gostaria de ter Sarney como seu representante em Brasília?Esse episódio em que ele levou metade da grana do Ministério do Turismo para o Maranhão prova isso. E não adianta chorar. Nada muda!

EVIDENTE que Dilma sabe da força dele: ‘ruim com...pior sem”. Lula até reviu os discursos que fez no Maranhão contra Sarney. Os vídeos na internet mostram como esse pessoal do PT mudou de opinião e postura.

O PLANO do PT é simples: até que não tenha uma base aliada só com partidos de esquerda e comprometidos, o jeito é ir ‘retribuindo’ o apoio desses políticos com verbas e empregos. O rompimento um dia virá!

O MENSALÃO contrariou – em tese – o discurso da moralidade de governar, mas foi um esquema simples de ter maioria, acertando com esse pessoal viciado e devedor de campanha sem compromisso com o futuro do país.

HOJE o PT não leva em conta o currículo do político que o apóia. Quer apenas o voto dele, negociando com cargos e emendas. O ex-deputado Antonio Cruz, (H.Evangélico) por exemplo, não tem do que reclamar.

QUANDO a gente depara com certos políticos fazendo demagogia e elogios excessivos ao Governo Federal, é preciso também ir fundo e analisar as vantagens pessoais deles. Como diz o caipira: ‘não tem ponto sem nó”.

NO SAGUÃO da AL, os papos sobre ‘versatilidade’ do deputado Vander. “Aprendeu rápido o jogo do poder. Desvia de Campinas mas freqüenta a rota Brasília-São Paulo-Rio (Petrobras). Virou um ‘jatão turbinado”.

OS POLÍTICOS precisam entender que, por mais que tentem, não conseguem apagar ‘as pegadas’ em suas caminhadas. Essa jogada de liberação de emendas é muito mais rentável do que qualquer outro negócio lícito.

AS APARÊNCIAS denunciam muitos políticos. Qual a mágica para se viver tão confortavelmente com esses vencimentos? Família com alto padrão de vida, viagens, fazenda, carrões compõem o cenário fantasioso.

‘ENGRAÇADO’ A Receita Federal ‘pega no pé’ dos mortais comuns por qualquer problema na ‘declaração’. Mas a classe política passa ilesa, sem ser incomodada. Nunca entendi essa coincidência. Só no ‘meu’?

ARROYO Quanto maior seu período de ‘clausura’, pior para sua imagem. Ele precisa entender os subterrâneos do poder. Veterano, deveria digerir com certas situações como essa. Afinal, política é a arte de engolir sapos.

A lealdade de Zé Teixeira e a gratidão do governador
‘MÁGICAS’ A diferença entre ‘acórdão’ e ‘acordão’ não é apenas na acentuação. Se o ministro Ricardo Lewandowski inventou que a ex-presidente Dilma Ro...
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
DESAFIO Se o presidente Michel Temer (PMDB) não vetar, caso o Senado aprove o projeto bizarro da Câmara, o país irá culpá-lo e perderá o apoio das ru...
Pizzas, os políticos não abrem mão delas
NÁUFRAGO Culpando a TV Globo e o juiz federal Sergio Moro, o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PT) tentou no saguão da Assembleia Legislativa justifi...
Invasores das escolas, a nova aposta do PT
LUZ AMARELA Os casos do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, com as finanças em colapso, estão sendo considerados pelo governador de Mato Grosso do Su...



Que momento certo é esse amigo? quer dizer que o tempo certo é depois de 07 anos de nada feito....so a ernesto geisel já tem pelo menos uns 04 anos de paradeira, de abandono.....mas vale o ditado né: antes tarde do que nunca.
 
agricio araujo em 30/06/2011 04:38:01
O Manoel Afonso é petista tambem!!!
 
pewdro lima em 25/06/2011 06:02:13
Apesar de ser botafoguense também, o prefeito Nelsinho Trad não quis repetir o erro de outro botafoguense famoso, que em 2006 quando detinha o poder, deixou que o seu secretariado de confiança fazer campanha contrária a companheiro do próprio partido. Portanto agiu certo o prefeito, exonerando secretários infiéis. O nome já diz: Cargo de Confiança.
 
Paulinho Barbosa em 24/06/2011 10:18:18
o brasil é o pais que só os poderosos são beneficiados.
 
luiz jorge de magalhaes em 24/06/2011 09:58:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions