A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


26/08/2011 10:00

Amplavisão

Manoel Afonso

PIONEIRISMO Em 1932, o jornal ‘Libert Digest’ enviou 20 milhões de cédulas para a casa dos eleitores e recebeu 3 milhões delas preenchidas. Roosevelt foi o preferido e acabou eleito presidente do USA. A pesquisa bateu.

A TEMPORADA de pesquisas tende a se encorpar à medida que vários nomes surgem como pré-candidatos à prefeitura da capital. O cenário é dinâmico e as pesquisas ajudam a acompanhar essas mudanças no eleitorado.

CLARO! A pesquisa não projeta o futuro. Mas permite que as pessoas tenham uma visão do cenário e qual o leque de opções. Com ela, os candidatos avaliam melhor o eleitorado; como atingi-lo e também seduzi-lo.

PORTANTO, a pesquisa detecta, revela a tendência resultante de amostras sucessivas. É a foto apenas do momento atual. Só as fotografias seqüenciais possibilitarão a imagem mais correta da tendência do eleitorado.

MÉTODOS de manipulação existem, mas eles não terão espaço na coluna. Vamos falar apenas de pesquisas que permitam ajustes do projeto eleitoral à luz dos olhos dos eleitores de Campo Grande. Combinado?

CASO da pesquisa recente encomendada pela TV-Record/Diário Digital/ FM Cidade, com vários nomes em cenários diferentes. Em todas hipóteses da ‘estimulada’, aparece Bernal como líder, seguido de Dagoberto.

PICARELLI mostrou prestígio na ‘espontânea’, perdendo apenas para André, Nelsinho, Zeca e Delcídio. A maior rejeição ficou para Vander, enquanto Bernal atingiu o menor índice neste quesito negativo e temido.

OUTROS nomes: Edil, Siufi, Giroto, Marun, Mandeta e Azambuja oscilaram, mas representam poderoso contingente eleitoral de igual tendência que pode ser decisivo. Esse fator deve ser considerado na análise dos números.

QUESTÕES Só o prestígio pessoal do candidato não basta. Partido, alianças e estrutura contam ao longo da campanha É como aquele piloto excepcional de F-1 num carro fraco, de equipe com recursos limitados. Certo?

VÉSPERA de ano de eleições e o quadro se repete. É preciso fazer a análise de todo o quadro e admitir mudanças por conta de fatores diversos. Tem tiver mais poder de fogo de negociar alianças pode chegar na frente.

VANTAGEM Por razões obvias, quem tem maior aparelhamento para atrair partidos e lideranças é André e Nelsinho. Zeca - em contínuo conflito com Delcídio - não satisfaz mais os anseios pessoais nem de Dagoberto.

NOTA 10 A escolha de Fábio Trad para presidir a Comissão que lidará com a reforma do Código de P. Civil é um fato excepcional. Competência ele tem e pode marcar seu mandato com essa missão de alta envergadura.

COINCIDÊNCIA feliz para nós do MS. Valter Pereira (ex-senador) foi muito bem como relator geral da comissão presidida pelo senador Demóstenes - que cuidou da reforma do CPC no Senado. Vale lembrar!

É PIZZA! Se o STF não condená-los a pena superior a dois anos, os réus do Mensalão estarão livres pelo crime de formação de quadrilha. Genoíno, Zé Dirceu, Delúbio já compraram foguetes para comemorar.

O BRASIL insiste em ser do contra. Afaga Fidel com empréstimos milionários, adula o outro ditador Chaves, acolhe o terrorista Battisti e agora pipocou no caso da Líbia. Isso é herança do Lula, que adora ditadores. Sei não...

PÉROLA a ‘saída’ de Dilma justificando o fim das apurações de corrupção em ministérios comandados por partidos aliados. Falou da miséria, mas esqueceu: a corrupção come a grana de combate a própria miséria.

PERGUNTO: Aquela cruzada moralizadora de Dilma nos palanques foi esquecida, nunca existiu ou foi apenas ilusão de ótica dos ingênuos? Denúncias de corrupção são irrelevantes? Ah! O PT mudou de lado. Entendi.

O CRIME no Brasil compensa. Cacciola (Banco Marka) deu prejuízo de 1,5 bilhão de reais ao Tesouro; condenado a 13 anos de prisão está saindo da cadeia após cumprir só 3 anos. Quem não toparia esse sacrifício por essa fortuna?

DE LEVE... Muitos petistas daqui ainda usando comprimidos para dormir por conta do escândalo de Campinas. Esse pessoal acha que a opinião pública é idiota? Por que será que o Lula tentou comandar a ‘Operação Abafa”?

PROVADO: bastou as obras prefeiturais chegarem a fase final para a popularidade de Nelsinho ficar novamente em alta. Volto a insistir: é preciso andar pela periferia para descobrir uma outra cidade pujante, fantástica.

MUITO BOA! Para o senador Russo, os ex-ministros Marina Silva e Carlos Minc parecem viver em país diferente de ex-ministros da agricultura no trato do Código Ambiental. Se falta bom senso, sobra utopia.

LÚDIO Lourival Fagundes acertou na veia com o livro falando do nosso ex-prefeito e senador. Aliás, movimento liderado pelo ‘Zé do Itaum’ sugere que a Praça do Rádio seja denominada “Praça Lúdio Coelho”. Interessante.

Em política é preciso deixar um osso para a oposição roer. (J. Joubert)

Capital: Câmara sem clima para oposição ao prefeito
‘CRIME E CASTIGO’ O livro do russo Fiódor Dostoiévski é o mais lido na prisão que abriga o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB), com benefício a remição ...
Terceira via – força poderosa ou mera coadjuvante?
PAULO SIUFI Articulado, o deputado estadual, do PMDB, dará tempero aos debates. E não perdeu tempo ao abordar com sutileza e precisão o episódio do j...
Decisão do TJ pode inviabilizar cinemas no Estado
‘PATINHAS’ Deputado federal Carlos Marun (PMDB) voltou à mídia ao gastar R$ 1.242,00 da Câmara Federal na sua festejada ida à Curitiba. Ora! Desgaste...
Prefeitos priorizam obras em prejuízo à educação
FARRA DO FIES Na revista Veja (edição 2514) extensa reportagem sobre o caso envolvendo jovens de Campo Grande (MS) beneficiárias do financiamento do ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions