A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


13/10/2012 10:48

Fim de Cena

Manoel Afonso

‘FIM DE CENA’   Em 2006 Antonio Cruz obteve 39.643 votos só em C.Grande para a Câmara Federal; em 2010 foram 35.855 votos. Agora, apesar do hospital e formidável estrutura conquistou apenas 4.912 votos. Mudou ele ou o eleitorado?

Veja Mais
A lealdade de Zé Teixeira e a gratidão do governador
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação

COMPARANDO Vander é outro caso ‘interessante’. Em 2006 Campo Grande deu-lhe 29.562 votos; em 2010 foram 32.912 votos. Apesar dos padrinhos e parentesco com Zeca, chegou a decepcionante casa dos 21.377 votos. ‘Au revoir’.

AZAMBUJA No pleito de 2010 obteve 18.404 votos na capital. Agora, 113.629 votos ( 25,90%).  Vai cumprir a promessa (na entrevista) de acabar com a fama de partido de indecisos? Aliás, Quércia dizia que o PSDB é partido sem sexo.

QUESTÕES  O apoio a Bernal implicaria em participação administrativa? Onde e como? Vale a pena assumir riscos com poderes limitados? O seu projeto para 2014 caminhará ao lado do PP, aliado de primeira hora do PT-Planalto?

ATHAYDE   Difere de Reinaldo. Cansou do poder periférico. O PPS só cresce se for instrumentalizado. A condição de melhor vereador do ponto de vista institucional é aviso emblemático para Bernal.  Democrata ao estilo ‘bateu-levou’.

GIROTO A  sua votação na capital para a Câmara em 2010 chegou a 55.546 votos. Agora, cada segundo é precioso para tentar reverter a situação. Vários fatores serão levados em conta para o sucesso da empreitada. A sorte está lançada.

BERNAL  Ganhou mais de 15% dos eleitores da ‘camada chantilly’ do PT (emagrecido) e atraiu o chamado ‘voto sem culpa’. Continua o discurso de propostas (?) genéricas como se tivesse a varinha mágica ou o ‘pó de pirlimpimpim’.

DANTE FILHO:  “...Girotto só tem um caminho: politizar o debate e desconstruir de forma convincente seu adversário. Dará tempo? Nesse caso, só há uma resposta: tudo é possível no mundo das impossibilidades sonhadas...”

1-RENOVAÇÃO!   Não se deve generalizá-la.  Depende do colégio eleitoral/região do país e cenário local.  Ora! Como ignorar? Figuras carimbadas como Hashioka, Enelvo, Zé Cabelo, Valdeli, Dalton, Kruger, Rolim e Zacarias venceram agora.

2-RENOVAÇÃO  Há casos e casos. Em Chapadão e Fátima – por exemplo – os ventos sopravam neste sentido pelo excesso de tempo no poder. Pessoas que se sentiam alijadas do processo, se uniram e souberam passar a mensagem ao eleitor.  

EVIDENTE  Algumas candidaturas naufragaram também pelos equívocos nas alianças, escolha do vice, discursos e escorregões na campanha. Esse conjunto de desencontros cria ‘bolhas na motivação’ que acabam favorecendo o adversário.

EDUCADORA x TRAVESTI Poderosa da Fetems, dirigente do PT e ex-assessora de Biff,,  a professora Elza Jorge obteve só 923 votos para vereadora. Na outra ponta a ousada travesti Cris Steffany faturou 1.031 votos. É mole?  

ZECA DO PT  Campeão de votos? Muito pouco para quem teve tanto poder e espaço na mídia. Além do belo salário, a tribuna para fazer o que mais gosta. Mas a derrota de Heitor em Murtinho sinaliza mais desgaste na própria terra natal.

‘NÁUFRAGOS’   Pífia a votação dos 10 militares que tentaram a Câmara. Nem mesmo o ex-deputado coronel Ivan escapou do vexame: 1.513 votos. E dos 31 professores candidatos, apenas Rose, Rocha e Thais Helena se elegeram.

‘URNAS & DEUS’  Pastora Fernandes só 27 votos; Adão da Graça-85; Abílio-107; Oliveira-110; missionária Mariceia-269; Eli Ranbgel-277; A. Alves-282; pastor Dimas- 455. Quem se salvou foi Elizeu Dionísio com 5.983 votos.

COMUNICADORES Só Cazuza e Chocolate venceram. Reprovados: Afonso Baileiro, Alex do Som, locutor Paulo Cesar, cantor Paulinho, dr. Valdir de Almeida, Pedrinho Spina, Magali Picarelli, Edson Godoy, J.Bosco e Ribeiro.

ESTIGMA?  O que ajudava, agora atrapalhou. A exceção foi Zeca. Mas  Airton do PT, Alex do PT, Bira do PT, Walkíria do PT e Celinha do PT não perceberam que a agregar a sigla ao nome espantaria os eleitores. Perderam o horário e o trem.

NO PASSADO  muitos se elegeram (deputados e vereadores) por conta da sigla e da força de atração de líderes. Pedrossian e Wilson por exemplo, elegeram muita gente que ao longo do mandato virou pó. Sem luz própria não se sobrevive.

DICAS  aos futuros vereadores. Leiam a Lei Orgânica do Município, o Regimento Interno da Câmara, a Constituição Estadual e a Carta Magna.  Noções sobre Direito Administrativo (prof. Hely Lopes Meireles) são indispensáveis.

LEMBRETES: Aparência conta (terno, camisa e gravata), mas o que vale mesmo é o conteúdo, sob pena de ‘bonitinho, mas ordinário’. Vereador precisa de uma secretária eficiente e assessores preparados. Fora disso, dança!

ADVERTÊNCIA Não tentem chantagear o prefeito com vantagens ilícitas ou imorais. As câmeras escondidas (na caneta inclusive) têm denunciado casos escabrosos pelo país afora.  Cá entre nós: os salários são mais que justos e suficientes.

MENSALÃO   Aqui a classe política tem ignorado o assunto, priorizando as eleições. Mas vale lembrar a postura corajosa e correta do ministro Joaquim  Barbosa. Não há ‘golpe das elites’, como diz o PT, mas sim a verdade nua e crua.   

Nada acontecia sem o consentimento de Zé Dirceu”. (Proc. Roberto Gurgel)

A lealdade de Zé Teixeira e a gratidão do governador
‘MÁGICAS’ A diferença entre ‘acórdão’ e ‘acordão’ não é apenas na acentuação. Se o ministro Ricardo Lewandowski inventou que a ex-presidente Dilma Ro...
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
DESAFIO Se o presidente Michel Temer (PMDB) não vetar, caso o Senado aprove o projeto bizarro da Câmara, o país irá culpá-lo e perderá o apoio das ru...
Pizzas, os políticos não abrem mão delas
NÁUFRAGO Culpando a TV Globo e o juiz federal Sergio Moro, o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PT) tentou no saguão da Assembleia Legislativa justifi...
Invasores das escolas, a nova aposta do PT
LUZ AMARELA Os casos do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, com as finanças em colapso, estão sendo considerados pelo governador de Mato Grosso do Su...



Lei Orgânica? Regimento Interno, carta Mágna? O que a grande maioria quer ler é o poupudo contra cheque. Alguns vão abrir um sorriso de orelha a orelha e dizer: "Putz".
 
Valter Oliveira em 17/10/2012 21:57:35
Muito boa essa de os politicos fazerem a leitura e aprendizado das leis, etc(seria ótimo)....em dezembro papai noel vai deixar uma Ferrari no meu jardim......hahahhaha
 
agricio araujo em 15/10/2012 11:33:36
O Herculano Borges também não é professor?
 
agricio araujo em 15/10/2012 11:30:30
Caro Manoel, o minimo que eu espero dos nossos futuros vereadores é que eles "já" leram e releram a Lei Orgânica do Município, o Regimento Interno da Câmara, a Constituição Estadual e a Carta Magna. Sobre o livro do prof. Hely Lopes Meireles não espero tanto não, mas vale a dica e espero que eles leiam.
Um abraço.
 
Eder Solano em 13/10/2012 11:41:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions